terça-feira, 29 de janeiro de 2008

Locais e passeios gratuitos em SP


Espaços de cultura e lazer em São Paulo com entrada grátis - Mas sempre é bom dar uma ligada antes de ir.
Muitos espaços de cultura e lazer na cidade de São Paulo têm entrada gratuita pelo menos uma vez por semana, como alguns tradicionais e conhecidos museus, além de outras belezas escondidas e pouco conhecidas por moradores e turistas. Confira as dicas da SPTuris:

Museu da Arte Moderna (MAM), com cerca de 2.000 obras, entre elas obras de Tarsila do Amaral e Tomie Ohtake, sendo quase todas produzidas no Brasil a partir da década de 20, abre as portas gratuitamente todos os domingos, das 10 às 18 horas. Parque do Ibirapuera, portão 3 - s/n°. Telefone 5085.1300, www.mam.org.br.

Museu de Arte Contemporânea (MAC), com acervo de aproximadamente 8.000 peças, entre óleos, desenhos, gravuras, esculturas e pinturas de conceituados artistas, como Picasso, Di Cavalcanti e Miró, entre outros. O MAC fica aberto ao público todos os dias, das 10 às 19 horas, sempre com entrada franca. Parque do Ibirapuera, Pavilhão Ciccilo Matarazzo, 3° Piso – portão 3 – s/n°. Telefone 3091.3327, www.mac.usp.br.

Museu de Arte de São Paulo (Masp) conta com um grande acervo de arte européia como pintura francesa, obras do movimento impressionista e também do pintor Van Gogh. Tem visitação gratuita todas as terças, das 11 às 17 horas. Avenida Paulista, 1.578 – Bela Vista. Telefone 3251.5644, www.masp.uol.com.br.

Museu de Arte Brasileira da Faap reúne e conserva importante acervo de obras de artistas brasileiros. Fica aberto ao público gratuitamente das 10 às 20 horas, de terça a sexta. Aos fins de semana, o espaço fecha às 17 horas. Rua Alagoas, 903 – Higienópolis. Telefone 3662.7000, www.faap.br/museu.

Memorial da América Latina cumpre, desde sua inauguração em 1989, o papel de incentivar o desenvolvimento criativo, artístico e educacional no Brasil. Tem biblioteca, teatro e, em exposição permanente, obras folclóricas e artesanais de países da América Latina. Entrada gratuita.

Casa das Rosas sempre tem em cartaz algum projeto unindo artes plásticas, música, teatro e/ou dança, além de cursos de poesia e literatura. A visita é grátis e está aberta ao público de terça a domingo, das 10 às 18 horas. Avenida Paulista, 37 – Paraíso. Telefone 3288.9447, www.casadasrosas.sp.gov.br.

CasaMuseu da Brasileira, criado em 1970, é o único do País especializado em design e arquitetura e abre suas portas gratuitamente todos os domingos, das 10 às 18 horas. Avenida Brigadeiro Faria Lima, 2.705 – Jd. Paulistano. Telefone 3032.3727, www.mcb.sp.gov.br.

Museu do Butantã tem entrada franca para estudantes todas as quartas, das 9 às 16h30, e é uma porta de entrada para conhecer o Instituto Butantã, centro de pesquisa biomédica responsável pela produção de mais de 80% dos soros e vacinas consumidos em todo o País. Avenida Vital Brasil, 1.500. Telefone 3726.7222, www.butantan.gov.br.

Pinacoteca do Estado concentra acervo de aproximadamente quatro mil obras de artistas nacionais e internacionais como Bourdelle e Rodin. A Pinacoteca tem acesso grátis todos os sábados, das 10 às 18 horas, e, além do acervo permanente, recebe periodicamente exposições de diferentes segmentos culturais. Praça da Luz, 2 - Luz.

Centro Cultural Banco do Brasil oferece exposições, ciclos de cinema, espetáculos teatrais e de dança, palestras e debates, além de visitas monitoradas para estudantes e grupos. Fica aberto de terça a domingo, das 10 às 21 horas, sempre com entrada franca. Rua Álvares Penteado, 112. Telefone 3113.3651, www.bb.com.br/cultura.

Museu da Língua Portuguesa proporciona ao visitante, em meio ao estilo inglês da centenária Estação da Luz, um contato lúdico com o idioma por meio de jogos e painéis eletrônicos animados. A entrada é franca aos sábados e também passeio para toda a família. Praça da Luz, 1 – Luz. Telefone 3326.0775, www.estacaodaluz.org.br.

Parque do Ibirapuera oferece ioga gratuita aos sábados. Avenida Pedro Álvares Cabral, s/n°. Telefone 5574.5505.

Parque do Trianon recebe uma grande turma aos domingos para o exercício chinês Lian Gong. Rua Peixoto Gomide, 949 – Cerqueira César. Telefone 3289.2160.

Horto Florestal ou Parque Alberto Löfgren, com uma paisagem formada por espécies exóticas e nativas, é uma boa escolha para quem quer se divertir longe das filas e em meio à paz proporcionada pela natureza. Rua do Horto, 931. Telefone 6231.8555.

Sesc e Sesi com suas várias unidades espalhadas pela cidade sempre têm programação gratuita. Sesc-SP. Telefone 0800.118220, www.sescsp.org.br. Sesi-SP, telefone 3333.7511, www.sesi.org.br.

Fnac, na avenida Paulista, com espaço dedicado a palestras, shows e peças teatrais sempre gratuitas, além de andares dedicados a livros e CDs. Avenida Paulista, 901 – Jardins. Telefone 2123.2000, www.fnac.com.br.

Itaú Cultural oferece ao público programação diversificada e algumas vezes gratuita, como exposições, peças, palestras, cursos e shows. Avenida Paulista, 149 – Paraíso. Telefone 2168.1777, www.itaucultural.com.br.

Centro Cultural São Paulo tem entrada franca nos finais de semana para algumas peças, shows e filmes. Rua Vergueiro, 1.000 – Paraíso. Telefone 3277.3611,
www.centrocultural.sp.gov.br.

Planetário do Carmo é ótima opção para levar as crianças para mostrar o céu e as estrelas. A projeção do Sistema Solar faz com que os visitantes se sintam realmente bem perto do céu. A programação é gratuita. Rua John Speers, 137. Telefone 6522.8555.

Jockey Clube é outro ponto que oferece uma opção gratuita. Há um passeio de pônei monitorado para as crianças todos os sábados e domingos, das 14 às 18 horas. Avenida Lineu de Paula Machado, 1.263. Telefone 2161.8300, www.jockeysp.com.br.

Centro de Lazer Engenheiro Goulart, que faz parte do Parque Ecológico do Tietê, proporciona às crianças um local para lazer, diversão e educação ambiental. Rua Guira Acangatara, 70. Telefone 6958.1477, www.daee.sp.gov.br.

Biblioteca Mário de Andrade, atualmente dispõe de um dos acervos mais expressivos do País, destacando-se com as coleções mais importantes de artes, mapas e obras raras. São aproximadamente 350 mil volumes em livros e 11 mil títulos de periódicos. Além dessa, a Capital conta ainda com mais 74 bibliotecas espalhadas por todas as regiões. Rua da Consolação, 94 – Centro. Telefone 3256.5270, www.prefeitura.sp.gov.br/secretarias/cultura/bma

Fonte:
www.vivaocentro.org.br
Mais informações:
www.cidadedesaopaulo.com
bom divertimento

9 comentários:

Anônimo disse...

Excelente as informações do Projeto Viver a Vida...pretendo pesquisar sempre.

Parabéns


Silvia Chiari
silvia_chiari@hotmail.com

Dri Viaro disse...

adorei!! não sabia do passeio no Jockey, vou levar meus filhos
bjs

Anônimo disse...

Tudo bem, mas, sem ser museu ou parque, que é súper cultural, amamos, já fomos em todos, o que tem de diversão gratuita para a criançada?

Anônimo disse...

comecei recentemente fazer um trabalho comunitario com a terceira idade, gostaria de sugestoes gratuitas de eventos que eu posso realizar com eles e se em algum lugar eu consigo transporte gratuito para leva-los pois são pessoas sem condições financeiras nenhuma... se poderem me auxiliar esse trabalho acontece no extromo sul de sp no morro do indio marygorete@ig.com.br obrigado pelos que possam me orientar

Mariza disse...

olá, gostei muito de saber do seu trabalho com a terceira idade, se vc precisar dos meus serviços de Psicologia irei com prazer contribuir; marizapsico@hotmail.com

Anônimo disse...

Adorei saber sobre todas as informações. Eu e minha minha família já estamos aproveitando as dicas.

Stela disse...

Eu e minha família fomos ao palácio do governo de sâo Paulo no Morumbi
e eles fazem grupos de visitantes monitorados e gratuitos mostrando todo o palácio, história e acervo incluindo as exposições temporárias. Vale a pena.

kzinha disse...

eu achei super leagal esse locai

giulia cipriano disse...

nunca imaginei que tinha tantos passeios assim em Sao Paulo-SP.
Caraaaaaaaaaaaaaaaaaamba!!!

Projeto Parado Falta de Apoio e Patrocinio

Esse projeto social infelizmente esta parado por falta de apoio financeiro, patrocínio, investimento. Temos uma idéia de aplicação porem nad...