quinta-feira, 13 de março de 2008

Quem vai sair em Férias - " SEM ESTRESSE"


Vai sair de férias? Sem dúvida, essa é uma ocasião que muitos esperam com ansiedade. Quem não quer ficar livre do estresse causado pela rotina do dia-a-dia, pela competição no trabalho, pela pressão para se sair bem nos estudos? No entanto, o que fazer para evitar que as férias em si se transformem num motivo adicional de estresse?

PREPARE-SE BEM
Faça uma lista de verificação de itens que pretende levar, tais como: protetor solar, óculos de sol, roupa de banho, repelentes contra insetos (líquido, elétrico ou espiral), agulha e linha, medicamentos para primeiros socorros e contra enjôo, máquina fotográfica, coisas para distrair as crianças, e assim por diante. É verdade que em alguns casos esses itens podem ser comprados no local, mas provavelmente custarão o olho da cara. E não deixe para a última hora assuntos tais como a compra de passagens, reservas, atestados de saúde, vacinas, preparação de documentos, revisão do carro etc. Você corre o risco de perder horas do seu precioso tempo de lazer em filas intermináveis de pessoas que resolveram fazer a mesma coisa exatamente na mesma hora que você.
Uma palavra de cautela: Se você planeja fazer um programa de índio num acampamento no fim do mundo, procure se informar sobre a disponibilidade de bons alimentos e água potável. Às vezes, aquela vendinha local só vende rosquinhas e refrigerantes (isso já aconteceu comigo). Por isso, talvez seja prudente levar itens como frutas frescas, água mineral, leite longa vida e alimentos em conserva, tais como feijão e sardinha em lata.

PROTEJA SUA PELE!
No Brasil existe uma espécie de “culto ao bronzeado”. No entanto, está vez mais perigoso expor-se demais ao sol. Infelizmente, em alguns lugares, a camada de ozônio que nos protege da radiação ultravioleta está diminuindo. Os raios ultravioleta podem causar manchas marrons, queimaduras, e aos poucos tornar a pele ressecada. Eles também enfraquecem as fibras elásticas da pele, resultando em envelhecimento precoce e rugas. Pior ainda, a exposição excessiva ao sol pode causar câncer de pele. Como se não bastasse, a pele danificada ou doente afeta a aparência e, em alguns casos, contribui para sentimentos de insegurança e até depressão. Por isso, não deixe de usar protetor solar. Quanto mais sensível for a pele e mais longo o tempo de exposição, maior deve ser o fator de proteção (FPS). Preocupe-se principalmente com as crianças, que são mais sensíveis e costumam ficar mais tempo expostas ao sol. E lembre-se de que a areia e a água do mar ou da piscina refletem os raios do sol, aumentando a sua intensidade. Por isso é comum a pessoa sofrer queimaduras mesmo tendo passado o dia inteiro debaixo d’água. Nesses casos recomenda-se a reaplicação do protetor solar a cada duas horas, mas, se isso não for possível, procure ficar na sombra ou usar roupas que cubram a pele. Use também óculos de sol com lentes anti-ultravioleta.

NA CHEGADA
Pode levar algum tempo para relaxar e começar a aproveitar a estadia. Parece sensato, portanto, evitar correrias no primeiro e no segundo dia. Deixe o corpo e a mente se ajustar aos novos horários (ou à falta deles). Não planeje uma programação muito cheia de atividades, transferindo o estresse do dia-a-dia para as férias. Reserve uma boa quantidade de tempo livre, para poder fazer coisas não programadas. Um dos grandes benefícios das férias é ter tempo para pensar e meditar sem a pressão de uma programação apertada, é sentir-se livre do estresse e das restrições impostas pela vida controlada pelo relógio.
Se estiver de férias numa área muito diferente de onde você mora, nem sempre poderá comer exatamente na hora, no local que deseja e o que deseja. Como o organismo precisa se acostumar com outras cepas de bactéria na atmosfera, nos alimentos e na água, é especialmente importante nos primeiros dias tomar um certo cuidado com o que se come.
Quanto a bebidas, a água vendida em garrafas costuma ser mais segura do que a da torneira. Mas, para evitar problemas, é sábio pedir que abram a garrafa e as latas na sua frente. Também pode ser melhor evitar gelo. Encare-o com suspeita, se não estiver absolutamente certo de que foi feito com água limpa.

PROTEJA SEUS BENS E SUAS COISAS DE VALOR
Muita gente volta das férias e descobre que a casa foi arrombada. Por isso, antes de sair de férias, peça a amigos ou vizinhos que olhem a casa. Talvez eles até possam passar umas horinhas lá para que não fique tão óbvio que você está fora. Peça que todo dia recolham os jornais e tirem a correspondência da caixa do correio, porque nada denuncia tanto sua ausência quanto uma pilha de jornais ou uma caixa de correio abarrotada de correspondências. Algumas pessoas instalam aparelhos que acendem e apagam as luzes em horários alternados.
Você também precisa proteger seus objetos de valor no lugar em que passa as férias. Em alguns países, as pessoas pensam que os estrangeiros são ricos, de modo que todo turista corre o risco de ser assaltado. Uma boa medida é deixar dinheiro extra e documentos no cofre do hotel ou em outro lugar seguro. Tome cuidado com estranhos, mas não deixe de ser gentil.

MANTENHA BONS RELACIONAMENTOS
Férias com a família ou amigos podem fortalecer os vínculos fraternais. Portanto, antes de sair de férias, tome a resolução consciente de fazer delas uma experiência agradável. Lembre-se de que os interesses diferem. As crianças talvez queiram aventura, os pais, provavelmente descontração. Esteja disposto a abrir mão de preferências pessoais quanto ao que fazer e aonde ir.
Uma viagem é uma oportunidade para nos familiarizarmos com pessoas de outros lugares, para aprendermos mais sobre seus costumes e modo de vida. Algumas fotos, cartões e lembrancinhas bem escolhidas, quem sabe até alguns artigos de artesanato, com certeza lhe trarão recordações felizes. Mas, sem dúvida, ainda mais memoráveis serão os novos amigos que fizer. Mantenha contato com eles. Troquem cartas para contar experiências interessantes. Há muitas maneiras de fazer de suas férias momentos realmente agradáveis.

(Adaptado de diversos artigos da revista Despertai.)

Helena Alves Costa
Pesquisadora, escritora e criadora do site www.fotopoesia.com, escreve sobre qualidade de vida do dia 24/12/2004
site:www.sumare.com.br

Nenhum comentário:

Projeto Parado Falta de Apoio e Patrocinio

Esse projeto social infelizmente esta parado por falta de apoio financeiro, patrocínio, investimento. Temos uma idéia de aplicação porem nad...