terça-feira, 30 de setembro de 2008

Grupo Pão de Açúcar PROGRAMA DE TRAINEES

PROGRAMA DE TRAINEES 2009 DO GRUPO PÃO DE AÇÚCAR - INSCRIÇÕES
TERMINAM 30/09/08

Grupo Pão de Açúcar está com inscrições abertas
para seu programa de trainees.

A empresa busca jovens com gosto por desafios, criatividade e
espírito inovador, visão ampla e diversificada, além de perfil de
liderança, empreendedorismo que possam colaborar com a estratégia de
crescimento e expansão definido pelo Grupo para os próximos anos.

Entre os requisitos necessários, os candidatos devem ter concluído o
nível superior em quaisquer áreas entre os anos de 2006 a 2008, ter
disponibilidade para viagens, idioma inglês fluente e francês
desejável. Habilidade na comunicação e facilidade para trabalhar em
equipe são outros pontos importantes nessa avaliação. Não é
necessária experiência anterior.

O programa oferece 15 vagas incluindo posições em áreas corporativas
sede administrativa e centros de distribuição e lojas (operações). A
seleção dos candidatos ocorre entre os meses de outubro e
dezembro/2008. O início do programa está previsto para janeiro de
2009. Os benefícios contemplam pacote de remuneração agressiva e
grande possibilidade de crescimento.

"Temos um ambicioso plano de expansão para o ano que vem e os
seguintes e queremos formar novas lideranças e profissionais que
desejam desenvolver carreira no varejo", afirma Claudia Elisa,
diretora executiva de RH do Grupo.

Após a seleção e triagem eletrônica dos currículos, recebidos
exclusivamente pelo site www.grupopaodeacucar.com.br, o processo de
seleção passará por outras sete fases: prova on-line, dinâmica de
grupo e entrevistas individuais, avaliação oral de inglês e avaliação
comportamental, além de painel de competências. A última fase traz um
encontro dos finalistas com os principais executivos da empresa em
entrevistas de seleção.

Esta é a segunda edição do programa de trainees do Grupo Pão de
Açúcar. A primeira experiência foi em 2007, quando o Grupo recebeu
mais de 6 mil cadastros - uma relação candidato/vaga de 330. Até o
dia 20, esse número já havia sido superado. "O programa busca
identificar jovens talentos, que serão preparados para atuar nas
diversas áreas da companhia formando um time integrado com o negócio
e com as pessoas que já atuam no negócio, promovendo troca de
conhecimento e inovação", destaca Claudia Elisa. Para isso, a empresa
inclui vivência em várias áreas em sistema de rodízios,
possibilitando um olhar mais generalista de varejo, além de visão
sistêmica, estratégica e crítica sobre o negócio.

Os 18 jovens selecionados há dois anos no 1º Programa de Trainees do
Grupo encerraram o programa de formação com uma viagem dos trainees
para a França, na semana passada. O programa de visitação inclui
visitas às instalações do Groupe Casino e seus diferentes formatos de
lojas promovendo a troca de experiência entre os profissionais da
empresa, sócia do Grupo Pão de Açúcar desde 1999. Essa viagem também
contempla dois dias em Londres, analisando benchmarks internacionais.

Programa de Desenvolvimento

O Grupo Pão de Açúcar possui uma estratégia diferenciada de
capacitação para Trainees. Ao ingressar na companhia, o trainee
participa de um programa de desenvolvimento e capacitação de 10 meses
de duração. Dentre as competências técnicas e comportamentais que
serão trabalhadas, o objetivo é ter pessoas que sejam legítimas
representantes dos Valores, Cultura e Modelo de Líder da companhia.

São 10 meses de imersão no comércio de alimentos e não alimentos com
forte vivência em loja, seguida por integração em todos os
departamentos da empresa, independentemente da área de atuação. Ao
final do programa de formação os jovens serão contratados para cargos
de analistas.

- Integração: Trata-se da primeira etapa do Programa. Tem como
objetivo o alinhamento à visão global do Grupo e a disseminação da
nossa Cultura, Missão, Visão e Valores.

- Conhecimento do Negócio: Nesta etapa o Trainee terá oportunidade de
conhecer os principais processos do Varejo, bem como interagir com as
Unidades de Negócio e principais áreas do Grupo, aprofundando o
conhecimento em Operações/Loja.

- Conhecimento dos Processos: dando continuidade ao processo de
aprendizagem, cada Trainee fará estágios nas áreas corporativas com
roteiro pré-estabelcido para desenvolver uma visão sistêmica do Grupo.

- Acompanhamento e Coaching: reuniões de orientação de carreira,
encontros de aprendizados bimestrais, reuniões de acompanhamento com
RH além de avaliações periódicas.

- Formação Técnica e comportamental: o Trainee participará de um
programa de capacitação técnica (Palestras, Feiras e Congressos,
Cursos Técnicos, Sistemas e Ferramentas, finanças, postura e etiqueta
empresarial, marketing e negociação) para que atue alinhado ao perfil
gerencial da Cia.

- Projeto de Voluntariado: participação em ações de voluntariado /
responsabilidade sócio ambiental do Grupo

- Projetos Aplicativos: o Trainee deverá elaborar um projeto
aplicativo na área final de alocação

- Viagem Internacional: com um roteiro de 5 dias com foco na operação
de loja, formato e sede do Groupe Casino, além de benchmarkings em
Londres

O processo seletivo é gerenciado pela área de Recursos Humanos do
Grupo Pão de Açúcar, com suporte da Consultoria Viva Talentos.

Empresa: GRUPO PÃO DE AÇÚCAR
Fone: (11) 3886-0307
E-mail: adriano.brainer@grupopaodeacucar.com.br
Rec. Humanos
Fax: (11) 3889-0110

PORTADORES DE DISLEXIA

REDE NACIONAL DE PROFISSIONAIS ORIENTA PORTADORES DE DISLEXIA DE
LEITURA NO PAÍS

Especialistas da área de saúde e educação participam de cursos da
Fundação Hospital de Olhos e são capacitados para realização de
testes que identificam os sinais do distúrbio e encaminhamento para
tratamento

A dislexia de leitura deixará de ser um entrave no aprendizado das
crianças brasileiras através da Rede Nacional de Profissionais
Habilitados para a identificação dos primeiros sinais do distúrbio e
encaminhamento para tratamento. A Fundação Hospital de Olhos já
capacitou, por meio de cursos exclusivos, mais de 300 profissionais
da saúde e da educação, de seis estados brasileiros, que compõem
atualmente a rede. Os Cursos de Dislexia de Leitura orientam os
profissionais sobre os transtornos de aprendizagem relacionados à
visão e treinam para a aplicação de uma seqüência de testes que
identificam os principais sinais do distúrbio. Há mais de três anos o
Hospital de Olhos Dr. Ricardo Guimarães e a Fundação Hospital de
Olhos realizam pesquisas e estudos aprofundados sobre os distúrbios
de aprendizagem, que interferem na percepção, no processamento visual
e em outros fatores. "É um problema que acomete mais de 10% da
população e interfere no desenvolvimento dessas pessoas caso não seja
diagnosticado", afirma o oftalmologista Dr. Ricardo Guimarães.

A Rede Nacional de Profissionais Habilitados, chamados de screeners,
proporcionou a formação de multiplicadores da informação sobre a
dislexia e a troca de dados e atualizações sobre o transtorno. A
psicopedagoga Daniela Queiroga, integrante da Rede e participante do
curso, já se deparou, na prática, com quatro casos de crianças com
dislexia. O mais grave foi detectado em um adolescente carente de 16
anos que possui desconforto e dificuldade severa para a leitura e,
por isso, não consegue ser alfabetizado adequadamente. Segundo a
especialista, o maior desafio foi conscientizar a família sobre as
características do distúrbio, as necessidades do garoto e a
importância do tratamento - que tem como base o "Método Irlen", com a
utilização de filtros de absorção seletiva que promovem resultados
imediatos.

"Percebemos, ainda, uma realidade muito séria dentro das escolas, já
que elas não estão preparadas para receber adequadamente esse perfil
de aluno. Por isso, decidimos entrar em contato com a entidade
educativa para orientar os professores e os coordenadores sobre a
melhor forma de acolher o estudante com dislexia de leitura", conta
Daniela.

O próximo Curso de Dislexia de Leitura, que está em sua 4ª edição,
acontece em Belo Horizonte, de 2 a 4 de outubro, no Hospital de Olhos
Dr. Ricardo Guimarães. As inscrições estão abertas e podem ser feitas
pelo site www.dislexiadeleitura.com.br. O público-alvo é formado por
professores, psicopedagogos, psicólogos, especialistas em educação,
fonoaudiólogos, terapeutas ocupacionais e fonoaudiólogos.

A programação inclui orientações sobre a síndrome e a dificuldade de
leitura, de memorização e coordenação motora; as técnicas de
aplicação de testes para diagnóstico; as necessidades de quem convive
com a disfunção, entre outros temas. Além disso, haverá a
apresentação dos resultados obtidos com os pacientes já atendidos
pelo Hospital de Olhos Dr. Ricardo Guimarães.

SERVIÇO:
IV Curso de Dislexia de Leitura
Data: 02, 03 e 04 de setembro
Horário: 08h30 às 18h (Com palestra de abertura no dia 02/10 de 20h
às 22h)
Local: Hospital de Olhos Dr. Ricardo Guimarães
Endereço: Rua da Paisagem 220 - Vila da Serra - Belo Horizonte
Incrições: www.dislexiadeleitura.com.br

01/10 dia Do Idoso

EDIÇÕES SESC SP REGISTRAM, EM QUATRO PUBLICAÇÕES, 45 ANOS DE TRABALHO
PIONEIRO DA INSTITUIÇÃO JUNTO AOS IDOSOS

Mafalda Dato - Exposição "Retrato delas com suas fotos" (SESC Sto.
André - 1 a 30/10). Fot: Tika Tiritilli.

Livros das Edições Sesc SP revelam a busca da instituição por
soluções inovadoras

voltadas ao problema do isolamento do idoso- apontado pelas pesquisas
e especialistas

como uma das principais questões ligadas à esta faixa etária.

A inexistência de uma política de governo para o idoso, as baixas
aposentadorias, o desamparo dos familiares, as dificuldades de acesso
a atividades culturais e de lazer foram alguns dos fatores que
levaram o SESC, na década de 60, a iniciar um trabalho social
pioneiro que criou oportunidade para os idosos ocuparem seu tempo
livre e ampliarem suas relações sociais.

Nesse sentido, as Edições SESC SP - publicações pensadas e
construídas a partir de projetos de largo alcance e com envolvimento
de instituições governamentais, ONGs e editoras - registra este
trabalho por meio dos títulos que reuniram, em livro, iniciativas
relevantes realizadas no âmbito do SESC ao longo de 45 anos. São
eles: Idosos no Brasil: vivências, desafios e expectativas na
Terceira Idade (vários autores - SESC Nacional/Sesc São
Paulo/Fundação Perseu Abramo); O Século da Terceira Idade (SESC SP);
Velhices - Reflexões Contemporâneas (Vários autores - SESC/PUC-SP) Co-
Educações entre gerações (José Carlos Ferrigno/SESC SP).

O estudo inédito Idosos no Brasil: vivências, desafios e expectativas
na Terceira Idade, por exemplo, analisa o fato de que 93% desta
população, cerca de 15 milhões (dados 2006) tem como principal lazer
assistir TV. Esta ampla pesquisa sobre o tema - realizada em parceria
entre a Fundação Perseu Abramo (FPA) e o Serviço Social do Comércio
(SESC Nacional e SESC São Paulo) -, trata de relevantes questões
relacionadas à socialização e às dificuldades de acesso a atividades
culturais e de lazer - fatores que levaram o SESC a ser o precursor
ao formar os Grupos de Convivência e as Escolas da Terceira Idade,
desenvolvendo oportunidades para que os idosos ocupem seu tempo livre
de forma mais instruída.

Esse e outros dados trazem à tona uma reflexão sobre o isolamento
entre as gerações e as segregações no seio de uma sociedade
contemporânea (abordagem intergeracional). O livro Co-educação entre
gerações - tese do psicólogo José Carlos Ferrigno, da Gerência de
Estudos e Programas da Terceira Idade do SESC SP e editor do
periódico A Terceira Idade do SESC SP - parte da premissa da
igualdade de direitos e respeito às diferenças. A publicação traz uma
análise do processo intergeracional, observado a partir da vivência
de jovens professores e seus alunos das Escolas Abertas da Terceira
Idade do SESC SP.

"Como resultado de uma pesquisa feita junto aos freqüentadores do
SESC, verificou-se que as atividades intergeracionais propiciam uma
rica troca de experiências, beneficiando tanto os mais velhos, quanto
os mais jovens. Idosos, adultos jovens, adolescentes, crianças, se
mesclam em oficinas de música, teatro, artes plásticas. Juntos
constroem um produto coletivo e também relações de amizade e de
conhecimento. Os mais velhos transmitem aos moços nossa herança
cultural, os jovens, por sua vez, lhes transmitem novos valores e
novas tecnologias que ajudam o idoso a adaptarem-se a uma sociedade
de aceleradas mudanças", comenta Ferrigno.

A integração do idoso às demais gerações é uma das principais
finalidades da programação pontual e permanente do SESC SP voltada a
esse público. Neste ano, como parte das comemorações do Dia
Internacional do Idoso - 1° de outubro - o SESC SP elabora ações
coletivas que acontecem entre 25 de setembro a 4 de outubro, em São
Paulo (ver programação anexada). Além disso, em seus 45 anos de
funcionamento, o Trabalho Social com Idosos do SESC/SP, mantém uma
programação permanente que incentiva a convivência grupal, o
aprendizado e a reciclagem cultural. O programa SESC Gerações, criado
em 2003, por exemplo, visa promover a interação, a proximidade e a
educação entre as pessoas de idades distintas. "Verifica-se que as
atividades intergeracionais propiciam uma rica troca de experiências,
beneficiando tanto os mais velhos, quanto os mais jovens", explica
Ferrigno.

A publicação O Século da Terceira Idade, com fotos que ilustram as
inúmeras atividades promovidas pelo SESC para a terceira idade,
documenta os 40 anos do SESC em seu trabalho social com idoso e
aponta as perspectivas e previsões para essa população, que, segundo
a ONU (Organizações das Nações Unidas), deve alcançar a casa dos dois
bilhões (algo em torno de 19%) da população mundial. O livro aborda
temas atuais e importantes sobre o lugar do idoso na sociedade. "Há
mais de 40 anos, a entidade percebeu a importância de implementar
ações nessa áreas e, hoje, quando a sociedade se confronta com
questões difíceis sobre a realidade dos idosos no Brasil, o SESC já
apresenta muitas respostas e iniciativa", comenta o presidente do
Conselho Regional do SESC no Estado de São Paulo, Abrahm Szajman.

Velhices - Reflexões Contemporâneas é uma publicação comemorativa dos
60 anos do SESC e da PUC-SP e uma homenagem ao trabalho desenvolvido
pelas duas instituições em favor do idoso e à contribuição de ambas
aos estudos da gerontologia - um campo de estudo que investiga os
fenômenos relacionados com o envelhecimento do ser humano. "O ano de
1996 foi histórico para a consolidação da parceria na área do
envelhecimento entre o SESC e a PUC/SP. Neste mesmo ano, as duas
instituições promoveram o seminário O Brasil e os Idosos:
diagnósticos e perspectivas, no qual importantes estudiosos da
gerontologia produziram férteis reflexões sobre o atendimento ao
idoso em nosso país", comenta o diretor Regional do SESC São Paulo,
Danilo Santos de Miranda. Assim, o SESC - contribui e colabora para o
efeito de uma sociedade brasileira de interesses e responsabilidades
mútuos e inclusiva para todas as gerações.

* Agendamento com as fontes/autores e livros podem ser feitos por
meio do tels.: 55 11 3673 7270 (Litera - Construindo Diálogos).

PROGRAMAÇÃO ITAU CULTURAL

ITAÚ CULTURAL E AFROREGGAE APRESENTAM: ANTÍDOTO - SEMINÁRIO
INTERNACIONAL DE AÇÕES CULTURAIS EM ZONA DE CONFLITO

A partir desta quinta-feira, o Itaú Cultural e o AfroReggae
apresentam o Antídoto - Seminário Internacional de Ações Culturais em
Zonas de Conflito. O evento tem início com a mostra de documentários
CinePerifa, realizada em parceria com a Central Única das Favelas
(Cufa-SP).

Direitos das mulheres, arte na periferia, hip hop e migração estão
entre os temas apresentados. O produtor Anderson Quack marca presença
no primeiro dia do evento em seminário sobre os bastidores da
produção do filme Falcão - Meninos do Tráfico. No sábado, dia 4, os
cineastas Ivan Vale Ferreira, Jeferson De e Toni C participam do
debate A Produção Visual: Quem Produz o Que Para Quem?. O poeta
Sérgio Vaz e o educador Alessandro Buzzo encerram a mostra com o
debate Produção, Cultura e Arte na Periferia.

Conheça a programação completa e veja as sinopses dos trabalhos no
hotsite.

quinta 2

16h às 17h
documentários A Casa Caiu, Carolina e Shame on You

17h30 às 19h
documentário Falcão - Meninos do Tráfico

19h30
debate Os Bastidores e a Produção de Falcão - Meninos do Tráfico

sexta 3

16h às 17h
documentários Direitos Esquecidos: Moradia na Periferia, American
Invisible Backbone, Viva a Lei Maria da Penha! e Rap: O Canto da
Ceilândia

17h30 às 20h
documentários Distraída para a Morte e É Tudo Nosso! O Hip Hop
Fazendo História

21h30
debate A Produção Visual: Quem Produz o que para quem?

sábado 4

16h às 17h
documentários Povo Marcado e Krudas

17h30 às 19h
documentários Quilombolas e Favela no Ar

19h30 às 20h30
documentários Panorama - Arte na Periferia

20h30
debate Produção, Cultura e Arte na Periferia

Itaú Cultural | Avenida Paulista 149 Paraíso (próximo à estação
Brigadeiro do metrô)
informações 11 2168 1777 | www.itaucultural.org.br

imagem: Frame do vídeo Falcão: Meninos do Tráfico/divulgação

Data da inclusão: 30/09/2008 Empresa: ITAÚ CULTURAL
Data do Evento : 02/10/2008 Estado: SP
Fone: (11) 2168-1887
E-mail: roberta-felinto.santos@itaucultural.org.br
ROBERTA FELINTO


__._,_.___

Dia 01/10/2008 às 19:30

QUARTA-CULTURAL

INSTITUTO DE PSICANÁLISE
E
CENTRO CINECLUBISTA DE SÃO PAULO



Palestra:

"PERDENDO QUE SE GANHA"

Palestrante:

PAUL KARDOUS

Psicanalista e Escritor



Tema

Perdendo que se ganha:o desejo em questão.



Não percam, contamos com vocês.



LIGAR CONFIRMANDO PRESENÇA.


Entrada: 1 k de alimento não perecível



Dia 01/10/2008 às 19:30

Tel: (011) 3219-0044

Local: CENTRO CINECLUBISTA - Rua: Augusta, n° 1239 cj. 13/14

Site:www.psicanalise.info

não percam! Quarta cultural no Centro Cineclubista de São Paulo!
Rua Augusta, 1239
Conj 13/14
São Paulo

Vânia Feitosa
Produtora
Cine a Vapor Produções
www.cineavapor.com.br
www.cineclubebr.com.br

Universidade de São Paulo (EESC-USP

Entre os dias 6 e 10 de outubro, será realizada a V Semana da
Engenharia Ambiental (V SEA) na Escola de Engenharia de São Carlos da
Universidade de São Paulo (EESC-USP). Promovido por uma comissão de
alunos do curso de Engenharia Ambiental da entidade e pela Secretaria
Acadêmica Pró-Ambiental (SAPA), esta edição terá o tema "Em busca da
sustentabilidade ambiental".

Em meio a uma grande e crescente preocupação ambiental nos diversos
segmentos da sociedade, o evento tem como objetivo principal debater
a coexistência racional entre o homem e o meio ambiente, sob a óptica
da Engenharia, através da troca de experiências entre estudantes,
pesquisadores, cientistas, profissionais da área e demais
interessados na questão.

Durante a semana, haverá palestras, mini-cursos, visitas técnicas,
além de diversas atividades da SAPA. Serão abordados os seguintes
temas: os desafios da sustentabilidade ambiental, aspectos jurídicos
relacionados à queima da cana-de-açúcar, agricultura sustentável,
gestão ambiental e terceiro setor, sustentabilidade na indústria
química, projeto BEST - BioEtanol para o transporte sustentável,
embalagens biodegradáveis, responsabilidade social, consumo
responsável, reuso de água na indústria, permacultura e construção de
indicadores sócio-ambientais de sustentabilidade, entre outros.

A V SEA será realizada no Anfiteatro Jorge Caron, na sede da EESC-USP
(Av. Trabalhador São-carlense, 400, térreo E-1 - São Carlos/SP). Mais
informações através do site www.eesc.usp.br/sea/sea2008 .

Divulgação: Nicolau Amaral Comunicação
Tels.: (11) 3032.6590 / 3814.5260
Contato: Cecília Araujo / e-mail: cecilia@nacom.com.br
Jornalista responsável: Lívia Aragão - MTB 36430
www.nacom.com.br

SEM TEMPO PARA SER FELIZ - POR SYLVIA ROMANO

A quebra dos bancos americanos, provavelmente, impulsionará o mundo
para uma crise muito pior do que foi o "Crack da Bolsa de 29" do
século passado, quando a grande maioria da população vivia no campo
e, não, nas cidades como hoje. "Grifes", carros, casas,
eletrodomésticos e outros luxos não se comem como, o arroz, o feijão,
o chuchu e o franguinho que alimentaram nossos avós que, em sua
grande maioria, morava em chácaras, sítios e fazendas de outrora.

Os índios pataxós reivindicam terras dos seus antepassados para
permanecerem como velhos bugres, indolentes como sempre foram.
Os "irmãos menos favorecidos" querem continuar recebendo suas "bolsas
esmolas" para também manterem o ócio a que estão acostumados e
acomodados. Os políticos seguem aos berros nos veículos de
comunicação na esperança de serem eleitos e garantirem uma vida mais
segura para si e para os seus "chegados". O tráfico vai muito bem
organizado e continua dando as cartas de dentro das prisões,
aumentando cada vez mais o seu poder, hoje até internacional.

Os bancos, então, nem se fala. Estão cada vez mais ricos e divulgando
seus altos lucros de agiotagem. E os impostos batendo recordes, são
sempre os maiores do mundo. Nosso maior mandatário só viaja e fala,
fala muito, mas ninguém quer saber sobre o que, somente os ignorantes
é que o aplaudem e os medrosos e dependentes das suas "tetas". Os
escândalos econômicos e políticos aparecem todos os dias e são
esquecidos em curto espaço de tempo e servem sempre de cortina de
fumaça para coisas muito piores.

Adolescentes são proibidos de trabalhar, mas podem roubar e procriar,
pois estudar que é bom é difícil, trabalhoso e poucos querem. Os
velhos, estes coitados, é melhor que morram logo, afinal são a grande
causa do prejuízo da previdência.

Enquanto isso, fico pensando no tempo que está passando rápido,
preocupada com os meus, com o mundo e com o futuro de todos nós. Vejo
da minha janela o trânsito, a poluição e a violência da rua. Como
ajudar os miseráveis que encontro em cada sinal? Como fazer para que
os velhos tenham independência e dignidade? Como confiar nos outros e
esperar a ética de todos? Neste novo mundo que vivo, percebo que
quase todos estão sem tempo para ser felizes.
Mas tem uma coisa boa: Chegou a primavera. E logo depois, virá o
verão, as festas, a praia e o carnaval no fim de fevereiro, o que irá
prolongar o tempo de nada acontecer e do nada fazer. Ando pensando
que sou muito errada, sempre trabalhei e muito, mas cada vez mais
acho que só o ócio, o nada pensar e o nada fazer é o que permite o
prazer.

* Sylvia Romano é advogada trabalhista, responsável pelo Sylvia
Romano Consultores Associados, em São Paulo.
Home-page : www.sylviaromano.com.br
E-mail : sylviaromano@uol.com.br

Unifesp promove no próximo dia 4 de outubro, atividade para mostrar

Neste sábado (4), acontece o "Exercitando a Saúde - 1º Encontro de
Promoção da Saúde da Liga Acadêmica de Geriatria e Gerontologia da
Unifesp", em comemoração ao Dia Nacional e Internacional do Idoso. E
convida pessoas com 60 anos ou mais, para se reunir no ginásio da
Atlética da Escola Paulista de Medicina (EPM/Unifesp) para uma manhã
de atividades físicas e orientação nutricional. O objetivo é
incentivar a vida ativa e saudável na terceira idade.

Serão oferecidas avaliações para detectar colesterol, verificação de
pressão arterial, peso, altura e avaliação nutricional.

De acordo com o geriatra Carlos André Freitas dos Santos da Unifesp,
um dos coordenadores da ação, doenças prevalentes na terceira idade,
como diabetes, hipertensão arterial, osteoporose, síndrome
metabólica, problemas cardiovasculares, males da tireóide, depressão
e demência, têm impacto negativo na qualidade de vida dos idosos e,
como conseqüência, na de suas famílias. "No entanto, essas doenças
podem ser controladas e até prevenidas quando o idoso tem um
histórico de vida relacionado à prática de exercícios físicos
regulares e nutrição completa e balanceada", afirma o geriatra.

O evento tem apoio da Support Advanced Medical Nutrition.

As inscrições são gratuitas e devem ser feitas no local.

Recomenda-se que os participantes não estejam em jejum e façam o uso
de roupas leves e tênis.

"Exercitando a Saúde - 1º Encontro de Promoção da Saúde da Liga de
Graduação Geriatria e Gerontologia da DIG G/UNIFESP"

Inscrições gratuitas no local

Data: 04 de outubro de 2008
Horário: 9h às 12h
Local: Associação Atlética Acadêmica Pereira Barretto (A.A.P.B.)

Endereço: Rua Pedro de Toledo, 844 - Vl.Clementino - SP

Sacolas Ecologicas, Sacolas Retornáveis, Eco bag


Você já reparou com quantas sacolas plásticas a gente volta pra casa depois de uma ida ao supermercado, à padaria, ao shopping? Elas são um problema ambiental muito sério.

Em Joinville, as padarias dão desconto para quem dispensa sacola de plástico.

É muita sacola mesmo. Em um mês, nós, brasileiros, usamos um bilhão de sacos plásticos. E um bilhão por mês significa que, em 10 minutos, foram consumidos mais de 23 mil saquinhos só no Brasil. E o pior: o Brasil parece assistir passivo ao desastre, enquanto países já reagem.

O governo chinês quer mudar a imagem de um dos países mais poluidores do mundo. O primeiro vilão a ser derrotado já foi escolhido: os sacos plásticos.A partir de 1º de junho, lojas e supermercados não poderão mais oferecer sacos plásticos gratuitamente. E fica proibido também fabricar, vender e usar sacolas plásticas muito finas, aquelas que de tão fininhas não podem ser recicladas. A decisão radical surpreendeu. Mas a China está apenas seguindo uma tendência internacional.

Em 2002, a Irlanda passou a taxar as sacolas plásticas. Em um ano, o uso caiu mais de 90%. Na Alemanha e na França, só recebe sacola plástica na loja quem paga por ela. Na África, Ruanda, Quênia, Tanzânia e África do Sul, proibiram o uso de sacolinhas plásticas.

Enquanto isso, no Brasil...

Aí é que está o problema! Só 20% dos plásticos são reciclados no Brasil. O resto? Bom, o resto está aí, poluindo os mares e matando peixes, boiando nos rios e entupindo bueiros. Acredita-se que o plástico leve até dois séculos ou mais para se decompor.

O lixo que a gente produz fica aqui. Não evapora, não vai para Marte, não vai para a Lua. Fica aqui. E se não é degradável, é uma tragédia.

E o plástico biodegradável? O que é isso?
É um produto que se degrada por ação de microorganismos vivos e, portanto, ele deixa de existir para se transformar em moléculas menores que não prejudicam o meio ambiente.

No Brasil, já existe tecnologia para a fabricação de plástico biodegradável. Existe até uma usina fabricando matéria-prima, no município de Serrana, pertinho de Ribeirão Preto, interior de São Paulo. Lá, a cana vira açúcar, e o açúcar vira plástico biodegradável.

Se for colocado no lixo, em até 180 dias ele desaparece totalmente, se transformando em gás carbônico e água, garante o fabricante de plástico biodegradável.

Mas, por enquanto, tudo o que a usina produz vai para o exterior. No Brasil, ainda usamos o velho plástico, aquele feito do petróleo, que leva séculos para se degradar.

Alguns anos atrás, apareceu no mercado aquilo que parecia ser a solução do planeta. Você já ouviu falar no chamado plástico oxibiodegradável? Ele também vem do petróleo. Em menos de um ano, o plástico exposto ao sol vira pó. Mas logo surgiram críticas, dizendo que o produto não se biodegrada. Ele apenas faz o plástico virar pó – um pó cheio de metais pesados.

Esta é uma grande falácia, um grande engodo. Quando você fala em biodegradável, você pensa que se desmancha no ar, desaparece na natureza. Isso não é verdade.

Benefícios do uso da sacola retornável

Além de você se tornar um consumidor do Século XXI, com responsabilidade ambiental, você encerra sua atividade de plastificador do planeta (cada família com 4 pessoas polui o planeta com mais de 1.000 sacolas plásticas por ano).

Ao utilizar 1 sacola retornável você deixa de utilizar aproximadamente 500 sacolas por ano.

Você economiza recursos naturais e energia para a fabricação de bilhões de sacolas plásticas todos os anos.

Ao adquirir as sacolas retornáveis você está ajudando a neutralizar suas emissões de carbono.

A produção de sacolas plásticas e a dos demais produtos que consumimos diariamente emitem carbono, que é um gás do efeito estufa, que está aumentando a temperatura da terra.


Esse aumento de gases causa temperaturas mais altas, que por sua vez provocam derretimento de geleiras, mudanças nas épocas de chuvas, queda na produção de alimentos, secas, fome.


Espalhe esta idéia, só utilize e incentive seus amigos e parentes a utilizarem sacolas retornáveis ao fazerem compras.


A soma destas pequenas ações é que farão a diferença na preservação do nosso planeta.


Eu já comprei a minha!!!!

fontes:
http://lugodoy.blogspot.com/2008/04/voc-j-reparou-com-quantas-sacolas.html
http://sacolas-ecologicas.blogspot.com

Chegou o portal de Vídeos para Crianças. 100% Seguro!

Chegou o Youtube para Crianças. 100% Seguro!

Não deixe de conhecer o novo espaço de vídeos especialmente feito para crianças.

* 100% Seguro.
* 100% Gratuito.
* Vídeos Selecionados.
* Diversão Garantida e com Toda a Segurança.

Acesse já essa novidade:

http://www.PortalVideoKids.com.br



.:: Diversão segura é aqui! .::

www.PortalVideoKids.com.br

segunda-feira, 29 de setembro de 2008

Monitores para informática

O INSTITUTO VIVENDO GERUS continua cadastrando monitores para curso de informática básica para pessoas idosas.

O cadastro destina-se a aproveitamento em projetos para 2009, entretanto haverá uma turma piloto ainda em 2008.

Aguardamos os interessados na segunda-feira, dia 29, às 18 horas para entrevista coletiva.

Endereço: Rua Bento Lisboa, 184 sala 316 - Catete - Rio de Janeiro-RJ


grata

Maria Jose Ponciano
vivendo@vivendo.org.br

Biblioteca digital,

Biblioteca digital, desenvolvida em software livre, mas que está prestes a ser desativada por falta de acessos.
Imaginem um lugar onde você pode gratuitamente:

· Ver as grandes pinturas de Leonardo Da Vinci ;
· Escutar músicas em MP3 de alta qualidade;
· Ler obras de Machado de Assis ou a Divina Comédia;
· Ter acesso às melhores historinhas infantis e vídeos da TV ESCOLA
· e muito mais....

Esse lugar existe!

O Ministério da Educação disponibiliza tudo isso,basta acessar o site:

www.dominiopublico.gov.br

Só de literatura portuguesa são 732 obras!

Estamos em vias de perder tudo isso, pois vão desativar o projeto por desuso, já que o número de acesso é muito pequeno. Vamos tentar reverter esta situação, divulgando e incentivando amigos, parentes e conhecidos, a utilizarem essa fantástica ferramenta de disseminação da cultura e do gosto pela leitura
.

Vivendo Num Ambiente Sem Poluição

Livro:

Vivendo Num Ambiente Sem Poluição

Autora: Ana Cecília Petta Roselli Marques
Editora: Moderna


Experimentar o cigarro de tabaco é um dos comportamentos de risco mais temidos hoje pelos profissionais de saúde, pois a nicotina contida no cigarro, é uma substância com grande e rápida capacidade de desenvolver dependência.

No Brasil, a experimentação do cigarro é acompanhada com a da bebida alcoólica, drogas ilegais para menores de 18 anos. As duas drogas podem ser obtidas por um preço muito baixo, o acesso a elas não é controlado e a cultura vigente, extremamente permissiva, reforça o consumo.

Para muitos jovens, fumar é o passaporte para a maioridade, outros, entretanto, são mais amadurecidos e acreditam nos malefícios que podem acontecer com o uso do tabaco para quem fuma e para quem é fumante passivo também. A dependência é uma doença crônica e recorrente e, portanto, é melhor prevenir do que remediar.

A leitura do livro traz a dialética do uso e da prevenção, da informação e do preconceito. Aos pais e professores cabe informar e esclarecer os fatos para que os próprios alunos formem sua opinião e tomem sua decisão, assim que prontos para isto. Cabe a eles além de deixar clara a idéia de que os jovens devem evitar o primeiro cigarro, manter a monitorização afetiva é imprescindível.

Ana Cecilia Petta Roselli Marques

Doutora em Ciências pela Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)

Médica Psiquiatra e Pesquisadora da Unidade de Álcool e Drogas (UNIAD) da UNIFESP

Coordenadora do ambulatório de tratamento para fumantes TRATFUMO

Presidente da Associação Brasileira de Estudos de Álcool e outras Drogas (ABEAD) 2003-2005

Membro do Conselho Consultivo da ABEAD

Atual Coordenadora do Departamento de Dependência da Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP) 2007-2009.


Autor: Ronaldo Laranjeira
http://www.uniad.org.br/bloguniad/DEFAULT.ASP?IDPOST=2013

As abelhas

O maior exemplo de desapego vem das abelhas. Após construírem a colméia, abandonam-na.
E não a deixam morta, em ruínas, mas viva e repleta de alimento. Todo mel que fabricaram além do que necessitavam é deixado sem preocupação com o destino que terá. Batem asas para a próxima morada sem olhar para trás. Na vida das abelhas temos uma grande lição.
Em geral, o homem constrói para si, pensa no valor da Propriedade, tem ambição de conseguir mais bens,
sofre e briga quando na iminência de perder o que "lutou" para adquirir.
"Onde estiver nosso coração, ali estarão nossos tesouros..."
Assim, não pode haver paz quando pensamentos e sentimentos prendem o ser ao que ele julga sua propriedade. Essa teia não o deixa alçar vôo para novas moradas. E tal impedimento ocorre em vida
ou mesmo após a morte, quando um simples pensamento como "Para quem vai ficar a minha casa?" é capaz de retê-lo em uma etapa que já podia estar superada. Mas as abelhas fabricam o próprio alimento sem nada destruir e, ainda, doam a maior parte dele.
A lição das abelhas vem do seu espírito de doação. Num ato incomum de desapego, abandonam tudo o que levaram a vida para construir. Simplesmente o soltam, sem preocupação se vai para um ou para outro.
Deixam o melhor que têm, seja para quem for - o que é muito diferente de doar o que não tem valor ou de dirigir a doação para alguém da nossa preferência.
Se quisermos ser livres, se quer parar de sofrer pelo que temos e pelo que não temos, devemos abrigar em nós um único desejo: o de nos transformar. O exercício é ter sempre em mente que nada nem ninguém nos pertence,
e que devemos soltá-las. Assim, quando alguém ou algo tem de sair de nossa vida, não alimentamos a ilusão da perda, e sim visão mais ampla.
O sofrimento vem quando nos fixamos a algo ou a alguém. O apego embaça o que deveria estar claro :
por trás de uma pretensa perda está o ensinamento de que há algo maior para nosso crescimento.
E se não abrimos mão do velho, como pode ter espaço para o novo???

sexta-feira, 26 de setembro de 2008

Tricoteiras solidárias



O que mais me chama a atenção no bom sentido é que se todos em geral qualquer ser humano, quiser ajudar ao próximo na maneira que pode, no que tem ao seu alcance, com seus dons de trabalho, de conhecimento e habilidades, muitas instituições não estariam passando por tantas necessidades atuais.
Exemplo disso são as Tricoteiras Solidárias um grupo que disponibliza seu dom de Trico em montar mantas para serem doadas e arrecadar valores para instiuições que são selecionadas para ajuda.
São pessoas anônimas como elas que unidas são muito em valor.

conheça o blog:
http://tricoteiras-solidárias.blogspot.com

quinta-feira, 25 de setembro de 2008

Dia do Mackenzie Voluntário

Olá,

O que você vai fazer no dia das crianças?

Que tal se unir ao Rotaract clube Mackenzie e no "Dia do Mackenzie Voluntário" ir à Casa Taiguara dar uma "nova cara" no ambiente?
No dia 11 de outubro (sábado), das 8hs as 18hs na unidade da Casa Verde (rua Horacio Vergueiro Rudge, 440, Casa Verde, São Paulo) faremos nosso "extreme makeover: ong edition" pintando e decorando todos os ambientes da casa.

As Casas Taiguara há 12 anos acolhem crianças de rua dia e noite na cidade de São Paulo e contam com a ajuda de doações para continuar realizando o trabalho.
Participe fazendo uma doação através de nosso site: www.casataiguara.org.br

Não esqueça de se inscrever como voluntário no site: www.diamackenzievoluntario.com.br para ganhar sua camiseta!

Contamos com você!

Ana Camila

Para mais informações: (011) 2592-1828
EMAIL: camila@casataiguara.org.br

http://www.mackenzie.br/mackenzievoluntario.html

As Casas Taiguara há 12 anos acolhem crianças de rua dia e noite na cidade de
São Paulo.
O trabalho da ong é fundamental para a inclusão social do jovem à sociedade dandos lhes a oportunidade de realizar seus sonhos.

Após visita às Casas Taiguara vimos que podemos contribuir dando uma “cara nova” a unidade da Casa Verde
As principais metas desse projeto são:

Pintura externa e interna da casa;
Armários para melhor organização do ambiente;
Reforma do salão que será utilizado para atividades recreativas e educacionais;
Reposição de peças quebradas;
Conscientização sobre cuidados pessoais;
Envolver os jovens nas atividades diárias da casa, como parte do processo de reinserção social;
Plantio de flores e plantas no jardim.

Captação de recursos
Esta fase compreende o período de 25 agosto a 06 de outubro em que empresas de construção, paisagismo e a comunidade serão convidadas a integrar o projeto na qualidade de parceiras, através da doação de:
material de pintura e tintas
mudas e sementes de plantas e flores;
material de jardinagem;
profissional para orientar os trabalhos;
roupa de cama, mesa e banho;

Os voluntários deverão se inscrever no site http://www.diamackenzievoluntario.com.br
para ganhar a camiseta que será usada no dia do evento.



As empresas patrocinadoras terão o logotipo impresso numa revista especial feita pela universidade.

O trabalho será realizado no
dia 11 de outubro
das 8hs às 18hs.


Rua Horacio Vergueiro Rudge, 440
Casa Verde.


MATERIAIS NECESSÁRIOS

2 latas de 18 litros de tinta látex verde para pintar a fachada.
18 litros de tinta látex branca para pintar a sala de recreação e a sala.
15 Rolinhos de lã.
6 bandejas plásticas.
12 pincéis grossos.
4 Bisnagas para colorir a tinta látex nas cores (vermelho, amarelo, azul e preto).
2 lata de 3,6 litros de tinta esmalte branco fosco.
1 lata de thinner.
Luvas descartáveis.
Jornal velho.
18 litros de tinta látex branca para pintar os quartos, corredor e parede da escada.

Seguro contra o amanhã

Evaldo Costa

Você tem seguro contra o amanhã? Os benefícios dele serão compensadores? Quando você o usufruirá? A grande maioria das pessoas que conheço tem muita preocupação com futuro, mas poucos são os que fazem algo eficaz torná-lo memorável. Conheço uma dúzia delas que se diziam preocupadas com a aposentadoria, mas viviam segundo o lema “deixa a vida me levar, vida leva eu...”.

Infelizmente, nem todas elas conseguiram a tranqüilidade tão almejada. Uma que pensava acumular dinheiro e acumulou uma grande fortuna, esqueceu-se da saúde e agora está deixando tudo nos hospitais e farmácias. Um outro, um pouco mais vaidoso, preocupava-se com o sucesso pessoal e está sempre em evidência na mídia, esqueceu-se dos filhos e agora está às voltas com uma família desestruturada. Um terceiro teve uma vida boêmia e agora vive com muitas dificuldades e sofre abandono até dos filhos.

Mas, afinal de contas, se é certo que a velhice vai chegar, como prevenir para viver feliz a última etapa da vida? Não creio existir receita de bolo, no entanto, penso que o primeiro passo é admitir que a vida do idoso pode ser melhor do que a juventude. A segunda é que tudo depende das escolhas que você fizer agora e a terceira é criar planos e agir para viver sempre melhor.

Alguns anos atrás, eu dava aula na graduação do curso de Administração de Empresas em uma importante universidade carioca. Havia mais de 60 alunos na turma, a grande maioria jovem. Porém, na primeira fila sentava-se um senhor de 68 anos, chamado Isidoro. Depois de tantos anos não consigo me lembrar de seu sobrenome, mas não poderia esquecer o que ele disse a um colega de turma que tinha idade para ser seu neto.

O Sr. Isidoro nunca faltou uma única aula e chegava sempre cedo na classe. Eu costumava chegar em sala uns 15 minutos antes, para colocar na lousa os principais tópicos a serem evidenciados e ele já ocupava o seu lugar na primeira fila. Como era muito simpático e interessado eu sempre permitia que ele preenchesse a pauta. Ele gostava tanto dessa atividade que nem esperava eu pedir, ia direto em minha mesa, apanhava a pasta e tão logo esgotasse as explanações ele fazia a chamada e registrava tudo com enorme interesse e seriedade.

Nos dias de entrega de prova, a primeira parte da aula era destinada à revisão e resolução das questões aplicadas. Numa dessas ocasiões, enquanto eu atendia alguns pedidos de revisão, ouvi o seguinte diálogo entre um jovem e o Sr. Isidoro:
Jovem: “O que o Sr. está fazendo aqui. O senhor está aposentado e com situação financeira confortável. Só anda de carro do ano. O que mais querer da vida Sr. Isidoro?”.
Sr. Isidoro: “Filho, eu tenho 68 anos. Se eu viver até os 88, terei 20 anos pela frente, você acha que vou ficar todo esse tempo estacionado no sofá de minha sala?

O Sr. Isidoro provavelmente sabia que o nosso futuro está em nossas mãos. Sabia o quanto é importante ter planos e persegui-los para conquistar o que mais desejamos. Eu não acompanhei o restante da conversa, mas ficaria feliz se o Sr. Isidoro dissesse a ele que muita gente de destaque conseguiu as suas maiores conquistas no último terço de suas vidas. Foi assim com Michelangelo, que aos 66 anos começou a sua memorável obra de arte no teto da basílica de São Pedro; Mahatma Gandhi, que começou a liderar o movimento de independência da índia, aos 72 anos; Mário Quintana, que recebeu o prêmio – Machado de Assis da ABL – certamente o mais importante de sua carreira, aos 76 anos; Agatha Christie que morreu na casa dos 80 anos escrevendo novelas; Winston Churchill, que se tornou primeiro-ministro do Reino Unido, aos 66 anos; Abrahan Lincoln que se tornou presidente dos Estados Unidos aos 52 anos e entre tantos outros.

Talvez, o grande segredo seja viver abundantemente e produtivamente cada dia de nossa vida, buscando a felicidade em cada ato, de forma a ficar mais velho sem jamais envelhecer. De uma coisa podemos ter certeza, o seguro que tanto necessitamos para garantir uma vida inteira de felicidade já existe no interior de cada um de nós. Se decidirmos que vamos ser felizes ao envelhecer e agirmos nessa direção, seremos. Porém se acreditarmos que a nossa vida depois da aposentadoria será pior, ela, fatalmente, será. E quanto a você: está em dia com a sua apólice de seguro contra o amanhã?

Pense nisso e ótima semana.
fonte:
http://www.rh.com.br/ler.php?cod=5164&org=1

terça-feira, 23 de setembro de 2008

CONGRESSO NACIONAL SOBRE CÂNCER INFANTO-JUVENIL

Faltam 10 dias para encerrar as inscrições para o congresso nacional
sobre câncer infanto-juveni

Sintomas, principais tumores, avanços no tratamento, pesquisas e o
atendimento hospitalar são alguns dos temas

Os interessados em participar do XV Congresso Nacional de Voluntários
e Instituições de Apoio à Criança e ao Adolescente com Câncer
(CONVOCC) têm até dia 3 de outubro para se inscrever. O evento é
destinado a profissionais da área de saúde, voluntários, estudantes e
representantes de instituições de todo o País. O congresso ocorre de
9 a 11 de outubro no Maksoud Plaza, em São Paulo, com organização do
Grupo de Apoio ao Adolescente à Criança com Câncer - GRAACC, que
espera receber mil participantes.

A programação do evento inclui palestras e mesas-redondas com médicos
especialistas em câncer infanto-juvenil, apresentações de projetos e
cases de sucesso. Os interessados podem se inscrever pelo site
www.convocc.com.br. O valor das inscrições é de R$ 150,00.

No evento também terá uma feira com produtos feitos por adolescentes,
mães e voluntários de 15 entidades de apoio à criança e ao
adolescente com câncer - a entrada neste espaço é gratuita e o
interessado não precisa estar inscrito no Congresso.

SAÚDE DE STO. ANDRÉ DISCUTE VIOLÊNCIA FÍSICA OU PSICOLÓGICA CONTRA

Nos próximos seis meses, a Secretaria de Saúde de Santo André vai
discutir com os jovens
do ensino médio da cidade ações preventivas de
Bullying, termo inglês utilizado para descrever atos de violência
física ou psicológica, intencionais e repetidos, praticados por um
indivíduo (bully ou "valentão") ou grupo de indivíduos com o objetivo
de intimidar ou agredir pessoas incapazes de se defender. Entre as
ações de Bullying na escola estão colocar apelidos, ofender, gozar,
humilhar, fazer sofrer, discriminar, excluir, isolar, ignorar,
intimidar, perseguir, assediar, aterrorizar, amedrontar, tiranizar,
dominar, agredir, bater, chutar, empurrar, ferir, roubar e quebrar
pertences.

Trata-se do projeto "Bulindo com as escolas... bate-papo sobre
autocuidado e diversidade", criado a partir de levantamento da
Secretaria de Saúde com jovens entre 15 e 24 anos, em que o Bullying
foi identificado como uma das principais causas de violência nesta
faixa etária. Com essa informação e com apoio do governo federal, a
Secretaria de Saúde de Santo André organizou ações de prevenção do
Bullying no interior das escolas e uma dupla de educadores foi
designada especificamente para intensificar o trabalho neste
semestre. A dupla vai atuar em 11 escolas de ensino médio,
primeiramente com todos os professores e, depois, com grupos de
alunos multiplicadores de saúde.

Inicialmente, os educadores estarão nas escolas conversando com
alunos e professores nas seguintes datas: dia 23/09, às 16h45 (Escola
Estadual Prof. Júlio Pignatari), dia 29/09, às 12h30 (Escola Estadual
Prof. Celso Augusto Daniel), dia 02/10, às 19h (Escola Estadual Prof.
Edvaldo Perássi), dia 08/10, às 13h (Escola Estadual Profa. F. Helena
Fúria II), dia 10/10, às 11h (Escola Estadual Prof. João Baptista
Marigo Martins), dia 16/10, às 17h (Escola Estadual Profa. F. Helena
Fúria II).

Serviço: projeto "Bulindo com as escolas... bate-papo sobre
autocuidado e diversidade".

Data: até fevereiro 2009
Local: escolas do ensino médio de Santo André
Informações: 4433-3055 (Secretaria de Saúde)

segunda-feira, 22 de setembro de 2008

Atitude Consciente Voto responsável

As eleições estão aí. É mais do que hora de refletir e decidir para quem vai seu voto. E não há melhor forma de acabar com a dúvida do que buscar informações sobre a trajetória dos candidatos. Entre os grupos que trabalham neste sentido, ajudando os cidadãos a se esclarecerem, está a ONG Transparência Brasil, instituição fundada em abril de 2000 por indivíduos e organizações não-governamentais.

Buscando combater a corrupção, a Transparência alerta para o quadro sócio-político no qual o Brasil se encontra. Com quase 200 milhões de pessoas, nosso país é o maior da América Latina e um dos maiores do mundo. Seu PIB corresponde à metade de toda a América Latina e o Caribe, exceto o México. Contudo, sua numerosa população o coloca em posição pouco privilegiada no que tange ao PIB per capita. Nosso índice de Gini (que mede o grau de desigualdade na distribuição de indivíduos segundo a renda domiciliar percapita) é um dos piores: os 20% situados no topo da pirâmide de renda são responsáveis por mais de 60% do consumo total, ao passo que os 20% inferiores consomem apenas 2,5%, segundo dados da Transparência.

Para que seu objetivo seja cumprido, a entidade prioriza a realização de levantamentos empíricos sobre a incidência da corrupção em diferentes esferas. O monitoramento é realizado por meio de ferramentas de Internet, que estão disponíveis em páginas como Deu no Jornal (atualizado diariamente, com noticiário publicado em 63 jornais e revistas de todo o país, sobre sobre corrupção e controle).

Com a campanha pelo Voto Consciente, a ONG Transparência visa a dar ênfase à importância de se ter plena consciência na hora de apertar o “confirma”. Uma vez que a maioria da população não pesquisa o passado dos candidatos, frequentemente são reeleitos políticos corruptos. Considerando que “a corrupção custa caro para o país e muito mais caro para nossa gente”, a Transparência Brasil aposta também em cartilhas.

Votar, cobrar e participar
Com o objetivo de acompanhar o desempenho dos vereadores nas Câmaras Municipais, o Movimento Voto Consciente é uma entidade cívica e apartidária formada por voluntários. O Movimento quer mostrar ao cidadão seus deveres na democracia: Votar, Cobrar e Participar.

Com a crença na importância do voto consciente e na necessidade de cobrar e acompanhar o trabalho dos representantes políticos, eleitos pelos cidadãos, os voluntários do Movimento Voto Consciente passaram a seguir diariamente as atividades do vereadores em São Paulo e marcaram presença na discussão e elaboração da Lei Orgânica do Município de São Paulo, que obriga a publicação mensal, pela Internet, da execução orçamentária do maior município brasileiro. Com isso, hoje já é possível acompanhar os projetos em votação no Congresso e os trabalhos das comissões na Câmara e no Senado.

Opções para se informar, não faltam. Critérios para realizar uma avaliação minuciosa são encontrados no Guia do Voto Responsável, disponível para download. O site do Tribunal Superior Eleitoral apresenta pesquisas eleitorais, dados sobre gastos com as campanhas e a relação de todos os candidatos.

Em entrevista ao Portal do Voluntário em 2006, Miguel Darcy de Oliveira, Presidente do Instituto de Ação Cultural (IDAC) e membro do Conselho Diretor da Comunitas, falou sobre democracia, voluntariado e participação. Na opinião dele, enquanto surgem novos espaços para o debate e para a formação de opiniões, as pessoas tornam-se cada vez mais informadas e participativas. Pensam pela própria cabeça e agem na sociedade, virando matéria-prima de uma democracia mais viva e substantiva. Este é o tempo de ações inovadoras, criativas e independentes, como a Wiki Política e o Open Democracy. Das propostas defendidas durante o mandato até os gastos em campanhas anteriores e os processos sofridos na Justiça, as mais diversas informações sobre candidatos estão hoje disponíveis a qualquer cidadão, na internet.

fonte:
http://www.portaldovoluntario.org.br/site/pagina.php?idconteudo=994

O Prêmio Professores do Brasil

Prêmio Professores do Brasil, em novo formato, abre inscrições para educadores de todo o Brasil

Localidade: -

O Prêmio Professores do Brasil, reconhecida iniciativa do MEC, na valorização dos educadores brasileiros se renovou e nesta terceira edição contemplará professores de todo o cliclo da educação básica – do ensino infantil ao médio. Dois novos parceiros se juntam à Fundação Bunge e Fundação Orsa na realização do prêmio: Instituto Votorantim e Instituto Pró-Livro. Completam ainda a rede de apoiadores o Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed), União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime) e as organizações das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) e dos Estados Ibero-Americanos.

As inscrições estão abertas até 24 de outubro e a ficha de inscrição e regulamento estão disponíveis nos sites do Ministério da Educação , da Fundação Bunge , da Fundação Orsa , do Instituto Pró-Livro e do Instituto Votorantim.

SUA VIDA, SUA DECISÃO - 26 DE SETEMBRO, DIA MUNDIAL DA PREVENÇÃO DA GRAVIDEZ NA ADOLESCÊNCIA

Dados do Ministério da Saúde mostram que pelo menos 01 em cada quatro
mulheres que dão à luz no Brasil tem menos de 19 anos. Pesquisa
realizada pelo Portal Educacional revela que o maior medo dos
adolescentes é a gravidez indesejada.

No dia 26 de setembro mais de 70 países da Europa, Ásia e América
Latina participam do Dia Mundial da Prevenção da Gravidez na
Adolescência 2008 que tem como tema "Sua Vida, Sua Decisão". A data é
promovida por organizações não-governamentais e sociedades médicas
internacionais com o patrocínio mundial da Bayer Schering Pharma. No
Brasil, a iniciativa conta também com o apoio da FEBRASGO (Federação
Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia) e do Canal
Futura, além de Sandra Werneck, diretora do longa-metragem "As
Meninas" -filme sobre a história de três jovens grávidas -, e do
psiquiatra Jairo Bouer, especializado em sexualidade e comportamento
na adolescência. O site da campanha é www.vivasuavida.com.br

Durante o Dia Mundial da Prevenção da Gravidez na Adolescência, mais
de 200 jovens vestidas com a camiseta da campanha percorrerão os
principais bairros de São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba, Belo
Horizonte e Salvador, passando por portas de escolas e faculdades,
estações de metrô, entradas de shopping e estabelecimentos comerciais.
Serão distribuídos 195 mil cartões postais e 50 mil folhetos
informativos com mensagens de conscientização para o tema. Além disso,
haverá palestras simultâneas em diversas escolas para sensibilizar os
adolescentes sobre o assunto. "É importante alertar os jovens para o
tema, pois assim eles estarão habilitados a fazer escolhas conscientes
sobre os métodos contraceptivos e como evitar a gravidez não
planejada", afirma o psiquiatra Jairo Bouer. "Hoje as mulheres
enfrentam pressões e desafios ao lidar com relacionamentos e
sexualidade, mas quando se trata de contracepção e prevenção de
doenças sexualmente transmissíveis a mensagem é simples: é a sua vida,
é o seu corpo e a escolha é sua", completa Jairo.

De acordo com o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística)
o número de adolescentes que tiveram filhos aumentou nos últimos dez
anos. Em 1996, 6,9% das garotas de 15 a 17 anos já eram mães. Esse
número aumentou para 7,6% em 2006. "É um dado preocupante, pois essa é
a única faixa etária em que a taxa de fecundidade aumentou", comenta o
ginecologista Nilson de Melo, presidente da FEBRASGO. De acordo com o
especialista, a gravidez na adolescência traz sérias conseqüências,
principalmente para as garotas, pois gera impacto físico, emocional,
familiar e social. "Cada vez mais, meninas ainda mais novas ficam
grávidas gerando e perpetuando a desestrutura familiar e social",
comenta a cineasta Sandra Werneck. "Ao divulgar o tema, trazemos à
tona uma questão fundamental e básica na formação do país que é a
importância do planejamento familiar", completa Sandra.

A campanha 2008 criada para a data comemorativa visa oferecer
informações para que os casais possam exercer a sexualidade de forma
consciente e responsável, entendendo a importância do momento adequado
para engravidar, além do período entre uma gravidez e outra. "O
desenvolvimento da sociedade depende de um bom planejamento familiar,
pois não se trata só de evitar a gravidez, mas sim de aumentar os
cuidados com a saúde", destaca José Bento, ginecologista e obstetra
dos hospitais Albert Einstein e São Luiz, especialista que também
apóia a campanha.

Patrocinada mundialmente pela Bayer Schering Pharma, a campanha é
realizada pela agência global de saúde reprodutiva e sexual, Marie
Stopes International (MSI), a Sociedade Européia de Contracepção
(ESC), o Centro Latino-americano de Saúde da Mulher (CELSAM), Conselho
sobre Contracepção Ásia/ Pacífico (APCOC) e a Federação Internacional
de Ginecologia Infantil e Juvenil (FIGIJ). Mais informações nos sites
www.vivasuavida.com.br, www.your-life.com, www.celsam.org e
www.programa-ato.com.br

Estatísticas

Pesquisa recente realizada pelo Portal Educacional com 6,3 mil jovens
de 13 a 17 anos, de 60 escolas particulares de todo o País, mostrou
que o maior medo dos jovens que já fazem sexo é a gravidez indesejada.
Apesar do receio e do acesso à informação, 43% deles já haviam se
preocupado com a possibilidade de uma gravidez. Entre as garotas esse
índice é ainda mais alto (63% delas já imaginou que pudesse estar
grávida) e quase 6% daquelas que têm vida sexual ativa ficaram grávidas.

Dados do Ministério da Saúde mostram que 40% das adolescentes que dão
à luz voltam a engravidar em até três anos. A maioria das gestações
acontece entre as garotas de famílias mais pobres que têm menos acesso
aos serviços de saúde. Pelo menos uma em cada quatro mulheres que dão
à luz no País tem menos de 19 anos. Em cada grupo de mil garotas de 10
a 19 anos, quase 100 já tiveram filhos. Esse é um índice superior a
média mundial de 50 nascimentos entre cada mil adolescentes. Essa taxa
é maior do que a de países como Sudão, Iraque e Índia.

Estudo da ONU (Organização das Nações Unidas) com mais de 10 mil
brasileiros de 15 a 17 anos mostra que 56% dos jovens que abandonaram
a escola são garotas. Um quarto delas parou de estudar por conta da
gravidez precoce. Isso torna a gravidez na adolescência a maior causa
de evasão escolar entre as meninas que deveriam estar no Ensino Médio.
Mais de 300 mil garotas nessa idade dão à luz por ano no Brasil.

CRISTINA IGLECIO

São Paulo - Vagas são oferecidas nas áreas de exatas e humanas e exigem inglês intermediário e bons conhecimentos de informática.

Universitários e estudantes do nível técnico podem se inscrever até o dia 28 de setembro no programa Geração Oi, que irá selecionar 250 jovens para atuarem como estagiários da companhia.

Para concorrer à vaga, o estudante precisa possuir inglês intermediário, conhecimentos de informática e formatura prevista entre dezembro de 2009 e julho de 2011. O contrato é de 12 meses, que podem ser prorrogados por mais 12 meses.

A seleção conta com provas online de atualidades, raciocínio lógico, português e inglês; dinâmica de grupo, entrevista coletiva e prova oral de inglês.

As vagas para o nível superior são oferecidas para estudantes de Engenharia, Administração, Análise de Sistemas, Arquitetura, Arquivologia, Ciências Contáveis, Ciência da Computação, Comunicação Social, Direito, Economia, Estatística, Informática, Marketing, Matemática, Psicologia e Pedagogia.

Para ingressar na área técnica da empresa, os profissionais precisam cursar Segurança do Trabalho, Telecomunicações, Eletrônica, Eletrotécnica, Elétrica, Informática e Processamento de Dados.

Os aprovados começam a trabalhar em novembro e irão receber bolsa-auxílio mensal, vale-transporte, auxílio refeição e seguro de vida.

As vagas disponíveis são para os Estados do Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais, Pará, Bahia, Ceará e Pernambuco.

Os interessados devem se cadastrar pelo site da OI
fonte:
http://idgnow.uol.com.br/carreira/2008/09/16/oi-oferece-250-vagas-para-nivel-tecnico-e-superior-ate-28-de-setembro/

sexta-feira, 19 de setembro de 2008

a Evolução do Homem Sacola


Nos últimos dias, participando de alguns debates à respeito do uso das sacolas plásticas e de outras pequenas medidas ecológicas que visam eliminar ou diminuir o despejo dos derivados de petróleo nos lixões, tenho observado tamanha resistência, não só por parte das empresas envolvidas com a fabricação e venda das sacolas mas também por parte da Sociedade, tanta desinformação e, pior, tanta falta de vontade de aprender, que começo a pensar que o Homem, em sua trajetória sobre a Terra, tão logo dominou a técnica do fogo, pôs-se à pensar em como transportar a caça para sustento de suas famílias e por isso chegamos às sacolas plásticas. Afinal, como é que eles carregavam os alimentos para a Caverna? Talvez daí, sim, tenha surgido todo esse progresso que culminou com a derrocada do Planeta. Afinal, era preciso chegar à perfeição das sacolas plásticas para transportar alimentos.

Na verdade, essa idéia é recorrente para mim. Sempre que entro num elevador ou transporte público e vejo alguém portando dois celulares, falando alto, num deles, sem observar os demais passageiros, observo o indivíduo com seus handhels, palmtops, smartphones, ipods e outros tantos acessórios “indispensáveis”, imediatamente me vem à mente a curva do tempo, entre o domínio do fogo, lá nas eras primitivas e a dependência atual que criamos para os inúmeros artefatos e (in)untensílios que o Homem Moderno carrega. O apego que temos à determinadas práticas e à coisas que dizemos “não poder viver sem” mostra bem o que quero dizer aqui. A maioria das engenhocas e utensílios criados pelo Homem, visam dar conforto às sociedades, é claro. O problema está na forma apaixonada que nos apegamos a esse “conforto” e desaprendemos a viver sem tê-lo ao alcance das mãos. É o chamado amor táctil, que nos fez dependentes e que me faz perguntar: Como se vive numa cidade sem os benefícios da eletricidade? Como caminhar quilômetros para pegar água barrenta numa cacimba? Quem são aquelas pessoas que nunca viram um aparelho de TV? Seriam extraterrestres? Nossa Sociedade evoluiu tão rapidamente que, parece, se esqueceu de viver as coisas simples e, por incrível que pareça, tanto “conforto”, tanta tecnologia, ainda não foi capaz de nos tornar simplesmente felizes. Talvez seja porque a felicidade não esteja nessas quinquilharias que teimamos em colecionar porque a mídia nos diz que é prático e indispensável, porque ensinaram que devia ser dessa forma, porque todo mundo usa.

Esse “apego”, essa dificuldade em reciclar idéias faz com que, muitas vezes, nem queiramos escutar novas idéias, novas propostas de um viver mais simples. Descartamos as novas idéias de sustentabilidade como descartamos o nosso lixo, diariamente, sem nos preocupar com onde é que ele vai parar.

De qualquer forma, as mudanças virão e teremos que nos adaptar a elas. A grande questão, que eu deixo para vocês responderem é, se temos dificuldades em aceitar uma troca simples de consumo, como o assunto lá em cima, das sacolas plásticas que tanto mal fazem ao meio ambiente, como é que pretendemos construir um mundo sustentável? Que sacrifícios estamos dispostos a fazer? Plantar uma árvore virtual e esperar que o planeta não entre em colapso por causa disso? Acho, infelizmente, que vamos ter que fazer um pouquinho mais de “sacrifício”.

Homo sapiens

Cláudia Costa

fonte:
http://ecoamigos.wordpress.com/2007/08/page/2/

terça-feira, 16 de setembro de 2008

Sesc Pompéia oferece duas oficinas gratuitas de Linux

São Paulo - Oficinas pretendem mostrar os conceitos básicos de configuração de rede e o passo a passo do backup e restauração de sistemas.

Aos usuários de Linux que querem ampliar os conhecimentos em sistemas operacionais e infra-estrutura de redes, o Sesc Pompéia oferece duas oficinas gratuitas em setembro.

Para aprender conceitos básicos de configuração de rede, servidor de arquivos e servidor e gerenciador de impressão, o participante pode inscrever-se na oficina Montagem de rede em Linux, que será realizada de 10 de setembro a 8 de outubro, todas as quartas das 19h às 21h.

Os interessados que desejam entender passo a passo o backup e a restauração de sistemas e drivers e arquivos de computador com Linux, podem se cadastrar na oficina Mondo Rescue - Backup Linux, que acontece no período de 16 de setembro a 2 de outubro, todas as terças e quintas, das 19h às 21h.

Para as duas oficinas, é necessário que o aluno tenham noção de infra-estrutura de rede e informática.

As inscrições devem ser feitas no SESC Pompéia. Usuários matriculados no Sesc devem levar a carteirinha e não matriculados devem levar o RG. O número de vagas é limitado a 20 alunos por oficina. Para mais informações os interessados devem entrar em contato pelo telefone (11) 3871-7700 ou acessar o site do Sesc SP.

Ajude a Divulgar

Novo endereço do site para doar leite sem gastar dinheiro

Informo que o site para doar leite sem gastar dinheiro está com novo visual e novo endereço.

Agora temos também a possibilidade de indicar uma instituição que poderá ser beneficiada com o programa de doação de leite

Divulguem e acessem www.bebaleite.com.br

sexta-feira, 12 de setembro de 2008

Tudo muda quando você muda

Tudo muda quando você muda
Jerônimo Mendes

No auge da minha impetuosidade juvenil, eu era conhecido no mundo corporativo como “general”, em virtude do meu jeito autoritário, arbitrário e muitas vezes rude de exigir o cumprimento das normas e procedimentos da empresa. Por mais que eu estivesse tentando cumprir a política, e sob o meu ponto de vista eu estava sempre certo, a imposição das idéias a qualquer preço não contribuíram em nada para o meu crescimento profissional.

Por conta disso eu arranjei desafetos ao longo do caminho e nunca compreendi muito bem o motivo, afinal, eu estava simplesmente cumprindo o papel que me foi atribuído na condição de responsável pela coordenação do setor. Quando você é líder e tem a “chave do cofre” na mão, é fácil migrar de querido a odiado numa fração de segundos, principalmente se você ocupava um cargo de mesmo nível hierárquico e, na seqüência, se viu obrigado a mudar de postura pelo fato de ter se tornado líder dos seus próprios colegas.

No início, as pessoas cumprimentam, elogiam e são capazes de jurar que torcem por você, além de despejar uma série de chavões do tipo “eu já sabia”, “você merece” ou “que bom que foi você”. A gente custa a acreditar em palavras nobres e solidárias, afinal, a concorrência, a necessidade premente de reconhecimento e a valorização são inerentes ao ser humano. Qualquer promoção que não seja a de si mesmo causa as mais variadas reações.

Esse comportamento está presente nas diferentes camadas e segmentos da sociedade moderna. O mais vil dos políticos, reis ou imperadores consegue amealhar bajuladores. Imagine um profissional autoritário, mas popular entre os seus seguidores e carregado de boas intenções. Era assim que eu me sentia na época e por conta disso havia sempre alguém querendo “puxar o meu tapete”.

Poder é algo que fascina as pessoas e independe do nível de instrução ou hierárquico. Quando você está revestido de poder e autoridade, em que ambos caminham lado a lado, o comportamento tende a fugir ao seu controle. Invariavelmente, você é dominado pela empáfia e pelas imposições do ego que o transformam numa criatura amarga, inacessível e, por vezes, intransigente, principalmente se você não está preparado para o cargo. O falso poder é capaz de produzir aberrações corporativas irremediáveis em sã consciência.

O fato é que a gente demora a reconhecer a necessidade de mudança, pois, num primeiro momento, tem tudo a ver com o orgulho e a necessidade de auto-afirmação perante o grupo. Geralmente, a modificação vem precedida de demissão, advertência ou mesmo de uma rejeição em equipe em virtudes dos excessos, o que não é simples de aceitar, tampouco fácil de reverter.

A despeito de todos os acontecimentos, eu demorei a captar a essência do ambiente corporativo. As pessoas não estão muito preocupadas com as normas, procedimentos e políticas de maneira geral. Embora isso seja importante, o que lhes interessa inicialmente é a própria condição dentro da organização. Se as prioridades da empresa estão em consonância com as suas necessidades, ótimo; caso contrário, meras formalidades são apenas condições transitórias que podem ser atropeladas até o próximo “puxão de orelha” ou o próximo emprego.

Ao longo do tempo eu fui percebendo também que o universo alheio estava a quilômetros de distância do meu mundinho real. Embora eu imaginasse que minhas atitudes traduziam o desejo da empresa, as pessoas ao meu redor queriam de fato um cumpridor de normas mais flexível e atento às necessidades do grupo.

Penso que, para o nosso próprio bem, nada acontece exatamente como desejamos, pensamos e planejamos na vida. No meu caso, foram necessários muitos embates acalorados, ameaças, críticas, vários empregos e livros e mais livros para provocar uma transformação de ordem pessoal na minha maneira de ver o mundo e administrar os meus próprios conflitos.

Tudo muda quando você muda. Ser flexível e mais aberto aos pontos de vista alheios não significa deixar de lado os valores e os princípios consolidados ainda na infância. Não importa quanto tempo leva para descobrirmos o quanto somos ricos e ponderados, mas quanto tempo ainda nos resta para mudar de atitude, de postura e de ponto de vista, a fim de nos tornamos mais humanos e dispostos a reconstruir uma carreira profissional, um relacionamento pessoal, uma vida.

Apesar de tudo, tenho muito chão pela frente. Somos produtos do meio e demoramos a entender as duras mensagens da vida, embora isso não justifique as atitudes tomadas no calor da emoção. No fundo, queremos todos sobreviver, crescer, provar a nós mesmos que somos capazes de dar a volta por cima e tirar de letra essa sucessão de privações e provações ao longo do caminho. E a vida não faz distinção de ambientes, mas cobra muito e exige que você cresça o tempo todo.

Durante o caminho aprendi que existem coisas essenciais e pessoas especiais que devem ser preservadas até o fim da vida. O relacionamento saudável é uma delas e você não precisa abrir mão de convicções para mantê-los. Entretanto, existem acontecimentos banais que podem ser solucionados de maneira bem mais simples quando mente e coração se mantêm abertos ao diálogo e ao respeito mútuo entre as partes. O que eu aprendi com tudo isso?

1. A melhor maneira de ganhar uma discussão é evitá-la. Pontos de vista pessoais interessam única e exclusivamente a você;
2. Pontos de vista profissionais são objetos de negociação e análise conjunta, pois estão atrelados ao cumprimento de um objetivo maior que não depende exclusivamente de você;
3. As pessoas em geral possuem muito mais coisas boas do que ruins, portanto, exercite o hábito de procurar o que elas realmente têm de bom, em vez de procurar apenas defeitos;
4. Encare cada situação de maneira positiva e as coisas tendem a fluir da forma como deve ser, não como você imagina que deve ser;
5. Ainda que você não consiga mudar uma situação, mantenha uma boa atitude, seja íntegro, dê tempo ao tempo;
6. Cargos, empregos, status e sucesso são transitórios em qualquer parte do mundo; cultive a consciência do momento presente e ela definirá a sua importância no momento futuro.

Reconheço que as coisas ficaram muito mais fáceis e simples a partir do momento em que eu decidi mudar radicalmente a maneira de pensar e agir. É óbvio que as mudanças não acontecem da noite para o dia, mas a decisão é que conta. O restante vem naturalmente. Segundo Hal Urban, autor de “As Grandes Lições da Vida”, “quanto mais completos e integrados nos tornamos, melhor nos sentimos em relação a nós mesmos e à vida em geral”. Pense nisso e seja feliz.

jerônimo Mendes
É professor universitário, palestrante e administrador de empresas formado pela FAE - Faculdade Católica de Administração e Economia.

fonte:
www.rh.com.br

quarta-feira, 10 de setembro de 2008

UNINOVE prorroga as inscrições para o 1º Consciência e Atitude

Os vencedores ganharão uma bolsa de estudos
para cursar o Ensino Superior na UNINOVE


A data do 1º UNINOVE Consciência e Atitude (feira destinada à apresentação de projetos, palestras e workshops sobre sustentabilidade) foi transferida para o dia 27 de setembro, com prorrogação do prazo de inscrição dos trabalhos até o dia 13 de setembro. O objetivo do projeto é que os estudantes do ensino médio apresentem propostas de melhorias para a sociedade e o meio ambiente.

Para Patrícia Abud Monteiro, diretora de Marketing da UNINOVE, o principal papel do 1º UNINOVE Consciência e Atitude é integrar os alunos do ensino médio ao ambiente universitário, oferecendo aos jovens a oportunidade de demonstrar a preocupação com o futuro do planeta, por meio de projetos que abordarão questões iminentes como educação, diversidade cultural e problemas urbanos.

Os interessados podem participar enviando um projeto que concorrerá nas seguintes categorias: Peças/Artesanato com material reciclado; Soluções para melhorias de centros urbanos; Reaproveitamento de Recursos Naturais; e Energia Alternativa.

As inscrições são gratuitas e devem ser feitas pelo site www.uninove.br/conscienciaeatitude. Cada integrante do grupo vencedor ganhará uma bolsa de estudos para cursar o Ensino Superior na UNINOVE.

UNINOVE Consciência e Atitude

ENVIO DOS PROJETOS
Inscrições: até 13 de setembro
Inscrições e regulamento: www.uninove.br/conscienciaeatitude

FEIRA
Data: 27 de setembro
Horário: das 9h30 às 14h
Local: UNINOVE Memorial - Av. Dr. Adolfo Pinto, 109

Sobre a UNINOVE

Há mais de cinco décadas, nasceu no bairro da Vila Maria, na cidade de São Paulo, a UNINOVE - Universidade Nove de Julho, na época uma escola de datilografia fundada por José Storópoli e Lydia Patrício Storópoli. A UNINOVE é atualmente a maior instituição de ensino superior da cidade e terceira maior do país, com mais de 120 cursos superiores e de pós-graduação, para mais de 70 mil alunos. Com instalações modernas e corpo docente altamente qualificado, a instituição possui quatro campi na cidade de São Paulo - Santo Amaro, Memorial, Vila Maria e Vergueiro - e está presente em Bauru e Botucatu. Além disso, a instituição ministra três cursos de Mestrado - Educação, Ciências da Reabilitação e Administração - e o curso de Doutorado em Administração, todos recomendados pela CAPES.

Com valores como igualdade, qualidade, democracia e humanismo, a UNINOVE está voltada para a formação de profissionais competentes e preparados para um mercado de trabalho cada vez mais competitivo. Para mais informações, acesse: www.uninove.br.

.

Guia de Fontes


Divulgação:

Gaspar & Associados

Karen Feldman Cohen
Tel.: (11) 3037 3225
Marise Vieira
Tel.: (11) 3037 3214
Heloisa Picos
Tel.: (11) 3037 3226
uninove@gaspar.com.br

terça-feira, 9 de setembro de 2008

O que é rinite alérgica?

A rinite alérgica pode ser definida como uma reação exagerada de resposta inflamatória da mucosa que reveste o nariz toda vez que ela entra em contato com determinadas substâncias que são chamadas de alérgenos. Eles podem ser encontrados nos recintos (poeira doméstica, por exemplo), como no meio ambiente (pólen).

Existem indivíduos que apresentam rinite alérgica durante o ano todo e outros cujas manifestações se concentram em determinadas épocas.

Os principais sinais e sintomas da rinite alérgica incluem crises de espirros, coriza, coceira nasal, obstrução nasal e sintomas oculares (coceira, lacrimejamento). Uma característica diagnóstica dos indivíduos que têm rinite alérgica é apresentar teste cutâneo positivo a um ou mais alérgenos. Neste teste cutâneo, injetam-se mínimas quantidades de diversos alérgenos. Aqueles aos quais o indivíduo for alérgico causarão uma irritação na sua pele (teste positivo).

No entanto, há outros tipos de rinites, nas quais os sintomas e sinais clínicos são muito parecidos com os da rinite alérgica. Alguns indivíduos apresentam espirros, coriza e prurido nasal, mas não apresentam teste cutâneo positivo: eles são classificados como tendo rinite não alérgica.

Há indivíduos que apresentam de modo mais preponderante sinais de obstrução nasal e secreção pós-nasal (que drena para a parte posterior do nariz), principalmente quando há mudanças de temperatura ou umidade do ar. É a chamada rinite vaso-motora. Esses indivíduos também apresentam teste cutâneo negativo.

Existe a chamada rinite infecciosa, que também leva à coriza, obstrução nasal e espirros. No entanto, o agente causador não é um alérgeno, mas sim um vírus, na maior parte das vezes, e as pessoas costumam também apresentar dor de garganta e estado febril.

Por fim, muitos indivíduos que apresentam alguma dessas rinites fazem uso por conta própria de medicamentos descongestionantes nasais para controlar a obstrução nasal, muito comum nos períodos de crise. Porém, o uso continuado dessas medicações leva ao que chamamos de rinite medicamentosa, caracterizada por uma obstrução nasal persistente.

As pessoas que têm rinite alérgica – ou outras formas de rinite – podem ter seus sintomas nasais piorados se também apresentar alterações anatômicas nasais, como desvio de septo ou hipertrofia de conchas nasais (aumento dos “tecidos esponjosos” do nariz). Elas estão mais sujeitas a desenvolver sinusite e em alguns casos pode haver a necessidade de uma cirurgia nasal para poder melhorar a qualidade respiratória.

Arthur Guilherme L. Bettencourt S. Augusto

fonte:
http://www.tratandoalergia.com.br/2006/conteudo.asp?i=99

quarta-feira, 3 de setembro de 2008

ESTRATÉGIA PARA MUDAR O CENÁRIO DA HOMEOPATIA NO PAÍS

A campanha nacional "Homeopatia Direito de Todos" será apresentada, no dia 18 de setembro, às 15h, pelo médico homeopata Hylton Luz, durante o Encontro Nacional de Farmacêuticos Homeopatas, que será realizado no Hotel Maksoud Plaza, em São Paulo. Luz lançará neste evento o Selo Social da Homeopatia Direito de Todos para empresas e instituições com o objetivo de aumentar a divulgação e a adesão ao movimento em todo o país. O encontro acontecerá em paralelo ao XXIX Congresso Brasileiro de Homeopatia, de 17 a 21 de setembro, com a participação de profissionais de diversas áreas de saúde ligadas à homeopatia.

A campanha para ampliar a especialidade homeopatia na rede do Sistema Único de Saúde (SUS) está sendo conduzida, desde 2006, pela ONG Homeopatia Ação Pelo Semelhante (HAPS), através de abaixo-assinado hoje com mais de 50 mil assinaturas.

Hylton Luz, presidente da HAPS, também falará aos congressistas no dia 19, às 10h30, na Sala Minas Gerais, durante o Fórum Saúde Pública, sobre a Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares (PNPIC), instituída pela Portaria 971, de maio de 2006, que inclui a Homeopatia, Acupuntura e Fitoterapia nos postos de saúde pública. Luz vai explicar a estratégia para sensibilizar o governo sobre o apoio crescente da população à efetiva aplicação da Portaria 971, que ainda aguarda que sejam declaradas as fontes de recurso e definidos os critérios de monitoramento da medida



Informações para a imprensa

Marcia Arbache (marciaarbache@globo.com) (21) 9149-0237/ 2287-5497

Terezinha Santos (tsantos@tfscomunicacao.com.br) (21) 2556-9665 / 9914-7040

TFS COMUNICAÇÃO / ASSESSORIA DE IMPRENSA

ONG HOMEOPATIA AÇÃO PELO SEMELHANTE

(21) 2255-1934 www.semelhante.org.br

segunda-feira, 1 de setembro de 2008

Dia da Responsabilidade Social

Dia da Responsabilidade Social.

Data: 27 de setembro de 2008
Horário: das 9 às 17 horas
Local: Centro Universitário Senac – Campus Santo Amaro
Av. Eng. Eusébio Stevaux, 823, São Paulo - SP

Como chegar: O Campus Santo Amaro fica próximo à Marginal Pinheiros.
Você pode chegar a partir do Terminal Santo Amaro pela linha Jardim Luso e da Estação Jurubatuba de trem, interligada com a Estação Largo Treze. Para quem vem de carro, o estacionamento, terceirizado, oferece cerca de 1,5 mil vagas.


As inscrições dos cursos devem ser feitas no local no dia do evento.

Participem, divulguem!

Onde reciclar embalagens Longa Vida

Em uma iniciativa inédita para a internet brasileira, a Tetra Pak disponibiliza o primeiro buscador específico de pontos de coleta seletiva e reciclagem de embalagens longa vida. Denominado Rota da Reciclagem, o sistema conta com a tecnologia do Google Maps para apontar a localização e o contato de cooperativas, pontos de entrega voluntária de materiais recicláveis e comércios ligados à cadeia de reciclagem em todo o território nacional. A maioria dos locais indicados concentra-se nas capitais e grandes cidades das regiões sul e sudeste. Mas a lista deve crescer, pois o site permite que sejam enviadas sugestões de postos de coletas e cooperativas que ainda não estão cadastradas.

www.rotadareciclagem.com.br

fonte revista filantropia.

Projeto Parado Falta de Apoio e Patrocinio

Esse projeto social infelizmente esta parado por falta de apoio financeiro, patrocínio, investimento. Temos uma idéia de aplicação porem nad...