sexta-feira, 7 de março de 2008

Dicas ecologicamente corretas


Meio ambiente
Vivien Bezerra de Mello

Uma coisa é certa: todo mundo gosta de respirar ar puro e admira a beleza natural do planeta. O que ainda não está claro é quem realmente está engajado em defender a natureza das ações perniciosas do homem, que vêm poluindo cada vez mais a Terra.

Se você tossiu ou engasgou e não foi por causa da fumaça dos carros, é porque sabe que ainda não faz o que poderia fazer em seu dia-a-dia para amenizar os fatos.

A CIPA selecionou algumas dicas para que você comece agora mesmo a ajudar a salvar o planeta. Vamos a elas:

Escove os dentes com a torneira fechada
Se você escovar os dentes com a torneira aberta durante 2 minutos, vai gastar mais ou menos 13,5 litros de água, mas só precisaria de 0,5 litro se abrisse a torneira apenas quando necessário. Escovando os dentes três vezes ao dia, o desperdício será de 37,5 litros diariamente.

E se você decidir fazer o mesmo todos os dias durante um ano, só com esse pequeno gesto terá poupado quase 14 mil litros, correspondentes a um caminhão-pipa cheio de água.

Diminua o tempo do banho

Se você mora em apartamento e seu banheiro tem ducha, gasta em média 160 litros de água durante um banho de 10 minutos. Mas pode tentar diminuir esse tempo fechando o chuveiro para se ensaboar ou lavar os cabelos. Assim, economizará em um ano cerca de 30 mil litros de água.

Não jogue fora as sobras

Aprenda a reciclar as sobras de alimentos: do feijão, faça sopa, com arroz, cenouras cozidas, carne assada ou o que restou da bacalhoada prepare deliciosos bolinhos. Frutas azedas ou maduras demais viram compotas, geléias e recheios para bolo.

Evite mercadorias com muitas embalagensEvite comprar produtos com muitas embalagens e, sempre que possível, prefira os bens não-embalados (como alimentos frescos). Muitas embalagens geram uma quantidade enorme de lixo.

Procure comprar produtos em embalagens que tragam quantidades adequadas para sua família. Por exemplo, se sua família é grande, compre as bebidas nas embalagens maiores; se for pequena, evite as embalagens grandes e, conseqüentemente, o desperdício.

Não compre embalagens descartáveis de refrigerantes ou bebidas quando houver a possibilidade de comprá-las em embalagens retornáveis.

Compre produtos ecologicamente corretos

Dê preferência a produtos concebidos nas bases do ecodesign, que considera os impactos ambientais em todos os estágios do desenvolvimento do produto, como planejamento, produção, embalagem, distribuição, descarte etc.

Evite comprar produtos de material descartável, que, embora práticos, geram lixo desnecessário. Prefira produtos duráveis e resistentes ou que permitam o aumento da vida útil por meio de recargas e refis, como cartuchos de impressão, pilhas e baterias recarregáveis. Reutilizar é muito importante.

Prestigie também os produtos feitos com material reciclado. Apoiar empresas que investem em reciclagem é uma atitude de consumo consciente.

Separe corretamente o lixo para reciclagem

A reciclagem é um processo que começa em casa, mas continua fora dela e depende de muitos agentes. O consumidor só participa do primeiro passo da reciclagem, que é a separação do lixo, mas se ele não der esse passo, dificultará todo o resto da tarefa. A forma mais simples de fazer essa separação é isolar o lixo seco do molhado.

O lixo seco consiste sobretudo em embalagens, papéis, revistas e jornais. O lixo úmido ou orgânico é basicamente composto pelos restos de alimentos e folhas.

Leve sua própria sacola ao fazer comprasSe puder, leve sua própria sacola ao fazer as compras. Assim você deixará de usar (e gerar mais lixo) vários sacos plásticos. Se não for possível, procure encher bem os saquinhos para reduzir a quantidade deles que você leva para casa e que irão parar no lixo.

Esse tipo de saco, que, em São Paulo, por exemplo, corresponde a 40% das embalagens jogadas no lixo, demora 450 anos para se decompor e ocupa de 15% a 20% do volume de um lixão, embora corresponda a apenas de 4% a 7% de sua massa. Portanto, seu uso deve ser evitado.

Economize energia ao lavar e passar a roupaNa hora de usar a máquina de lavar roupa, economize água e energia batendo, de uma só vez, a quantidade máxima de roupa indicada pelo fabricante.

Coloque sempre a medida de sabão recomendada pelo fabricante. Assim você não terá de fazer outro enxágüe, gastando mais energia elétrica, além de sabão e água.

Evite passar poucas peças de roupa de cada vez. Espere acumular uma quantidade razoável de roupa e passe tudo de uma vez só. Deixe as roupas mais finas para o final, quando poderá passá-las com o ferro desligado.

fonte do site:
www.condominioeetc.com.br
a revista on line da cipa administradora
setor meio ambiente



Nenhum comentário:

loja AJUDA PETS é o link https://ajudapets.loja2.com.br/

essa loja foi desenvolvida pela empresa Vendendo com Arte para poder arrecadar fundos para algumas ongs e protetores de animais, sendo que p...