terça-feira, 3 de junho de 2008

Programações para a Semana do Meio Ambiente


Para comemorar a data, diversas instituições e organizações promovem palestras, cursos e encontros para debater a importância da preservação do meio ambiente. Veja aqui algumas delas e programe-se!
Por Thiago Carrapatoso
Planeta Sustentável - 29/05/2008


O dia 5 de junho foi escolhido pela ONU para ser a data em que a preocupação com o meio ambiente seja a principal atividade. Criada em 1972, a comemoração foi assinada durante a abertura da Conferência de Estocolmo sobre o tema, junto com uma outra resolução que criava o Programa de Meio Ambiente das Nações Unidas (UNEP, na sigla em inglês).

As celebrações deste ano seguem o slogan “Kick the habit! Towards a low carbon economy” (“Chute o hábito! Por uma economia com baixo carbono”, em tradução livre). A cada ano é escolhido um país base, que sedia as principais atrações. Em 2008, Nova Zelândia será o palco das atividades, já que foi um dos primeiros países a adotar políticas para um futuro neutro de carbono.

O Dia Mundial do Meio Ambiente deste ano vai incentivar as economias e os estilos de vida preocupados com as emissões de carbono, com a promoção de energia eficiente, alternativas energéticas, conservação das florestas e consumo consciente. O objetivo é conscientizar as pessoas para que elas se tornem agentes sustentáveis e promovam atitudes ambientais em suas comunidades.

O site da UNEP ainda disponibiliza 80 ações que se podem fazer para comemorar a data. Adquira produtos artísticos feitos com materiais recicláveis, promova uma corrida de bicicletas, discuta questões ambientais, informe os seus amigos sobre o Dia e torne-se membro de um grupo sobre meio ambiente estão entre as diversas dicas.

Embora o país escolhido para ser a sede das principais atrações seja a Nova Zelândia, aqui no Brasil muitas atividades acontecerão. Palestras, exposições, cursos, ações, tudo acontecerá entre os dias 1º e 7 de junho. Veja algumas indicações e prepare-se!

greenpeaceA Ong internacional organizou uma exposição itinerante que passará por sete cidades brasileiras: São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Porto Alegre, Salvador, Manaus e Recife. São painéis fotográficos e imagens que demonstram o desmatamento no Brasil desde 1986, com uma projeção do que acontecerá em 2050 caso nada seja feito. O foco das atividades será a Amazônia, por causa do movimento “Meia Amazônia Não”, que luta contra a aprovação do projeto de lei que tramita na Câmara dos Deputados conhecido como “Floresta Zero”. Se aprovado, a área de reserva legal da floresta será reduzida de 80% para 50%. Acesse o site especial para saber mais informações.

Secretaria Municipal do Verde e do Meio Ambiente de São Paulo
Sob o título de “Semana de Gestão Ambiental 08 – meio ambiente é equilíbrio”, a Secretaria do Verde promove diversas atrações. A semana até acontece um pouco antes, com atividades já no dia 31 de maio. Entre elas, estão o Mutirão de Limpeza da Orla da Billings (às 10h, na Prainha do Shangrilá – Bororé) e diversas apresentações culturais, como o Coral Infantil ABSementinha, Tambores de Lá e Samba de Roda do grupo Asé Ylê do Hoozoane (todas na Rua Jackson Pollock – Colônia Paulista, das 17h às 22h)

No dia seguinte, acontece a “Trilha Noturna Sonora no Parque Independência”, em que o público, junto com gestores ambientais, andará por uma trilha à noite e encontrará diversos personagens que tratam sobre os diferentes aspectos da questão ambiental urbana. Uma índia, por exemplo, contará os segredos que a noite esconde, enquanto um calango conversará com um jatobá. A trilha será às 18h, e as inscrições devem ser feitas pelo e-mail .trilhasurbanassvma@prefeitura.sp.gov.br

No dia 3, a Universidade Livre do Meio Ambiente e Cultura de Paz (UMAPAZ), junto com a secretaria, promove um café-da-manhã e a mesa de debates “O mito da caverna atual – a cultura do consumo face aos desafios da ética e da sustentabilidade”.

No próprio dia 5, a Secretaria entregará à cidade mais dois parques lineares municipais: o do Itaim e o do Fogo. O primeiro, localizado junto ao córrego Itaim, possui uma área de 47 mil m², playground, ciclovia, campo de futebol e quadra poliesportiva. O segundo, um pouco menor (30 mil m²), custou cerca de R$ 1 milhão e possui pista de cooper, playground e área de convívio social.

No último dia (7 de junho), a Secretaria lança a campanha “Seja consciente: não use plástico”, no Parque Severo Gomes, com uma oficina para a construção de armadilha para o mosquito da dengue, uma caminhada pelo parque e uma peça teatral. A programação começa às 9h.

Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp)
Com o lema “A indústria respeita a vida”, a programação principal é o seminário que acontecerá durante os cinco dias. No dia 2 de junho, às 11h, acontece a mesa-redonda “Meio Ambiente: Riscos e oportunidades de negócios”, com a presença de Hugo Ferraz Penteado, economista-chefe e estrategista do Banco Real; Álvaro Mendonça, diretor de produtos financeiros e ambientais da Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa); e o jornalista Luis Nassif.

No dia 4, Eduardo Moacyr Krieger, da Academia Brasileira de Ciências; José Domingos Gonzales Miguez, coordenador geral de mudanças globais do clima do Ministério da Ciência e Tecnologia; e Élvio Gaspar, do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), se reunirão para debater os “Instrumentos de Apoio à Produção Sustentável”.

Além das palestras para o seminário, a Fiesp também organiza, no dia 1º, em parceria com o Sesi, a corrida de rua, que sairá do Parque Ecológico do Tietê (Rodovia Ayrton Senna, km 17), às 9h, para um percurso de 10km.

E, um dia depois do Dia Mundial do Meio Ambiente, a Fiesp assinará uma parceria institucional com a Secretaria do Verde e Meio Ambiente para cuidar do Parque Trianon, na região da Paulista, às 12h.
Para mais informações, acesse a programação da Fiesp.

Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável (CEBDS)
Com o apoio da Câmara dos Deputados, Ecocâmara e Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, o CEBDS organiza o “Sustentável 2008 – Governança e Sustentabilidade”, que acontecerá na própria Câmara, no dia 5 de junho. Serão dois painéis que tentarão empregar o conceito de sustentabilidade e transparência na governança, além de buscar soluções para obstáculos durante o processo de adaptação. Entre os palestrantes que farão parte das duas mesas de discussões estão Cristina Montenegro, coordenadora do escritório do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (Pnuma) no Brasil; Lélio Laureti, sócio-fundador do Instituto Brasileiro de Governança Corporativa (IBGC); Joe Sellwood, diretor da Ong internacional Accountability; e Cláudio Abramo, diretor-executivo da Ong Transparência Brasil.

Mais informações no site do CEBDS.

Senac São Paulo
Diversas unidades da rede farão palestras, oficinas, debates e exposições especialmente para a comemoração da semana. A unidade da Lapa, por exemplo, organizou a exposição "Lixo Arte", com peças de arte e artesanato feitos a partir de materiais reciclados. A de Bauru preferiu uma fotográfica, com imagens que ilustrem as “Reservas Naturais e Áreas Degradas”, todas feitas pelos alunos do curso técnico ambiental. Já em Taubaté, a palestra “Meio Ambiente – uma abordagem sobre a situação do mundo atual” será dada por Jackson Pereira dos Santos, pós-graduando em Perícia e Auditoria pela USP.

Para conferir a programação inteira, de todas as unidades, acesse o site do Senac.

Fundação Armando Alvares Penteado (FAAP)
No próprio dia 5 de junho, a Faap promove o seminário “Sustentabilidade 2008 – pensar, sentir e agir”, que apresenta projetos que adotaram medidas eficientes em suas áreas, como o aquecedor solar de baixo custo, programas de educação, “Design Possível” (produtos ecologicamente corretos), “Mucky” (combate ao tráfico de animais) e o “Doutores da Alegria” (projeto com crianças hospitalizadas). O seminário custa R$ 300 e as inscrições devem ser feitas pelo telefone (11) 3662-7449 ou pelo e-mail pos.seminarios@faap.br.

O dia 5 de junho foi escolhido pela ONU para ser a data em que a preocupação com o meio ambiente seja a principal atividade. Criada em 1972, a comemoração foi assinada durante a abertura da Conferência de Estocolmo sobre o tema, junto com uma outra resolução que criava o Programa de Meio Ambiente das Nações Unidas (UNEP, na sigla em inglês).

As celebrações deste ano seguem o slogan “Kick the habit! Towards a low carbon economy” (“Chute o hábito! Por uma economia com baixo carbono”, em tradução livre). A cada ano é escolhido um país base, que sedia as principais atrações. Em 2008, Nova Zelândia será o palco das atividades, já que foi um dos primeiros países a adotar políticas para um futuro neutro de carbono.

O Dia Mundial do Meio Ambiente deste ano vai incentivar as economias e os estilos de vida preocupados com as emissões de carbono, com a promoção de energia eficiente, alternativas energéticas, conservação das florestas e consumo consciente. O objetivo é conscientizar as pessoas para que elas se tornem agentes sustentáveis e promovam atitudes ambientais em suas comunidades.

O site da UNEP ainda disponibiliza 80 ações que se podem fazer para comemorar a data. Adquira produtos artísticos feitos com materiais recicláveis, promova uma corrida de bicicletas, discuta questões ambientais, informe os seus amigos sobre o Dia e torne-se membro de um grupo sobre meio ambiente estão entre as diversas dicas.

Embora o país escolhido para ser a sede das principais atrações seja a Nova Zelândia, aqui no Brasil muitas atividades acontecerão. Palestras, exposições, cursos, ações, tudo acontecerá entre os dias 1º e 7 de junho. Veja algumas indicações e prepare-se!

Greenpeace
A Ong internacional organizou uma exposição itinerante que passará por sete cidades brasileiras: São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Porto Alegre, Salvador, Manaus e Recife. São painéis fotográficos e imagens que demonstram o desmatamento no Brasil desde 1986, com uma projeção do que acontecerá em 2050 caso nada seja feito. O foco das atividades será a Amazônia, por causa do movimento “Meia Amazônia Não”, que luta contra a aprovação do projeto de lei que tramita na Câmara dos Deputados conhecido como “Floresta Zero”. Se aprovado, a área de reserva legal da floresta será reduzida de 80% para 50%. Acesse o site especial para saber mais informações.

Secretaria Municipal do Verde e do Meio Ambiente de São Paulo
Sob o título de “Semana de Gestão Ambiental 08 – meio ambiente é equilíbrio”, a Secretaria do Verde promove diversas atrações. A semana até acontece um pouco antes, com atividades já no dia 31 de maio. Entre elas, estão o Mutirão de Limpeza da Orla da Billings (às 10h, na Prainha do Shangrilá – Bororé) e diversas apresentações culturais, como o Coral Infantil ABSementinha, Tambores de Lá e Samba de Roda do grupo Asé Ylê do Hoozoane (todas na Rua Jackson Pollock – Colônia Paulista, das 17h às 22h)

No dia seguinte, acontece a “Trilha Noturna Sonora no Parque Independência”, em que o público, junto com gestores ambientais, andará por uma trilha à noite e encontrará diversos personagens que tratam sobre os diferentes aspectos da questão ambiental urbana

fonte site:http://planetasustentavel.abril.com.br

Nenhum comentário:

Projeto Parado Falta de Apoio e Patrocinio

Esse projeto social infelizmente esta parado por falta de apoio financeiro, patrocínio, investimento. Temos uma idéia de aplicação porem nad...