sexta-feira, 30 de maio de 2008

Dia Mundial Sem Tabaco: jovens são alvo de campanha anti-tabagismo


Principal causa evitável de morte no mundo, de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), o tabaco é a segunda droga mais consumida entre adolescentes. De acordo com a organização, a maioria dos fumantes experimenta seu primeiro cigarro e se torna dependente antes dos 18 anos de idade. O número de fumantes nesta faixa etária é preocupante. Cerca de 100 mil pessoas começam a fumar todos os dias ainda na juventude. Para celebrar o Dia mundial sem Tabaco, comemorado no dia 31 de maio, foi lançada a campanha "Juventude Livre do Tabaco". A escolha do tema aponta a preocupação da OMS na prevenção do tabagismo entre crianças e adolescentes.
O pedido acontece por ocasião do Dia Mundial sem Tabaco, comemorado em 31 de maio, e que este ano tem como foco a juventude, assim como a denúncia das campanhas multimilionárias das empresas de cigarro para atrair este setor da população através de técnicas de mercado.

O objetivo é proteger 1,8 bilhão de jovens no mundo, os mais vulneráveis a essas táticas que, em palavras de um especialista da OMS, se assemelham a "um vírus mutante", pois quando desaparece em um lugar se reproduz em outro.

"As medidas pela metade não servem para nada. Quando se proíbe uma forma de publicidade, a indústria do tabaco redireciona seus recursos em direção a outras formas", denunciou em entrevista coletiva o doutor Douglas Bettcher, responsável da Iniciativa Sem Tabaco da OMS.

"É como um vírus mutante, sempre encontra outras formas de chegar", insistiu o especialista, defendendo que os Governos "imponham uma proibição total para fazer a estratégia de comercialização do tabaco fracassar".

Segundo a OMS, que cita estudos recentes, quanto mais expostos os jovens estiverem à publicidade do tabaco, mais provável é que comecem a fumar.

Mas, apenas 5% da população mundial vivem em lugares onde a publicidade é proibida.

Bettcher ressaltou que a indústria do tabaco tenta atrair os jovens associando falsamente o consumo destes com qualidades com o "glamour", a energia e a atração sexual.

Por isso, quando não é possível a publicidade direta do tabaco, a indústria usa métodos indiretos como dar os nomes de suas marcas, assim como seus logotipos, a outro tipo de produtos, desde bolsas até chinelos esportivos, passando por roupas, declarou a especialista brasileira Vera Luiza da Costa e Silva consultora da área de saúde.

"Segundo um estudo realizado em 150 países, 56% dos estudantes entre 13 e 15 anos estão expostos à promoção de produtos com logos e nomes de marcas de cigarros", afirmou.

"Dois em cada dez estudantes possuem algum objeto com uma logo relacionada ao tabaco", ressaltou.

Bettcher destacou que, como a maioria das pessoas no mundo começa a fumar antes dos 18 anos, e deles, quase uma quarta parte antes dos 10, a indústria do tabaco opta por lançar sua publicidade nos meios acessíveis aos jovens.

"Cinema, internet, shows e eventos esportivos são alguns dos lugares escolhidos para fazer chegar a mensagem aos jovens", explicou, com o agravante de que "eles são os que se viciam mais facilmente e que têm mais dificuldades para se livrar do vício".

As empresas de tabaco voltam suas campanhas especialmente para os países em desenvolvimento, pois é ali onde vivem 80% dos jovens, afirmou Bettcher lembrando, além disso, que as empresas procuram incluir substâncias nocivas, como o amoníaco, nos cigarros para torná-los mais viciantes.

"Para poder sobreviver, a indústria do tabaco precisa substituir aqueles que morrem ou que abandonam por novos consumidores", comentou a diretora geral da OMS, Margaret Chan, em comunicado pelo Dia Sem Tabaco.

"A proibição de toda a publicidade do tabaco e de sua promoção e patrocínio é uma ferramenta poderosa que podemos usar para proteger a juventude", acrescentou.

A OMS calcula que se não forem tomadas medidas, no fim deste século terão morrido 500 milhões de pessoas por causa do consumo do tabaco. EFE vh/bm/ma

fonte:
http://ultimosegundo.ig.com.br

quinta-feira, 29 de maio de 2008

Falsa intimação da Procuradoria Regional da Justiça -instala virus

Cuidado ao receber um email da Procuradoria Regional da Justiça da 12 Região, pois é um email contendo virus.

Maiores informações acesse:
http://www.quatrocantos.com/LENDAS/341_intimacao_mpf.htm.

http://www.quatrocantos.com/LENDAS/trojan_horse_golpes.htm

antes de abrir qualquer arquivo por email, verifique antes se não é um virus.

acesse tambem:
http://trivialidadesdavida.blogspot.com/2008/01/certas-coisas-me-irritam-devo-confessar.html

este é o modelo do email:
PROCEDIMENTO INVESTIGATÓRIO N.º 324/2008

Assunto: INTIMAÇÃO PARA COMPARECIMENTO EM AUDIÊNCIA, relativa ao procedimento investigatório em epígrafe, em tramitação nesta Regional, conforme despacho em anexo.

ANEXO INTIMAÇÃO.ZIP(39k)

ANEXO INVESTIGAÇÃO.ZIP(89k)

————————————————-

Nos dois links contem vírus, nem ao menos pensem em clicar caso não seja um usuário qualificado para tal ação.
Ignorem qualquer notificação recebida por email, pois nenhuma entidade deste tipo manda emails deste tipo. Caso tenha alguma intimação com certeza irão levar até a sua casa em carta assinada, tomem cuidado também pois pode ser o Antrax ^^

Tenha um anti-vírus atualizado em sua máquina para sua segurança, recomendo o Kaspersky Internet Security

fonte:
http://blog.malluco.com/2008/03/04/intimacao-para-comparecimento-em-audiencia/

terça-feira, 27 de maio de 2008

Labio-Leporino e Fenda Palatina

Projeto AMPLA


A AMPLA está buscando 125 crianças que tenham seqüelas como: lábio-leporino e fenda palatina para realizar gratuitamente a cirurgia de reparação. Se você conhece alguém que tenha alguma dessas deficiências, por favor, informe o telefone da Ampla (21) 2562-2822 ou o site http://www.operacaosorriso.org.br http://sorriso.org/ ou http://www.operationsmile.org/officeinfo.phtml?office=BR

fonte : www.promenino.org.br
data 26/05/08

Desenho


Neide Duarte *


Foto: Morguefile


União de Vila Nova, São Miguel Paulista, São Paulo. Só se entra no bairro de duas formas: por baixo de uma ponte da linha do trem ou, na outra ponta, por cima da linha do trem. Do outro lado tem um riacho, mais adiante uma estrada, a Rodovia Ayrton Senna.

Bairro isolado. Vários terrenos são usados como lixões.

Numa área descampada, crianças brincam de rolar dentro de um barril de latão. Um ou dois ficam lá dentro, gritando, enquanto outros meninos empurram e vão girando o latão.

Alguns meninos jogam futebol. Outros empinam pipa.

Menos meninas nas brincadeiras. Os meninos sempre ocupam mais as ruas do que as meninas.

Eduardo tem 11 anos, mas não gosta da rua. Prefere ficar em casa e desenhar.

A casa dele não tem muito espaço. Não que seja tão pequena, mas ali não reina nenhum tipo de organização. A mãe vai juntando roupas sujas e limpas em sacolas pelo chão da sala, do quarto, da cozinha. O sofá mal dá para oferecer uma vaga, imprensado que está entre a mesa da sala de jantar e as cadeiras.

Tudo o que poderia ser usado como mesa está tomado de coisas velhas e sujas. Poeira por toda parte, cheiro de mofo, umidade, paredes enegrecidas e esverdeadas pela umidade.

No quarto, roupas penduradas pelas guardas da cama, algumas jogadas no chão, sacolas de roupas, gatos adormecidos.

Eduardo, com seu desenho, vai colocando em ordem o mundo em que vive e o caos do papel em branco

Eduardo não se importa. Improvisa mesas pela casa: um pedacinho do braço do sofá que sobrou vazio, os próprios joelhos, ou então a parte de cima do beliche, onde dorme.

Eduardo não tira os tênis para subir no beliche. Mesmo depois de ter caminhado na rua de terra onde mora. O lençol está tão encardido que não fará diferença acrescentar ali uma nova sujeira.

E quando o Eduardo começou a desenhar, a mãe dizia: “Mas isso você já sabe. Pára de desenhar! Você precisa aprender outras coisas, de desenho já está bom.” Mas Eduardo é persistente, quer ser desenhista e sabe, apesar da pouca idade, que esse aprendizado não tem fim.

Por isso ele nem dormiu na noite que antecedeu o começo da realização do seu sonho: sua primeira aula de desenho e escultura, numa Organização Não-Governamental criada por um ex-presidiário, lá no bairro. Na cadeia, o ex-presidiário virou escultor e agora passa o que aprendeu para os meninos da vila, junto com outros monitores.

As linhas do lápis de Eduardo formam homens repetidos, semideuses, homens voadores de voz grave e assustadora, homens de chifre, de olhos vermelhos, músculos impensáveis, homens que com um simples gesto de braços deslocam montanhas, destruidores de tudo.

Os desenhos são um retrato do que vê na televisão. Heróis, anti-heróis, agentes do bem e do mal, seres inexplicáveis, desumanos na sua aparente humanidade.

E, na aparente desordem da vila e da casa onde mora, Eduardo, com seu desenho, vai colocando em ordem o mundo em que vive e o caos do papel em branco.




* Neide Duarte é jornalista, dirigiu e apresentou durante sete anos o programa
Caminhos e Parcerias, da TV Cultura, e hoje é repórter especial da Rede Globo

segunda-feira, 26 de maio de 2008

sem idéias


Voce ja chegou naquele momento de estar sem idéias de postagem?
como se todos os temas ja foram abordados, relatados e comentados.Vimos que na realidade estamos mesmo é vazios de objetivos.
Quando nosso foco, nossos objetivos parecem não acontecer, as dificuldades são maiores que as vitórias, sentimos vazios e sem idéias.
Perguntas do tipo, fazer porque, para quem e para que fim e se vale a pena mesmo fazer.
Onde está o retorno?

sexta-feira, 23 de maio de 2008

4º Causos do ECA – Semanas Finais

4º Causos do ECA – Semanas Finais
Participe e concorra a prêmios!

As inscrições para o 4º Concurso Causos do ECA ainda estão abertas! Mas corra, pois o prazo para envio dos textos é apenas até o dia 2 de junho.

Se você conheceu ou presenciou uma história de correta aplicação do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) que tenha transformado positivamente a vida de crianças e adolescentes, escreva e mande essa história para nós!


Você pode participar em duas categorias – “ECA como instrumento de transformação” e “ECA na Escola” – e ainda concorrer a prêmios. Os dois primeiros colocados em cada categoria ganharão R$ 10 mil e um computador.


Leia o regulamento e saiba como se inscrever, pela internet ou pelo correio, no endereço do portal: www.promenino.org.br

sexta-feira, 16 de maio de 2008

Evento de Saúde

Agradeço se vc puder ajudar a divulgar para a população:
1) EXAMES DE SAÚDE GRATUITOS PARA A POPULAÇÃO
2) VACINAÇÃO CONTRA GRIPE NO IDOSO
3) PALESTRAS DE SAÚDE PARA A POPULAÇÃO
4) SEMINÁRIO DE CAPACITAÇÃO PARA ONGs E ASSOCIAÇÕES
Tudo acontece nesta sexta e sábado (16 e 17 de maio) no 3º Encontro de ONGs e Associações de Pacientes Saúde Brasil, ação social de saúde e cidadania, aberto e gratuito à comunidade. LOCAL: Centro de Eventos São Luis (rua Luis Coelho, 323, próx. metrô Consolação, em São Paulo).
Mais dados:
Vacinação contra Gripe no Idoso
As pessoas com mais de 60 anos que não receberam a vacina contra gripe poderão ser vacinadas, gratuitamente, somente na sexta-feira, dia 16, das 09h às 17 horas. Essa campanha de vacinação será realizada pela Unidade Básica de Saúde Nossa Senhora do Brasil, da Prefeitura do Município de São Paulo.

Datas e exames a serem realizados (limitados):
Colesterol - dias 16 e 17
Glicemia - dias 16 e 17
Presão Arterial - dias 16 e 17
Massa Corporal e Circunferência Abdominal- dias 16 e 17
Catarata - dia 17
Retinopatia Diabética - dia 17
Encaminhamento p/ Transplante de Córnea - dia 17
Tonometria (intra-ocular) - dia 17
Osteoporose - dia 17

Apresentação das ONGs
Também poderão ser visitados os estandes de ongs e associações de pacientes dos mais diversos segmentos que estarão expondo seus trabalhos e orientando a população.

Seminário para ONGs
Os integrantes das entidades inscritas poderão participar de seminários, que irão abordar diversos temas. Dentre eles: Papel das Ongs na Saúde, Superação e Inclusão Social, Acesso a Medicamentos, Direitos à Saúde/Tratamentos, Cuidados com o paciente/cuidador, Captação de Recursos, Gestão Administrativa, Financeira e Contábil.

Palestras para a população (programação abaixo)
A população também poderá participar, gratuitamente, de palestras sobre saúde. A Anvisa e o Ministério da Saúde também estarão presentes, orientando sobre uso racional de medicamentos e direitos à saúde.
É mais uma realização do Instituto Saúde Brasil em prol da saúde e cidadania.
Super obrigada.
Forte abraço.
Lina Menezes e Gilnei Rodrigues
Saúde Brasil
lina@saudebrasilnet.com.br e gil@saudebrasilnet.com.br
11 3846-2649
www.saudebrasilnet.com.br

quinta-feira, 15 de maio de 2008

MUTIRÃO DA CARONA dia 28/05/08


Peça e dê caronas. Vamos racionalizar o uso de veículos, que são a principal causa da poluição do ar nas grandes cidades. Para isso, daremos início, no próximo dia 28 de maio, a uma grande campanha de conscientização para estimular a prática da carona, no trabalho, na escola, no clube, nos condomínios, nas vizinhanças e outros.
Participe. Em troca, vamos ganhar em qualidade de vida. Menos carros nas ruas significa menos poluição, trânsito mais ágil e mais tranqüilidade. E você, com certeza, vai fazer novas amizades, ampliando o seu círculo de relacionamentos, além de economizar seu tempo e dinheiro.

Segundo os órgãos de trânsito, a taxa média de ocupação dos automóveis não chega a 1,5 pessoas por veículo. Assim, é possível concluir que, se aumentarmos o número de passageiros por veículo, conseguiremos reduzir o volume de trânsito nas regiões metropolitanas do Estado, com amplos benefícios para toda a coletividade.

Veja como participar do “MUTIRÃO DA CARONA - Seja Solidário. Carona é Legal!”. O princípio básico é oferecer ou pedir caronas, organizando grupos em:
- Bairro: reúna os seus vizinhos, veja quem vai se dirigir para um mesmo destino ou locais próximos e organize grupos, cujos participantes poderão se revezar no uso de seus veículos.
- Condomínio: aproveite a reunião do condomínio para lançar a idéia da carona e organize os grupos.
- Empresa: convença a direção ou o departamento de Recursos Humanos da empresa em que você trabalha a organizar os grupos de carona, criando bancos de dados com os nomes das pessoas interessadas e os seus respectivos endereços ou itinerários. As empresas que já realizam esse tipo de iniciativa apontam a socialização como uma vantagem para quem participa da ação.
- Escola: procure a direção da escola e veja como organizar grupos de alunos que moram em bairros próximos, para que os pais possam se revezar no transporte das crianças.
- Universidade: neste caso, a iniciativa poderá ser da reitoria ou do grêmio acadêmico, que poderão cadastrar os interessados, organizando-os conforme os pontos de origem e de destino, para formar os grupos de caronas.
- Shoppings Centers: os centros comerciais, prédios de escritórios, conjuntos de consultórios médicos e outros também poderão aderir ao programa, cadastrando e organizando os funcionários interessados em oferecer ou aceitar caronas.


http://www.ambiente.sp.gov.br/mutiraodacarona/

segunda-feira, 12 de maio de 2008

AJUDA URGENTE! SE MORA OU CONHECE ALGUÉM DO RIO DE JANEIRO

Tem uma menininha, de apenas 3 meses de idade,
que está 'internada desde que nasceu',
no 'Instituto de Cardiologia de Laranjeiras',
com 'sérios problemas de saúde'.
Os médicos ainda não descobriram o que está causando,
'uma anemia profunda',
ou seja,
ela está precisando 'URGENTE' de 'doadores de sangue',
mas seu tipo sanguíneo é 'B Negativo',
um tipo muito raro de ser encontrado.
Ela estava recebendo o sangue O+ que é doador universal,
mas seu organismo está rejeitando.
Peço que divulguem esse e-mail.
Seu nome é 'Evelyn Helena dos Santos'.
O tipo sanguíneo é 'B Negativo' e é um bebê de apenas '3 meses de idade'.
Por favor,
entrar em contato para ajudarmos essa vida que se inicia:
'Melissa Mota Cortat Regianini'
Tel.Res.: (21) 2704-4801
Tel.Com.:(21) 2283-1600
e Celular : (21) 9427-8401

Como vai ser o amanhã ?


Não conheço o amor abstrato, o plano sem resultado, o mapa sem caminhada.Conheço o amor pela vida, a ação que faz a obra, o destino conquistado.Defender a dignidade e lutar pelo que se crê é a maior parte de nossa obra.Não entendo a humanidade destituída de sonhos e propósitos.Tocar a melodia do tempo para voar, sem deixar escorrer pelas mãos.Vencer o mito da impossibilidade ao vencer a si mesmo.Sei que não se podem mudar os começos, as dificuldades, as desigualdades que geraram a injustiça.Não se pode mudar o começo. Não se pode rebobinar a história.Mas se pode mudar o final!Por isso, pratique o agir agora.Encontre um meio genial de provocar mudança nesses destinos, oferecendo meios ao seu igual.Se um se multiplica, o vento sopra sobre as sementes e a chuva realiza sua benção, será trigo a ação da gente, será mesa farta de pão, será eterno o milharal!Penso em você, na capacidade que tem de aprender, se ensinar.Na vocação que tem de transformar, se informar.Que os mares da generosidade jamais desabasteçam seus caminhos.Que sejam sustentáveis os seus projetos e firmes suas realizações.Vou fazer sua apresentação: você herói, você rei, você que se encontra todos os dias frente a frente com você, no espelho da vida. Você caminha por um vasto deserto chamado solidão, e por isso mesmo não deve atravessa-lo a sós. Faça um chamado aos outros heróis, que outros reis venham juntar-se ao séqüito, que seu espelho possa refletir multidões de amigos e fiéis colaboradores.Coloque mais luz em sua mente, coloque estes óculos.Você agora pode ver mais claramente, com a mente clara.Essa claridade sempre esteve em você, a diferença é que juntos, neste curso à distância, fizemos esse brilho florescer.Agora você segue em frente, mas nunca mais sozinho.Que a estrada se abra à sua frente,Que o vento sopre sempre às suas costas,Que o sol bata morno e leve em sua face,Que a chuva caia de mansinho em seus campos,E até que nos encontremos de novo,Que Deus lhe guarde na palma de suas mãos.

sábado, 10 de maio de 2008

Doação de Sangue


O sangue é um elemento indispensável à vida. Sem o nosso sangue, seríamos incapazes de oxigenar e nutrir nosso corpo, e morreríamos. Não há nada que substitua esse nosso tecido líquido.

O sangue das pessoas saudáveis é constantemente renovado, conforme a necessidade do organismo. A perda de sangue que ocorre na doação é reposta em pouco tempo. Elas são plenamente capazes de doar, e sua atitude generosa pode salvar não apenas uma, mas três vidas. Isso porque o sangue colhido do doador é fracionado em três componentes: as plaquetas, as hemácias e o plasma, cada um com um destinatário diverso.

São muitos os casos em que é preciso recorrer ao banco de sangue: transplantes, grandes cirurgias e vítimas de acidentes precisam de transfusão. Portadores de doenças graves cujo organismo não é capaz de produzir as células sangüíneas necessárias, seja por deficiência natural, seja por tratamento que bloqueia sua produção, como a quimioterapia, também precisam de transfusões sanguíneas para sobreviver. Nesta categoria se enquadram algumas doenças do sangue, portadores de câncer diversos e de leucemia.

São tantas pessoas que precisam de sangue, que não raro algumas delas são nossas conhecidas, amigas ou parentes. Mas o banco de sangue também existe para ajudar aquelas pessoas anônimas, que não têm ninguém à sua volta que possa ajudar, ou simplesmente quando não há tempo de convocar familiares para doar sangue, o que é comum em acidentes graves, como os automobilísticos, quando a perda é muito grande.

Os doadores podem não saber o destino de seu sangue na hora da doação, na maioria das vezes, mas de uma coisa têm certeza: o que fazem é indispensável à vida.

Para Quem DoarExistem inúmeras situações que demandam sangue. Todas as pessoas que estão passando por tratamentos como quimioterapia, cirurgias e transplantes precisam de sangue, além de acidentados e portadores de algumas doenças do sangue.

O doador espontâneo não sabe quem será o receptor do seu sangue, mas sabe que sua atitude é fundamental para salvar vidas. Sabe inclusive que um dia pode necessitar de sangue de outros. Por isso precisamos criar a consciência da necessidade de doar sangue entre as pessoas. Em outros países ela já é bem desenvolvida, e as pessoas, conscientes de sua responsabilidade social, desenvolvem o hábito de doar sangue.


Como DoarDoadores de sangue são pessoas especiais, movidas pelo desejo de ajudar pessoas que muitas vezes não conhecem. Ao dedicar parte do seu tempo (45 minutos) para doar um pouco de seu sangue, o doador ajuda a salvar a vida de até três pacientes diferentes.

Os homens pode doar seu sangue até 4 vezes ao ano, com um intervalo de 60 dias entre cada doação, e as mulheres 3 vezes, com intervalo de 90 dias. Já no caso da doação de plaquetas por aférese, tanto homens como mulheres podem doar até 4 vezes por mês e 24 vezes por ano, com um descanso mínimo de 72h entre cada doação.

Aqui seguem alguns pré-requisitos para a doação de sangue:
Estar em boas condições de saúde e descanso
Ter entre 18 e 65 anos
Pesar no mínimo 50kg
Estar alimentado, evitando ingerir alimentos gordurosos
Apresentar documento oficial de identidade com foto.
Agende a sua Doação:


Posto Pompéia
Av. Pompéia, 1178 CEP 05022-001
11 3677 4444 R 5055
2ª a 6ª feira: 8h às 18h
Sábado: 8h às 16h


Posto Santana
Av. Voluntários da Pátria, 3997 CEP 02401-300
11 6972 8000 R 1134/1135
2ª a 6ª feira: 8h às 12h


Durante o período de doação, o estacionamento é gratuito.
O doador de plaquetas por aférese poderá almoçar ou jantar GRATUITAMENTE no restaurante do Hospital São Camilo.

fonte site:www.clubesanguebom.com.br

quarta-feira, 7 de maio de 2008

AGENCIA DE EMPREGOS NOVO MILLENIUM


TABELA DE VAGAS - 07.05.08

AJUDANTE DE CARGA - EXP. EM TRASPORTE COMO AJUD. DE CARGA OU C/ ORGANIZAÇÃO DE ARMAZÉM - P/ ZONA NORTE
ALMOXARIFE - EXPERIÊNCIA EM TRANSPORTADORA, CARGA E DESCARGA, CONFERÊNCIA DE DOCUM. E MATERIAIS,P/ZONA NORTE
ANALISTA DE P.C.P. - EXP. EM INDÚSTRIA PLÁSTICA, EXP. C/ CHÃO DE FÁBRICA, MÁQS. INJEÇÃO/ SOPRO/ SERIGRAFIA - P/TABOÃO
ANALISTA CONTÁBIL- EXP. ROTINA CONTÁBIL/ BALANCETE, CONHEC.MICROSIGA, TEMPORÁRIO P/EFETIVAÇÃO- P/LAPA E OSASCO
ASSISTENTE ADMINISTRATIVO - EXP. NA ROTINA ADM. EM ASSISTÊNCIA TÉCNICA DE INFORMÁTICA - P/ ALPHAVILLE
ANALISTA CONTÁBIL/CONTROLAD.- EXP.EM TODA ROTINA CONTÁBIL,ANÁLISE DE BALANCETES,FORM.CUSTOS E PREÇOS-/TABOÃO
ASSISTENTE DEPTO PESSOAL - EXP. EM METALÚRGICA, C/ CNH, TODA ROTINA DP E RH, TEMPORÁRIO P/ EFETIVAÇÃO - P/ EMBU
ASSISTENTE DEPTO PESSOAL - EXP. NA FOLHA PGTO ADP, TODA ROTINA DA ÁREA INCLUSIVE ADM DE BENEFÍCIOS - P/ TABOÃO
AJUDANTE DE ELETRICISTA - EXPERIÊNCIA EM INSTALAÇÃO DE LUMINÁRIAS, ETC.,P/TABOÃO DA SERRA
ATENDENTE SAC - EXP. C/ ATENDIMENTO TELEFÔNICO/ RECEPTIVO, EXP. NA ÁREA DE CALL CENTER - P/ ALPHAVILLE
AUX.RECRUTAMENTO E SELEÇÃO (PNE-PDF) - EXP. EM ROTINAS ADMINISTRATIVAS, BENEFÍCIOS,ATEND.PÚBLICO,P/MORUMBI
AUXILIAR FISCAL - EXPERIÊNCIA NA ÁREA FISCAL / FINANCEIRA/ FATURAMENTO - P/CIDADE DUTRA
AUXILIAR ARMAZÉM - EXP. EM TODA ROTINA DE ESTOQUE E EXPEDIÇÃO, COM INFORMÁTICA - P/TABOÃO DA SERRA
AUXILIAR DE MOAGEM - EXPERIÊNCIA ANTERIOR, MORAR NA REGIÃO, P/TABOÃO DA SERRA
PROJETISTA MECÂNICO COORDENADOR - DOMÍNIO EM SOLID WORKS,COORDENAÇÃO,PROJETOS DE MÁQ.E DISPOS.P/INTERLAGOS
AUXILIAR ADMINISTRATIVO - PNE/PDF - EXPER.ADMINISTR.,C/INFORMÁTICA, INÍCIO IMEDIATO,P/TABOÃO DA SERRA
AUXILIAR DEPTO PESSOAL - EXPER.EM FOLHA PAGTº, FGTS, ADMISSÃO/ RESCISÃO, TRIBUTOS E ENCARGOS - P/ CIDADE DUTRA
AUXILIAR DEPTº PESSOAL (PNE) - EXP. C/ ARQUIVO MORTO E NOÇÕES BÁSICAS DE ESCRITÓRIO - P/ MORUMBI
AUXILIAR ADMINISTRATIVO - EXPERIÊNCIA EM SISTEMA INTEGRADO,DOMÍNIO EXCELL/PACOTE OFFICE,P/TABOÃO DA SERRA
CARPINTEIRO - EXPERIÊNCIA EM INDÚSTRIA, TEMPORÁRIO P/ EFETIVAÇÃO - P/ EMBU
COMPRADOR - EXP. EM INDÚSTRIA C/ COMPRAS DE MATERIAIS DE ESCRITÓRIO, INFORMÁTICA E DE PRODUÇÃO - P/EMBU
ESTÁGIO TÉC. ELETRÔNICO - CURSANDO TÉC. ELETRÔNCIO, CONHECIMENTO EM INFORMÁTICA E ELETRÔNICA, P/ MORUMBI
GERENTE DE VENDAS - EXP. EMPRESAS DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS (SEGURANÇA/VIGILÂNCIA/PORTARIA/LIMPEZA) - P/ MORUMBI
LÍDER DE QUALIDADE - EXP. INDÚSTRIA PLÁSTICA, DOMÍNIO DE PROCESSOS DE CONTROLES E APLICAÇÕES TÉCNICAS - P/TABOÃO
MAÇARIQUEIRO - EXPERIÊNCIA EM INDÚSTRIA, TEMPORÁRIO P/ EFETIVAÇÃO - P/ EMBU
MONTADOR CALDEIREIRO - EXPERIÊNCIA EM TODA ROTINA EM INDÚSTRIA, TEMPORÁRIO P/ EFETIVAÇÃO - P/ EMBU
MOTORISTA CARRETEIRO - (50 VAGAS) EXP. C/CARGAS SECAS, CURSO MOPP, DISPONIBILIDADE P/ VIAGEM BRASIL
MOTORISTA CARRETEIRO-(02 VAGAS) EXP. C/ CARGAS SECAS,CURSO MOPP, DISPONIB. P/ VIAGEM SP E GRANDE SP- P/ITAPECERICA
MOTORISTA CARRETEIRO-(04 VAGAS) EXP.,C/TRANSPORTE DE CONTAINERS, CURSO MOPP, DISPONIBILIDADE P/VIAGEM:SANTOS/SP.
MOTORISTA ROMEU E JULIETA - EXP. EM CARTEIRA, PARA VIAGEM BRASIL MORAR PRÓXIMO RAPOSO TAVARES - SP
OPERADOR(A) DE MONITORAMENTO (PNE)/(PDF)-EXP. EM EMPRESA DE SEGURANÇA,ALARMES OU TRANSPORTADORAS- P/ MORUMBI
OPERADOR(A) DE RETROESCAVADEIRA - COM EXPERIÊNCIA - P/ TABOÃO
PADEIRO - COM EXPERIÊNCIA, MORAR NA REGIÃO DE ITAPECERICA DA SERRA
PINTOR INDUSTRIAL - EXPERIÊNCIA DE PINTURA INDUSTRIAL DE PEÇAS EM GERAL, TEMPORÁRIO P/ EFETIVAÇÃO - P/ EMBU
PORTADORES DE NECESSIDADES ESPECIAIS - C/ INFORMÁTICA, EXP. EM ATEND. TELEFÔNICO/ ALMOXARIFE OU RH - P/ MORUMBI
PORTEIRO - EXP. EM COLÉGIO PARTICULAR, C/ DISPONIBILIDADE P/ PERÍODO NOTURNO - P/ TABOÃO DA SERRA
PORTEIRO - EXP. EM INDÚSTRIA, C/ DISPONIBILIDADE DE HORÁRIO, TEMPORÁRIO P/ EFETIVAÇÃO - P/ EMBU - SP
ESTÁGIO RH OU PSICOLOGIA - EXP. COM ATENDIMENTO AO PÚBLICO E ROTINAS ADM/ RH / TRIAGEM CURRIC.-P/ CAMPO LIMPO
REPRESENTANTE COMERCIAL - EXP. RAMO QUÍMICO, P/ SÃO JOSÉ DOS CAMPOS, PIRACICABA E CURITIBA; TER RESID. NA REGIÃO
SOLDADOR - EXPERIÊNCIA COM SOLDA TIG E MIG, TEMPORÁRIO P/ EFETIVAÇÃO - P/ EMBÚ
TÉCNICO ELETRÔNICO - EXP. C/ INSTALAÇÃO DE EQUIP. ELETRÔNICOS, REDES LOCAIS DE COMPUTADORES, C/CNH - P/ MORUMBI
TORNEIRO MECÂNICO - EXP. EM METALÚRGICA, TEMPORÁRIO P/ EFETIVAÇÃO - P/ EMBÚ


AGÊNCIA DE EMPREGOS NOVO MILLENIUM
R.Martinho Lutero, nº 35- 1º a. - Alt.nº.4.100 da Estrada Campo Limpo Esq.da Drogasil / Próximo Casas Bahia
Fone: 5842.2087 - 5843.6708 e Fone/Fax: 5846.1428 - Centro do Campo Limpo
novomillenium-cristina@uol.com.br // novomillenium-beatriz@uol.com.br
ACEITAMOS CURRÍCULOS MESMO SEM TER A VAGA, PARA NOSSO BANCO DE DADOS E FUTURAS VAGAS.

domingo, 4 de maio de 2008

Desempregados buscam fontes alternativas de renda

Mônica Bichara

Apesar de o emprego formal ter batido recorde no primeiro trimestre do ano em todo o país, obtendo o melhor desempenho desde o início da apuração do Cadastro de Empregados e Desempregados (Caged), em 1992, com 39% de crescimento em relação ao mesmo período do ano passado, muita gente ainda enfrenta o desemprego. Por falta de oportunidade ou por opção, o jeito é apelar para fontes alternativas de renda como a produção de doces e salgados, bombons finos, artesanatos, ou a venda de porta em porta de cosméticos e confecções. Uma saída que pode representar ganhos iguais ou até superiores aos de um emprego formal.


É o caso da desempregada Simone Selma dos Santos, mãe de três filhos, que para se manter ajuda a amiga Sônia Muniz a vender lembranças de aniversário infantil. Elas transformam a entrada lateral da loja Le Biscuit (da Rua do Paraíso, no centro da cidade) numa verdadeira vitrine para as coloridas cestinhas, lápis e piruliteiras que produzem com emborrachados. Com preços que variam de R$5 a R$10 a dúzia, elas garantem a sobrevivência e a manutenção dos filhos. Para complementar, vendem também balas de coco e biscoito de goma.


“Com 35 anos de idade já não consigo mais emprego em Salvador”, constata Simone, contando que foi atropelada por um carro que desceu a ladeira descontrolado e não lhe ajudou sequer com algum dinheiro para os remédios.


Sônia revela que o movimento é muito variado, a depender do dia da semana e do mês. “Tem dias que não vendemos quase nada, mas tem outros que dá para faturar melhor”, diz, apontando o mês de dezembro como o de melhores vendas para o segmento. As balas de coco já tiveram boa saída, mas muitos aprenderam a receita trabalhando com ela e viraram concorrentes. “Outros aprenderam com Ana Maria Braga e estão por aí vendendo, mas não tem a mesma qualidade”, gaba-se.


Simone e Sônia produzem em casa, mas também aproveitam o tempo que ficam na rua para confeccionar mais lembranças, aos olhos dos clientes. A mercadoria e as caixas utilizadas como tabuleiro são guardadas em um depósito na mesma rua, o que evita o leva-e-traz de ônibus. Elas reconhecem que o trabalho autônomo não tem garantias nem direitos trabalhistas, mas foi a forma que encontraram para enfrentar a falta de vagas no mercado.


Carimã - É também nas ruas que Luís Oliveira, de 41 anos, tira o sustento da família. Desempregado há cerca de oito anos – “já perdi as contas” –, ele, que trabalhava fazendo serviços gerais, arma há três anos um tabuleiro improvisado com compensado em pleno Campo Grande, onde expõe o que consegue comprar com melhor preço na Ceasa: carimã, milho verde, feijão-de-corda e coco. Pai de três filhos, acorda às 4h e sai de casa, no Cabula, às 5h em direção à feira, no CIA (Centro Industrial de Aratu). De lá segue para o ponto ao lado da Procuradoria Geral do Estado (PGE), onde trabalha até próximo das 19h.


“Tiro na faixa de um salário mínimo por mês. Sei que é pouco, mas pelo menos não estou parado e sustento meus filhos”, conforma-se Luís, que ainda tem esperança de conseguir um emprego com carteira assinada e todos os direitos assegurados.


***


Artista plástico vende pinturas nas ruas

Viver da própria arte foi a escolha feita pelo artista plástico Obá, que todos os dias, chova ou faça sol, instala-se na fachada do Edifício Bráulio Xavier, na Rua Chile, com suas pinturas feitas a dedo em azulejos, que custam R$5. Nos dias fracos ele vende de 10 a 15 trabalhos, entre paisagens de Salvador e escudos de time de futebol. “Não tenho do que reclamar, porque vivo do que gosto. Acho que não conseguiria ter um emprego formal, num ambiente fechado”, confessa.


Obá só fica triste ao constatar que 95% dos seus trabalhos são adquiridos por turistas, que levam as paisagens da Bahia, com a assinatura do artista, para todas as partes do mundo. “Os baianos procuram paisagens de outros estados, não valorizam as nossas praias e os cartões-postais”, diz decepcionado, acrescentando que a mídia também não dá espaço para as artes plásticas no país. Por conta dessa preferência, os meses de alta estação são os de melhores vendas para o artista, que chega a faturar o dobro quando o número de turistas cresce na cidade.


Até os torcedores do Bahia e do Vitória passam batidos pelos azulejos com os escudos dos seus times, enquanto os do Corinthians, São Paulo e Flamengo lideram as vendas. As paisagens mais vendidas, segundo Obá, são Farol da Barra, Elevador Lacerda e Forte de São Marcelo. Ele chega cedo ao “batente”, por volta das 6h30, e fica até o pôr-do-sol. Ali mesmo vai pintando os azulejos, diante de olhares curiosos, com a habilidade de quem domina a técnica há muitos anos. Uma bancada da fachada do prédio serve de cadeira e galeria a céu aberto, onde expõe os quadros ao público passante.


***


Bombons ajudam na renda de universitária


Em um rápido curso oferecido por uma loja de produtos para festas, no Centro de Salvador, a estudante universitária Monalisa Conceição dos Santos, de 21 anos, aprendeu a fazer bombons trufados. Ensinou os macetes para a mãe e a irmã, que a ajudam a produzir centenas de unidades, de diversos sabores, que vende sobretudo para os colegas, professores e funcionários da Uneb, onde cursa nutrição. Em pouco tempo, as encomendas começaram a aparecer para festas. “Muitos pedem para lembrança de aniversário”, diz, frisando que a renda ajuda a se manter enquanto estuda, até que apareça um emprego compatível com os horários das aulas.


Com a venda dos bombons, que variam de R$1 a R$1,50, a depender do sabor (o preço é menor para pedidos em quantidade), Monalisa cobre despesas com transporte, alimentação na rua, xerox de livros e viagens de final de semana. “Foi uma forma que encontrei de ajudar minha mãe com as despesas e está dando certo. Não gosto de ficar parada, sem ter meu dinheiro”, diz, admitindo que já pensa em confeccionar uma embalagem própria para as trufas.


Por enquanto, os bombons são embalados com papéis vendidos nas lojas de produtos para festas, identificando apenas os sabores (brigadeiro, maracujá, abacaxi, cupuaçu, morango, limão, ameixa, casadinho e coco). Monalisa recebe encomendas pelo telefone 3285-5059.


***


Sequilhos e biquínis garantem sustento


Trabalhar em casa foi a opção encontrada pela vendedora Jeane Fontes de Santana para continuar contribuindo com a renda familiar e dedicar mais tempo à família, desde que teve o primeiro filho, hoje com 8 anos. Ela sabia fazer sequilhos, biscoitos de goma, doces, tortas e salgados e viu que a saída estava nessa habilidade. “Se eu estivesse na rua como vendedora estava ganhando menos do que faturo hoje”, revela, computando que ainda teria despesas de transporte, alimentação, babá e transporte escolar para os filhos.


Ela só lamenta o fato de não ter direito a férias e outros direitos trabalhistas. O marido, Ezequiel, tem um emprego formal, o que dá tranqüilidade à mulher para abrir mão dessa segurança em nome de uma atenção maior aos dois filhos. Ele também contribui para escoar a produção de Jeane, levando os sequilhos e biscoitos feitos por ela, quando os filhos dormem, para vender no restaurante da empresa onde trabalha e em outros clientes. Nos finais de semana ela aceita também encomendas de bolos e doces para festas.


Desempregada há exatamente um ano, a representante comercial Ivanete Lopes, mãe de uma filha de 6 anos, não se fez de rogada e partiu para a venda de porta em porta de cosméticos e biquínis. Com dois catálogos de perfumes, cremes e maquiagens, e biquínis que compra de uma pronta-entrega, ela percorre repartições públicas, escolas e residências em busca de clientes.


“O faturamento ainda é menor que o do emprego anterior, mas já garante as principais despesas até aparecer um trabalho formal. Não posso é ficar parada, tenho que me virar, porque tenho uma filha para sustentar”, diz Ivanete. Ela sente falta da segurança de um emprego com carteira assinada, mas observa que não pode se dar ao luxo de cruzar os braços e esperar que um convite “caia do céu”.

fonte:www.correiodabahia.com.br

sexta-feira, 2 de maio de 2008

MOSQUITÉRICA UMA ARMADILHA PARA O MOSQUITO DA DENGUE


neste blog tem as dicas e fotos da ARMALDILHA CASEIRA COM PET para o mosquito daDengue.

http://natureza-brasileira.blogspot.com/


vale a pena conferir!

Iam - Iniciativa Jovem Anhembi Morumbi


PROGRAMA GRATUITO PARA JOVENS EMPREENDEDORES SOCIAIS. DIVULGUEM!!!

Desenvolvido a partir da iniciativa internacional YouthActionNet®, o Iam - Iniciativa Jovem Anhembi Morumbi visa reconhecer e apoiar projetos de jovens empreendedores sociais que desenvolvem ações de impacto em comunidades, a fim de conquistar mudanças positivas para o bem-estar social.

A Anhembi Morumbi, em parceria com a Sylvan Laureate Foundation, a International Youth Foundation e articulada às organizações da sociedade civil, acolherá, até 7 de maio, a inscrição de projetos de toda a região metropolitana de São Paulo e selecionará 20 jovens, que terão a oportunidade de participar de um curso específico do Iam, de agosto a novembro de 2008. O curso terá como foco o desenvolvimento de competências e habilidades, voltadas ao empreendedorismo social, liderança, elaboração de projetos e ações comunitárias.

Além de bolsa-auxílio de R$ 340 mensais durante o curso, a Universidade também ofererecá um prêmio de R$ 2 mil, em dinheiro, a esses jovens, como forma de apoio ao desenvolvimento de seu projeto comunitário. A solenidade de entrega dos prêmios e certificações será realizada em dezembro de 2008.

Para dúvidas e comentários sobre o processo de inscrição, envie um e-mail para contatoiam@anhembi.br.


Inscrições Abertas

A abertura para as inscrições para o Iam começaram no dia 6 de março de 2008, dia do lançamento oficial do Programa. A partir dessa data, as inscrições de projetos estão abertas até o dia 7 de maio de 2008.

O programa é aberto para a participação de jovens, entre 18 e 29 anos, que tenham ou não qualquer vínculo com a Anhembi Morumbi. É fundamental que os projetos sociais apresentados para seleção estejam em desenvolvimento há pelo menos um ano, envolvam a comunidade e visem uma mudança positiva de impacto na realidade local.

As inscrições poderão ser realizadas enviando o formulário de inscrição devidamente preenchido por e-mail, correio ou fax para:

Iam - Iniciativa Jovem Anhembi Morumbi
Universidade Anhembi Morumbi
Coordenação de Responsabilidade Social
Rua Casa do Ator, 294 – 7° andar – Vila Olímpia
CEP 04546-001 – São Paulo – SP.
Tel.: (11) 3847-3034
e-mail: inscricaoiam@anhembi.br
www.iam.anhembi.br
e-mail:
contatoiam@anhembi.br
telefone residencial:
(11) 3847-3034
linha de endereço 1:
R: Casa do Ator, 294 - 7° andar
cidade:
São Paulo
estado:
São Paulo
código postal/CEP:
04546001
país:
Brasil

Iam - Iniciativa Jovem Anhembi Morumbi
Universidade Anhembi Morumbi
Coordenação de Responsabilidade Social
Rua Casa do Ator, 294 – 7° andar – Vila Olímpia
CEP 04546-001 – São Paulo – SP.
Tel.: (11) 3847-3034
e-mail: inscricaoiam@anhembi.br

quinta-feira, 1 de maio de 2008

1 demaio - dia do trabalho -


Comemorado no dia 1º de maio, o Dia do Trabalho ou Dia do Trabalhador é uma data comemorativa usada para celebrar as conquistas dos trabalhadores ao longo da história. Nessa mesma data, em 1886, ocorreu uma grande manifestação de trabalhadores na cidade americana de Chicago.

Milhares de trabalhadores protestavam contra as condições desumanas de trabalho e a enorme carga horária pela qual eram submetidos (13 horas diárias). A greve paralisou os Estados Unidos. No dia 3 de maio, houve vários confrontos dos manifestantes com a polícia. No dia seguinte, esse confronto se intensificou, resultando na morte de diversos manifestantes. As manifestações e protestos realizados pelos trabalhadores ficaram conhecidos como a Revolta de Haymarket.

Em 20 de junho de 1889, em Paris, a central sindical chamada Segunda Internacional instituiu o mesmo dia das manifestações dos trabalhadores como data máxima dos trabalhadores organizados, para assim, lutar pelas 8 horas de trabalho diário. Em 23 de abril de 1919, o senado francês ratificou a jornada de trabalho de 8 horas e proclamou o dia 1° de maio como feriado nacional.

Após a França estabelecer o Dia do Trabalho, a Rússia foi o primeiro país a adotar a data comemorativa, em 1920. No Brasil, a data foi consolidada em 1925 no governo de Rodrigues Alves. Além disso, a partir do governo de Getúlio Vargas, as principais medidas de benefício ao trabalhador foram dadas nessa data. Atualmente, inúmeros países adotam o dia 1° de maio como o Dia do Trabalho, sendo considerado feriado em muitos deles.

Por Tiago Dantas
Equipe Brasil Escola

Vamos torcer para termos mais trabalho para a população, maior condição de vida e dignidade de vida.Ter um trabalho é muito importante para a auto estima do ser humano.Precisamos ser produtivos, ter um valor na sociedade.As ajudas que o governo dispoe para sanar um pouco a falta de condições da camada da população que mais sofre com o desemprego é importante, mas o melhor mesmo é ter portas de emprego, capacitar as pessoas, dar cursos gratuitos.
Nosso projeto tem este enfoque mas só podemos tornar realidade aquilo que podemos ter condição de fazer, pois tudo neste mundo necessita de dinheiro e investimento.Boa vontade, não arca com custo de manutenção e despesas que são fixas de um projeto social.

Projeto Parado Falta de Apoio e Patrocinio

Esse projeto social infelizmente esta parado por falta de apoio financeiro, patrocínio, investimento. Temos uma idéia de aplicação porem nad...