quarta-feira, 1 de outubro de 2008

MINISTRO ORLANDO SILVA ANUNCIA AMPLIAÇÃO DO BOLSA-ATLETA

O ministro do Esporte, Orlando Silva, anunciou hoje (01/10) em
cerimônia no Palácio do Planalto a ampliação do programa Bolsa-Atleta
do Ministério do Esporte. Pela primeira vez, desde a sua criação, o
programa atenderá a cem por cento dos atletas aptos. Todos eles
passarão a receber o incentivo do governo federal.

O ministro lembrou que em 2005, quando o programa foi criado, o
governo destinou R$ 6 milhões ao seu financiamento. No ano seguinte,
o Bolsa-Atleta passou a receber R$ 13 milhões e, no ano passado, o
total de investimento chegou a R$ 26 milhões. Mesmo com este
crescimento não foi possível atender a todos os atletas aptos. Agora,
segundo o ministro, a decisão do governo é garantir R$ 42 milhões
para que cem por cento dos atletas aptos sejam beneficiados pelo
programa.

A notícia da expansão do Bolsa-Atleta foi muito bem recebida pelos
esportistas que participaram da cerimônia no Palácio do Planalto.
Dirceu Pinto, que conquistou dois ouros para o Brasil na bocha nas
Paraolimpíadas, comentou: "como não recebo o Bolsa-Atleta tenho uma
dificuldade muito grande nos treinamentos. Eu penso em pleitear a
bolsa porque é muito difícil ser patrocinado. Com a nossa conquista
tivemos um reconhecimento muito grande, mas o patrocínio não
apareceu", diz ele. Dirceu Pinto ganhou um ouro na dupla, com o
bolsista Eliseu Santos, e outro no individual.

Já o bolsista Eliseu Santos, da categoria nacional, que conquistou o
ouro na dupla e o bronze no individual, conta que o auxílio do
governo federal foi de suma importância na conquista das
medalhas. "Além de ajudar a custear o meu treinamento para chegar
preparado nas Paraolimpíadas, o Bolsa-Atleta ajudou na divulgação da
modalidade", conta. Se os dois passarem a receber a Bolsa
Paraolímpica o nível técnico da dupla vai melhorar. "Porque o nosso
kit de bolinha está ultrapassado", diz Eliseu.

Bolsa-Atleta

O programa Bolsa-Atleta é exclusivo para esportistas que não possuem
patrocínio. A iniciativa tem o objetivo de garantir manutenção
pessoal mínima aos atletas de alto rendimento, buscando dar condições
para que se dediquem ao treinamento esportivo e participação em
competições visando o desenvolvimento pleno de sua carreira
esportiva.

São quatro as categorias de Bolsa-Atleta oferecidas pelo Ministério
do Esporte: estudantil (R$ 300,00), nacional (R$ 750,00),
internacional (R$ 1.500,00) e Olímpica e Paraolímpica (R$ 2.500,00).
Os atletas contemplados recebem a ajuda mensal durante um ano. Os
atletas olímpicos e paraolímpicos têm automaticamente o benefício
renovado durante o ciclo olímpico de quatro anos.

MINISTÉRIO DO ESPORTE - SPOA / ME
Fone: (61) 3217-1875
E-mail: ascom@esporte.gov.br
Fax: (61) 3217-1875
MARCIA GOMES OLIVEIRA

__._,_.___

Nenhum comentário:

Projeto Parado Falta de Apoio e Patrocinio

Esse projeto social infelizmente esta parado por falta de apoio financeiro, patrocínio, investimento. Temos uma idéia de aplicação porem nad...