sábado, 28 de fevereiro de 2009

A invasão dos saquinhos de supermercado

por Efraim Rodrigues *
publicado em 23/1/2005.

Você vai ao supermercado e compra um limão que seja. Na quitanda ele entra dentro de um saquinho, e no caixa entra dentro de outro.

O bendito saquinho de supermercado tem presença garantida em todos os lugares que não sejam visitados por uma legião de garis a cada poucas horas. Estamos falando de uma invasão de saquinhos de supermercado.

Hoje eu resolvi dar minha mísera contribuição para o problema e ir ao supermercado munido da solução final, que é a boa e velha sacola de compras.
Eu já tinha tentado isto há anos, sem sucesso.

Criaram problema para entrar, criaram problema para empacotar (tem que ser com o bendito saquinho de supermercado...)

Já faz algum tempo que eu ando com a sacola no carro. Este é o primeiro empecilho. Nem sempre a gente antecipa quando vai ter que ir ao supermercado. Se você é do tipo que ainda está tentando se desvencilhar do carro (como eu), pode, ao menos compensar uma pequena fração do dano de mover este monte de aço cidade afora, carregando uma ou várias sacolas de compras dentro dele. Se você já é um cidadão do futuro e anda pouco de carro, então você certamente já usa uma sacola de compras para fazer supermercado, porque aqueles saquinhos cortam a mão da gente !

Cheguei no supermercado, tranquei o carro, fui até a entrada, e voltei para meu carro, porque obviamente tinha esquecido a nova coisa que tenho para cuidar agora. A SACOLA DE COMPRAS.

Como da outra vez não me deixaram entrar no supermercado com a sacola, desta vez eu a coloquei no fundo do carrinho, discretamente, e não sei se por isso, ou pela política ambiental do supermercado, preocupado com o impacto ambiental que seus saquinhos causam, eu entrei no supermercado com minha sacola que durante a compra foi sendo soterrada com comida e diminuiu ainda mais as chances de algum segurança achar que eu a usaria para fins menos honestos do que salvar o mundo da invasão dos saquinhos de supermercado.

Terminada a compra, eu me apressei em colocar as coisas dentro da minha sacola, antes que a caixa sacasse seus saquinhos invasores. Para minha surpresa, ela guardou seus pensamentos para si mesma, (do tipo - Cada louco que me aparece aqui) e não me impediu de usar minha sacola.
Vitória !

O mundo melhorou um pouco nos últimos oito anos, quando tentei fazer isto pela última vez. Mas eu não imaginava que além de conservacionista, a sacola fosse também prática. Carregar as coisas em uma sacola maior é mais prático, a alça não corta a mão, e você leva uma coisa só. Coloca de uma vez no carro, não aquele monte de coisinhas, cada uma querendo cair de um jeito diferente.

Quando cheguei em casa, em dois minutos as coisas estavam guardadas, porque é muito mais fácil tirar as coisas de uma grande sacola, do que tirar duas coisinhas de um saquinho e ter que guardar também os próprios saquinhos depois. Em dois segundos tirei as coisas e as acomodei nos diferentes lugares. A operação de guerra “Supermercado” estava concluída, e de maneira mais rápida e ambiental que o normal, graças a nossa nova colaboradora.

Mas o que eu faço com o lixo, se minha casa não tiver saquinhos de supermercado? Compro saquinhos de lixo?

Tem uma parte dos saquinhos do supermercado que não dá para evitar, que são aqueles que embalam frutas e verduras. Como eles pesam e põem preço naquilo, não vai ser tão fácil convencer os donos de supermercado a abrir mão deles.

Os saquinhos plásticos das verduras dão conta do pouco lixo do meu apartamento, já que a maior dele é reciclado, e outra parte desaparece na unidade biológica que digere cascas, restos de comida, ossos, etc. na varanda.

Que raios de unidade biológica é esta ? Cheira mal? Como se faz?

Esta vai ter que ficar para a próxima semana, e quem sabe ajudar a vender mais alguns jornais de domingo...


Sobre o Autor
Efraim Rodrigues: Efraim Rodrigues, Ph.D. (efraim@efraim.com.br) é doutor pela Universidade de Harvard, Professor Adjunto de Recursos Naturais na Universidade Estadual de Londrina, Consultor do Programa Fodepal da FAO-ONU e Editor da Editora Planta, sem fins lucrativos.

fonte:
http://www.verdestrigos.org/sitenovo/site/cronica_ver.asp?id=554

SACOLA DE COMPRAS DE SUPERMERCADO




http://produtos-ecologicos.blogspot.com

Sacolas de supermercado

Está aqui uma coisa legal que depende apenas de atitude: abandonar, de uma vez por todas, as sacolas plásticas de supermercado. Elas infestam os rios, os lixos, as ruas, matam vacas e tartarugas sufocadas e geram uma quantidade imensa de plástico inútil.
Alguns estados estão criando leis para substituir as sacolinhas por outras de material biodegradável, mas é uma ação emergencial. O ideal seria se, como já acontece em vários outros países, nós simplesmente abandonássemos esse hábito.

Reuni algumas soluções e abaixo está uma lista passo-a-passo de como perder esse vício. Veja também, no final do texto, uma pesquisa que fiz para saber como os maiores supermercados de São Paulo lidam - ou não lidam - com esse problema.

COMO ABANDONAR A SACOLINHA

1. Mãos são feitas para carregar: Quando a compra é pequena, dá pra levar na mão. É um absurdo aceitar sacolinhas de locadoras e farmácias.

2. Sem vergonha de ser feliz: Muita gente coloca a compra na sacolinha porque sente vergonha de sair mostrando por aí o que comprou. Chega disso. A humanidade inteira usa papel higiênico, camisinha e absorvente.


3. Leve a sua própria: Você se lembra de quando seu avô ia para a feira com aquela sacola xadrez e voltava com toda a compra sem nenhuma sacolinha plástica? Pois está na hora de fazer isso também no supermercado. Se a velha bolsa de náilon é feia, use uma de lona, uma mochila, invente.

4. Diga "não" ao caixa: Em muitos lugares, o caixa já vai enfiando toda a compra dentro da sacolinha. Não aceite, e enfatize que você está tendo uma atitude ambientalmente responsável: "Muito obrigado, mas eu não uso sacolas. É para poluir um pouco menos o mundo.".

5. Caixas plásticas ou de papelão: Se a compra é muito grande e você está de carro, leve caixas plásticas ou peça no próprio supermercado caixas de papelão.

6. Carrinhos de compra no condomínio: Se no seu não tiver, dê essa sugestão ao síndico. É baratinho, e permite que as pessoas levem sua compra sem depender de sacolas. Os carrinhos também evitam duas viagens de elevador.

Pesquisa nos supermercados

Eles são os que mais deveriam se preocupar com o problema, mas descobri que a maioria dos supermercados não está nem aí. Além de estimularem o uso das sacolinhas, não têm - ou cobram o olho da cara - por sacolas alternativas.

Apenas o Dia % e o Pão de Açúcar dão alguma atenção especial ao assunto, mas ainda assim é longe do ideal. Veja só:

Supermercado Sacolinhas gratuitas Sacolas alternativas
Dia % Oferece em algumas lojas Nas lojas em que não há sacolinhas comuns, vende por R$ 0,05 uma sacola de plástico grande, de boa resistência. A maioria dos clientes não usa, e leva as compras na mão ou em sacolas próprias.
Pão de Açúcar Oferece Em campanha pela diminuição do uso das sacolinhas, vende uma sacola de TNT por R$ 3,99, que não é muito resistente. Não vi nenhum cliente comprando ou utilizando.
Wal Mart Oferece Vende sacola de feira por R$ 11,90, mas o puxador da sacola é de uma corda de plástico que machuca a mão.
Extra Oferece Vende a mesma sacola do Wal Mart por R$ 10,98. Tem uma segunda opção, que machuca menos a mão, por R$ 19,88.
Carrefour Oferece Não oferece alternativa.
Compre Bem Oferece Não oferece alternativa.

Lojas visitadas: Dia % Av. Alfonso Bovero e Av. Eiras Garcia; Pão de Açúcar Av. Alfonso Bovero e Praça Panamericana; Wal Mart de Osasco; Extra Av. Escola Politécnica; Carrefour Shopping Eldorado e Av. Queirós Filho; Compre Bem Praça Panamericana.

É bom lembrar que o Dia % pertence ao grupo Carrefour, enquanto Extra e Compre Bem pertencem ao grupo Pão de Açúcar. Ou seja, o mesmo grupo trata o meio ambiente de forma diferente em cada rede de supermercados
fonte:
http://www.atitudeverde.com.br/exibe.php?id=1142#comentar

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2009

*As 20 premiadas pela EXAME*

*As 20 premiadas pela EXAME*

Pesquisa apresentada em 2007.

*Accor *
No primeiro dia de trabalho, os funcionários aprendem que ações
relacionadas à sustentabilidade precisam ser incorporadas ao dia-a-dia
de suas atividades

*Acesita *
A empresa investe em programa de empresa júnior para estudantes do
ensino médio. O desafio é melhorar a qualificação de sua própria
mão-de-obra

*Amanco *
Reduzir o consumo de água e de outros insumos é uma obrigação que afeta
diretamente o bolso de seus executivos

*Aracruz *
Destaque no mercado financeiro mundial por suas políticas de
sustentabilidade, é a única empresa florestal no mundo a figurar no
Índice Dow Jones de Sustentabilidade da bolsa de Nova York

*Arcelor *
Investe 270 milhões de reais em programas de gestão ambiental e reduz o
uso de insumos não renováveis na produção de aço

*Basf *
Redesenhou toda a sua estrutura de produção e acabou se tornando uma
pioneira em seu setor

*Braskem
*A companhia colocou a sustentabilidade no centro de sua estratégia de
expansão dos negócios

*Caterpillar *
Instalada em Piracicaba (SP) há três décadas, a empresa liderou a
criação de uma agenda de crescimento sustentável para o município

*CPFL *
Ao aumentar a produtividade de suas usinas, a empresa está conseguindo
acumular créditos de carbono para financiar seus projetos ambientais

*Elektro *
Com o projeto Energia Comunitária, a empresa colabora para a
reurbanização de áreas pobres e melhora a qualidade de vida de milhares
de pessoas nas cidades onde atua

*IBM *
Incentiva o uso da capacidade ociosa de computadores em pesquisas
voltadas para a saúde e o meio ambiente

*Itaú *
Lançou o primeiro fundo de investimento que permite ao correntista
contribuir para neutralizar os gases que destroem a camada de ozônio

*Mapfre*
O projeto de segurança viária da empresa atinge 2,5 milhões de alunos da
rede pública
estadual paulista e vira referência em educação de trânsito

*Natura
*Pioneira em sustentabilidade no Brasil, a empresa possui um dos
programas de neutralização de carbono mais eficazes

*Philips *
Para ganhar mercado, a subsidiária brasileira aposta em equipamentos que
consomem menos energia

*Promon *
A empresa dissemina o conceito de “edifício verde” e exige que seus
fornecedores também adotem práticas sustentáveis nos negócios

*Real *
O banco transforma seus funcionários em agentes multiplicadores de
práticas sustentáveis. A remuneração dos executivos está vinculada ao
desempenho da instituição também nas dimensões social e ambiental

*Serasa *
Incentiva o engajamento dos funcionários e troca o modelo de simples
doações por
consultorias completas em gestão de instituições beneficentes

*Suzano *
Ao adotar o conceito de sustentabilidade, a Suzano conseguiu expandir a
produção e valorizar suas ações na Bovespa

*Unilever*
Ao mudar o formato das embalagens de seus produtos, a subsidiária
brasileira diminuiu o consumo de papel.

Fonte: 20 Empresas Brasileiras premiadas no Guia EXAME de
Sustentabilidade 2007

Abraço.

Paulo Rodrigues – Coordenador de Políticas Públicas Sustentáveis /
Gerente de Projetos

paulorodrigues.consultlogistc@gmail.com

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2009

Edital seleciona projetos em Direitos Humanos

20/02/09

O edital do Fundo Brasil de Direitos Humanos está com inscrições abertas até dia 23 de março. O objetivo do Fundo é promover os direitos humanos no Brasil e sensibilizar a sociedade brasileira para que apóie iniciativas capazes de gerar novos caminhos e mudanças significativas para o país.

Assim, disponibiliza recursos para apoio institucional e atividades de organizações da sociedade civil e de defensores e defensoras de direitos humanos em todo o território nacional, priorizando aqueles que disponham de poucos recursos ou que tenham dificuldades de acesso a outras fontes.

Em 2008, o Fundo Brasil de Direitos Humanos escolheu apoiar projetos que tenham como foco o combate à violência institucional e à discriminação, por estarem entre os temas mais críticos de nosso país e constituírem as áreas com maior carência em termos de disponibilidade de recursos nos dias de hoje. As iniciativas devem ter um custo mínimo de R$ 10.000,00 (dez mil reais) e no máximo R$ 25.000,00 (vinte e cinco mil reais).

Para preencher a ficha de inscrição e ver se o seu projeto se enquadra nos critérios do Fundo, acesse: www.fundodireitoshumanos.org.br/.

Pinacoteca oferece curso sobre inclusão sociocultural

20/02/09

O Núcleo de Ação Educativa da Pinacoteca do Estado de São Paulo abriu inscrições para o curso Ações Multiplicadoras: O Museu e a Inclusão Sociocultural. Com duração de 48 horas, divididas em 16 aulas semanais (às quartas-feiras, das 14h às 17h30), ele é voltado para educadores de organizações sociais e serviços de assistência social públicos ou privados, que desenvolvam programas socioeducativos.

O curso pretende dar subsídios para a elaboração, execução e avaliação de projetos educativos em arte e cultura voltados à inclusão sociocultural dos grupos com os quais atuam. Além disso, objetiva potencializar a atuação socioeducativa dos participantes baseando-se nas práticas desenvolvidas pelo Núcleo de Ação Educativa.

Haverá uma pré-inscrição, cuja ficha (clique aqui) deve ser preenchida e enviada ao e-mail acoesmultiplicadoras@pinacoteca.org.br até dia 18/03. Ela será a base para a seleção dos participantes, obedecendo aos seguintes critérios: perfil, número de vagas e ordem de inscrição.

Será dada prioridade a educadores de organizações sociais que não tenham participado de edições anteriores do curso. Os selecionados serão informados e a inscrição será realizada na Ação Educativa da Pinacoteca mediante pagamento de taxa de R$20,00.

Serão oferecidas bolsas segundo critérios estabelecidos pela instituição. Todos os alunos receberão um auxílio transporte para a ida e volta até o museu, nos dias de aula. O uso de crachás por parte dos inscritos permitirá a entrada gratuita à Pinacoteca durante o período do curso.

Datas: Abril:
01, 02, 08, 15, 22, 29;
Maio:
06, 13, 20, 27;
Junho:
03, 10, 17, 24;
Julho:
01,08.

Local:
Auditório da Pinacoteca do Estado de São Paulo. Praça da Luz, 2, São Paulo. Fax: (11) 3324 0946.

Para mais informações, entre em contato com o Núcleo de Ação Educativa da Pinacoteca: (11) 3324 0942.

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2009

concurso cultural BIC

Bic dá videogame, iPods e máquinas fotográficas em concurso cultural

A Bic criou um concurso cultural "Bic Parade" que elegerá a melhor capa de um álbum de música. Utilizando ferramentas virtuais em um hotsite que simulam os produtos da marca, como canetas, marcadores, corretivos e lápis coloridos, o consumidor deverá postar sua criação até o dia 30 de março. O criador da melhor peça ganha um Nintendo Wii com o jogo Guitar Hero World Tour. O segundo colocado ganha um iPod Touch 8gb e o terceiro lugar uma máquina fotográfica de 7.2 megapixels da Sony. Aos vencedores que ficarem entre quarto e décimo lugar ganharão um iPod Shuffle. Todos os dez vencedores também ganharão um kit de produtos da BIC.

Estranho caso Clínico

Leia com atenção
Estranho caso clínico

O parto foi através de cesariana, pois até a data prevista 31/3 não houve sinais, então optamos pela cirurgia.
Pedro nasceu muito bem. Chorou logo e teve nota 9 de Apgar.
Nasceu com 48 cm e pesou 3,430kg.
Seu primeiro ano de vida foi ótimo, com desenvolvimento perfeito e nenhuma doença.

Sentou com cinco meses, andou com 11 meses, disse as primeiras palavras com 7 meses e antes disso já emitia sons naturais de um bebê.
Com um ano e dois meses, certa tarde durante o sono, Pedro acordou assustado como estivesse se engasgando. Isso se repetiu por mais alguns dias até que fomos ao médico. Este viu uma crise, suspeitou de refluxo-gastresofágico e solicitou alguns exames.

Nesta época, estas crises aconteciam mais ou menos 10 vezes ao dia e duravam aproximadamente 15 segundos. Como os exames não acusaram nada, por indicação do médico, procuramos um neurologista infantil que disse tratar-se de crises convulsivas. Fizemos um primeiro eletro encefalograma que foi normal. Procuramos o Dr.Salomão Schwartzmam, que o avaliou e considerou-o logicamente perfeito.
Nesse período, as crises aumentavam em quantidade e intensidade. Assim, em agosto de 90 ele foi internado na UTI pela primeira vez com aproximadamente uma crise a cada 3 minutos.
Ficou no Hospital 20 dias e saiu com as crises mais controladas. Fez uma Tomografia Computadorizada que foi normal. O segundo eletro acusou foco irritadiço do lado direito cérebro. Apesar de tudo isso, seu desenvolvimento continuava normal, porém mostrava-se mais sonolento. As crises continuavam; eram crises mistas.
Em outubro de 90, percebemos que ele estava sorrindo menos, chorando menos e que quando sorria, o lado esquerdo de seu rosto parecia paralisado.
Em novembro de 90, percebi que ele usava menos o braço esquerdo. Os médicos chamaram de seqüelas. Em dezembro de 90, fizemos uma ressonância magnética de crânio, um exame de Fundo de Olho alguns exames para detectar erros inatos do metabolismo. Todos os exames foram normais. Nessa época, ele já apresentava dificuldade para caminhar e falava menos. Mantinha uma média de mais ou menos 20 crises por dia.

No decorrer de sete meses mudamos de médicos por diversas vezes vários anticonvulsivantes foram testados. Porém o efeito nunca era totalmente satisfatório. E esteve internado mais duas vezes para controlar crises mais frequêntes.
Em janeiro de 91, Pedro foi internado mais uma vez e saiu do hospital sem andar, sentar ou falar. Em fevereiro, novamente foi internado com crises muito fortes, ficou 20 dias no Hospital.
As crises já duravam 1 min, manifestando-se a cada 10 min. Nessa ocasião, foi medicado com cortisona e fez vários exames de Metabolismo, porém nada foi encontrado...
A habilidade motora dele ficou debilitada. Quando teve alta, não segurava a cabeça, não sentava sozinho e parecia não reconhecer ninguém, além de não fixar o olhar em nada.

O tempo foi passando, e com seções de fisioterapia e muito carinho Pedro foi conseguindo alguns pequenos progressos. Continuávamos nossa maratona em médicos e exames, porém nada acontecia. Suas crises ficaram um pouco mais controladas, manifestando-se somente durante o sono, aproximadamente 8 episódios por noite, com duração de cerca de 1 min.
No final de 95, ele ficou alguns dias consecutivos sem apresentar crises.
Nestes últimos anos, repetiu alguns exames, porém nada de novo foi encontrado.
Teve complicações pulmonares e tomou muito antibiótico. Nos últimos meses de 95, Pedro readquiriu o controle da cabeça e ganhou maior firmeza no tronco. Passou a fixar o olhar nas pessoas e objetos, porém ainda não manifestando desejo de pegá-los.
Seu rosto ficou mais expressivo, apesar de ainda não rir ou chorar.
Em janeiro de 96, repetimos a Ressonância Magnética que se apresentou tal e qual a anterior, segundo o médico que assinou o laudo
O Dr. Fernando Arita, seu médico atual, diagnosticou que Pedro tem um cérebro um pouco menos denso do que uma criança de 7 anos.
Repetimos também o eletro encefalograma, que se apresentou bem melhor que o anterior, com crises mais localizadas. Fizemos também, um estudo de Cariótipo (pai, mãe e filho) com a Dra.Rita de Cássia Stoco e nada foi encontrado.
Disse suspeitar de Doenças Mitocondriais e sugeriu que fizéssemos um estudo de DNA. Foi feita também, uma dosagem de aminoácidos no sangue e cromatografia de açúcares na urina.
Atualmente, Pedro mantém cerca de 4 crises convulsivas durante o sono, principalmente a partir das horas da madrugada. Em suas crises estica braços e pernas, gira a cabeça para a esquerda e chora. Duram cerca de 45 segundos. Sua atenção continua fixa nas pessoas e objetos, porém não se movimenta espontaneamente.
Readquiriu razoável controle de tronco, porém não senta, não fica em pé, não fala, não sorri ou chora. De dois anos para cá, desenvolveu uma escoliose bastante preocupante. Está medicado com Rivotril, Valpakine e Tryleptal.

Pedro, atualmente, está com 15 anos. Durante todos estes anos, não encontramos uma resposta para o que acontece com Pedro, e, também nunca encontramos alguém com problema semelhante para trocar experiências.
Se você puder ajudar, se for médico ou já conheceu alguma criança com o mesmo problema, por favor, nos escreva. Se não, passe essa mensagem para frente para que encontre o destino certo.

Muito Obrigado,
Liane e Manoel.
Nosso endereço: Rua Conselheiro Brotero, 1559 apto 134 CEP 01232-011 São Paulo - SP - BRASIL
Fone: (11) 3662.4826


PS: O simples fato de repassar esta mensagem, já é por si só, um ato de solidariedade. Peço a todas as pessoas que receberam esta mensagem que, por favor, tentem se conscientizar da necessidade que nós, seres humanos, temos de receber a ajuda um do outro.
Enviem essa mensagem para todas as pessoas da sua lista, desde aquela que você escreve todos os dias, até a pessoa que você não escreve há muito tempo...
Assim poderemos, quem sabe, ajudar essa família...

'Fica sempre um pouco de perfume nas mãos que oferecem rosas (...)

quinta-feira, 19 de fevereiro de 2009

Dicas para salvar o Planeta

VEJA ALGUMAS DICAS 52 dicas ecológicas que são pequenas ações que todos nós podemos colocar em prática. Assim, ajudaremos a salvar o planeta!1-COZINHE MAIS EM PANELA DE PRESSÃO
Você pode cozinhar tudo em panela de pressão (feijão, arroz, carne, peixe, macarrão etc.), de forma rápida e economizando 70% do gás.
2-TAMPE SUAS PANELAS AO COZINHAR
Ao tampar as panelas, você aproveita o calor que se perderia no ar.
3-COZINHE EM FOGO MÍNIMO
A comida não cozinha mais rapidamente com fogo alto, pois a água não ultrapassa 100ºC em uma panela comum.
4-ANTES DE COZINHAR, RETIRE TODOS OS INGREDIENTES DA GELADEIRA
Evite abrir e fechar a geladeira constantemente. Essa atitude desperdiça muito mais energia.
5-FAÇA USO DE GARRAFA TÉRMICA
Ao invés de abrir a geladeira o tempo todo, use uma garrafa térmica de 2 ou 5 litros com bastante gelo. A temperatura da água fica conservada o dia inteiro e você economiza energia.
6-COMA MENOS CARNE VERMELHA
A criação de bovinos é um dos maiores responsáveis pelo efeito estufa. O mau cheiro que eles exalam é metano, um gás inflamável e poluente. Além disso, a produção de carne vermelha demanda uma enorme quantidade de água. Cada 1 kg necessita de 200 litros de água potável. O mesmo quilo de frango consome 10 litros.
7-MANTENHA O MESMO APARELHO DE CELULAR
Os celulares utilizam derivados de petróleo em suas peças e materiais pesados em suas baterias. Além disso, na maioria das vezes, sua produção é feita utilizando mão-de-obra barata de países em desenvolvimento. Evite a troca constante. Se o problema for bateria, considere o custo/benefício de trocá-la e descartá-la adequadamente, encaminhando-a a postos de coleta.
8-USE MAIS VENTILADOR AO INVÉS DE AR-CONDICIONADO
Um ventilador de teto, por exemplo, gasta 90% menos energia se comparado a um ar-condicionado. Portanto, sempre que possível, use mais o ventilador. Uma outra alternativa é combinar o uso dos dois. Regule seu ar-condicionado no mínimo e ligue o ventilador de teto.
9-LIMPE OU TROQUE OS FILTROS DE SEU AR-CONDICIONADO
Um ar-condicionado sujo representa 158 quilos de gás carbônico a mais na atmosfera por ano.
10-USE SOMENTE PILHAS E BATERIAS RECARREGÁVEIS
Elas duram anos e podem ser recarregadas em torno de 1.000 vezes.
11-USE LÂMPADAS FLUORESCENTES AO INVÉS DE INCANDESCENTES
Lâmpadas fluorescentes gastam 60% menos energia que uma incandescente. Assim, você economizará 136 quilos de gás carbônico anualmente.
12-PREFIRA ELETRODOMÉSTICOS DE BAIXO CONSUMO DE ENERGIA
Escolha os aparelhos com o selo do Procel (no caso de nacionais) ou Energia Star (no caso de importados).
13-EVITE DEIXAR APARELHOS EM STANDBY
A função de standby de um aparelho usa cerca de 15% a 40% da energia consumida quando ele está em uso.
14-MUDE SUA GELADEIRA OU FREEZER DE LUGAR
Ao colocá-los próximos ao fogão, eles utilizam muito mais energia para compensar o ganho de temperatura. Mantenha-os afastados, pelo menos, 15 cm das paredes, evitando o superaquecimento. Jamais coloque roupas e tênis para secar atrás deles.
15-DESCONGELE GELADEIRAS E FREEZERS ANTIGOS A CADA 15 OU 20 DIAS
O excesso de gelo reduz a circulação de ar frio no aparelho, fazendo com que gaste mais energia para compensar. Se for o caso, troque de aparelho. Os novos modelos consomem até metade da energia dos modelos mais antigos, o que subsidia o valor do eletrodoméstico a médio/longo prazo.
16-USE MÁQUINAS DE LAVAR ROUPAS E LOUÇAS SÓ QUANDO ESTIVEREM CHEIAS
Caso você realmente precise usá-las com metade da capacidade, selecione os modos de menor consumo de água. Se você usa lava-louças, não é necessário usar água quente para pratos e talheres pouco sujos. Só o detergente já
resolve.
17-RETIRE IMEDIATAMENTE AS ROUPAS DA MÁQUINA DE LAVAR QUANDO ESTIVEREM LIMPAS
As roupas esquecidas na máquina de lavar ficam muito amassadas, exigindo muito mais trabalho e tempo para passar, consumindo, assim, muito mais energia elétrica.
18-TOME BANHO DE CHUVEIRO E GASTE DE 10 A 15 MINUTOS
Um banho de banheira consome até quatro vezes mais energia e água que o de chuveiro.
19-USE MENOS ÁGUA QUENTE
Aquecer água consome muita energia. Para lavar a louça ou as roupas, prefira água morna ou fria.
20-PENDURE AS ROUPAS AO INVÉS DE USAR A SECADORA
Você pode economizar mais de 317 quilos de gás carbônico se pendurar as roupas durante metade do ano, ao invés de usar a secadora.
21-FAÇA RECICLAGEM EM CASA E NO TRABALHO
Se a sua cidade ou bairro não tem coleta seletiva, leve o lixo até um posto de coleta. Lembre-se de que o material reciclável deve ser lavado (no caso de plásticos, vidros e metais) e dobrado (papel).22-FAÇA COMPOSTAGEM
Cerca de 3% do metano que ajuda a causar o efeito estufa é gerado pelo lixo orgânico doméstico. Aprenda a fazer compostagem: além de reduzir o problema, você terá um jardim saudável e bonito.
23-REDUZA O USO DE EMBALAGENS
Embalagem menor é sinônimo de desperdício de água, combustível e recursos naturais. Prefira embalagens maiores, de preferência com refil. Evite ao máximo comprar água em garrafinhas. Leve a sua sempre com você.
24-USE PAPEL RECICLADO
Produzir papel reciclado consome de 70 a 90% menos energia do que o papel Comum. E poupa nossas florestas.
25-PLANTE UMA ÁRVORE
Uma árvore absorve uma tonelada de gás carbônico durante sua vida. Plante árvores em seu jardim ou inscreva-se em programas como o SOS Mata Atlântica e Iniciativa Verde.
26-PREFIRA ALIMENTOS PRODUZIDOS EM SUA REGIÃO
Fazendo isso, além de economizar combustível, você incentiva o crescimento de sua comunidade, bairro ou cidade.
27-COMPRE ALIMENTOS FRESCOS AO INVÉS DE CONGELADOS
Comida congelada, além de mais cara, consome até 10 vezes mais energia para ser produzida. É uma praticidade que nem sempre vale à pena.
28-COMPRE ALIMENTOS ORGÂNICOS
Além de não usar agrotóxicos, os orgânicos respeitam os ciclos de vida de animais, insetos e ainda por cima absorvem mais gás carbônico da atmosfera que a agricultura ‘tradicional’. Se toda a produção de soja e milho dos EUA fosse orgânica, cerca de 240 bilhões de quilos de gás carbônico seriam removidos da atmosfera. Portanto, incentive o comércio de orgânicos para que os preços possam cair com o tempo.
29-ANDE MENOS DE CARRO
Se você deixar o carro em casa 2 vezes por semana, deixará de emitir 700 quilos de poluentes por ano.

30-NÃO DEIXE O BAGAGEIRO VAZIO EM CIMA DO CARRO
Qualquer peso extra no carro causa aumento no consumo de combustível. Um bagageiro vazio gasta 10% a mais de combustível, devido ao seu peso e aumento da resistência do ar.
31-MANTENHA SEU CARRO REGULADO
Calibre os pneus a cada 15 dias e faça uma revisão completa a cada seis meses ou de acordo com a recomendação do fabricante. Carros regulados poluem menos. A manutenção correta de apenas 1% da frota de veículos mundial representa meia tonelada de gás carbônico a menos na atmosfera.
32-LAVE O CARRO A SECO
Existem diversas opções de lavagem sem água, algumas até mais baratas do que a lavagem tradicional, que desperdiça centenas de litros a cada lavagem. Procure no posto de gasolina ou no estacionamento do shopping.
33-QUANDO FOR TROCAR DE CARRO, ESCOLHA UM MODELO MENOS POLUENTE
Apesar da dúvida sobre o álcool ser menos poluente que a gasolina ou não, existem indícios de que parte do gás carbônico emitido pela sua queima é reabsorvida pela própria cana-de-açúcar plantada. Carros menores e de motor 1.0 poluem menos.
34-USE O TELEFONE/NET FONE OU A INTERNET
Usar o telefone/NET FONE ou Skype pode poupar você de stress, além de economizar um bom dinheiro e poupar a atmosfera.
35-VOE MENOS, REÚNA-SE POR VIDEOCONFERÊNCIA
Reuniões por videoconferência são tão efetivas quanto as presenciais. E deixar de pegar um avião faz uma diferença significativa para a atmosfera.
36-ECONOMIZE CDs E DVDs
Um CD leva cerca de 450 anos para se decompor e, ao ser incinerado, volta como chuva ácida, como a maioria dos plásticos. Utilize mídias regraváveis, como CD-RW’s, drives USB ou mesmo e-mail ou FTP para carregar ou partilhar seus arquivos. Hoje em dia, são poucos os arquivos que não podem ser disponibilizados virtualmente.
7-PROTEJA AS FLORESTAS
Em tempos de aquecimento global, as árvores precisam de mais defensores do que nunca. O papel delas no aquecimento global é crítico, pois mantém a quantidade de gás carbônico controlada na atmosfera.
38-CONSIDERE O IMPACTO DE SEUS INVESTIMENTOS
O dinheiro que você investe não rende juros sozinho. Isso só acontece quando ele é investido em empresas ou países que dão lucro. Na onda da sustentabilidade, vários bancos estão considerando o impacto ambiental das empresas em que investem o dinheiro de seus clientes. Informe-se com o seu gerente antes de escolher o melhor investimento para você e o meio ambiente.
39-INFORME-SE SOBRE A POLÍTICA AMBIENTAL DAS EMPRESAS QUE VOCÊ CONTRATA
Seja o banco onde você investe ou o fabricante do shampoo que utiliza, todas as empresas deveriam ter políticas ambientais claras para seus consumidores. Ainda que a prática esteja se popularizando, muitas empresas ainda pensam mais nos lucros e na imagem institucional do que em ações concretas. Por isso, não olhe apenas para as ações que a empresa promove, mas, também, para a margem de lucro alardeada todos os anos.
40-DESLIGUE O COMPUTADOR
Desligue o computador sempre que for ficar mais de 2 horas sem utilizá-lo e o monitor, por até quinze minutos.
41-TROQUE SEU MONITOR
O maior responsável pelo consumo de energia de um computador é o monitor. Monitores de LCD são mais econômicos e ocupam menos espaço na mesa.Doe os antigos a instituições de caridade.
42- DESLIGUE O AR CONDICIONADO UMA HORA ANTES DO FINAL DO EXPEDIENTE
Em um período de 8 horas, isso equivale a 12,5% de economia diária, o que significa quase um mês de economia no final do ano. Além disso, a temperatura começa a ser mais amena no final do expediente.
43-NÃO DEIXE AS CRIANÇAS BRINCAREM COM ÁGUA
Brincadeiras com água passam a equivocada idéia de que ela seja um recurso infinito, justamente para quem mais precisa de orientação. Ensine às crianças o valor desse tão precioso bem.
44-ECONOMIZE TOALHAS E LENÇÓIS NO HOTEL
Em hotéis, o hóspede tem a opção de não ter as toalhas e os lençóis trocados diariamente, para economizar água e energia. Uma vez a cada 3 dias é suficiente.

45-PARTICIPE DE AÇÕES VIRTUAIS
A internet é uma arma poderosa na conscientização e mobilização das pessoas. Um exemplo é o site Click Árvore, que planta árvores com a ajuda dos internautas. Informe-se e aja!
46-INSTALE UMA VÁLVULA EM SUA DESCARGA
Instale uma válvula para regular a quantidade de água liberada em seu vaso sanitário: mais quantidade para o número 2, menos para o número 1!
47-NÃO PEÇA COMIDA PARA VIAGEM
Dessa forma, você economiza as embalagens de plástico e isopor utilizadas.
48-REGUE AS PLANTAS À NOITE
Ao regar as plantas à noite ou de manhãzinha, você impede que a água se perca na evaporação e também evita choques térmicos que podem agredir suas plantas.
49-FREQÜENTE RESTAURANTES NATURAIS/ORGÂNICOS
Ainda que você não seja vegetariano, experimente os novos sabores que essa onda verde está trazendo e, assim, estará incentivando o mercado de produtos orgânicos, livres de agrotóxicos e menos agressivos ao meio-ambiente.
50-VÁ DE ESCADA
Para subir até dois andares ou descer três, que tal ir de escada? Além de fazer exercício, você economiza a energia elétrica dos elevadores.
51-EVITE IMPRIMIR DESNECESSARIAMENTE
Para cada 40 kg de papel, uma árvore é cortada.
52-USE A LINHA DE RETORNÁVEIS E PERMANENTE AO INVÉS DE SACOLAS PLÁSTICAS
As sacolinhas plásticas são um dos maiores inimigos do meio ambiente. Elas não apenas liberam gás carbônico e metano na atmosfera, como também poluem o solo e o mar.

http://sacolas-ecologicas.blogspot.com
http://produtos-ecologicos.blogspot.com

terça-feira, 10 de fevereiro de 2009

SARAIVA PROMOVE PROGRAMAÇÃO INFANTIL GRATUITA

Para os pequenos pintarem e bordarem antes da folia do Carnaval, a
Saraiva promove na rede de livrarias várias atividades. Além das
oficinas há também narrações de histórias realizadas por
arte-educadores. Todos os eventos são gratuitos e não é necessário
confirmar presença.

Confira a programação:

Confecção de Máscaras
A arte-educadora Nani Braun traz diversos materiais para ensinar a
criançada confeccionar sua própria máscara de Carnaval. Muito glitter,
purpurina e moldes para colorir e já sair pulando de alegria.
14/02 (sábado), às 14h - Saraiva do Shopping Ibirapuera: Av.
Ibirapuera, 3.103, tel: 5561-7290.
15/02 (domingo), às 16h - Saraiva do Shopping Anália Franco: Av.
Regente Feijó, 1.739, Tel: 6672-5050.

Origami
Por meio do Origami, a milenar técnica japonesa de dobraduras, a
arte-educadora Liana Yuri ensina os pequenos fazerem máscaras para o
Carnaval.
14/02 (sábado), às 14h - Saraiva do Shopping Eldorado: Av. Rebouças,
3.970, tel: 3819-5999.
15/02 (domingo) às 16h - Saraiva do Shopping Anália Franco: Av.
Regente Feijó, 1.739, tel: 6672-5050.

Encantares: Viagens ao mundo maravilhoso
Tininha Calazans encanta as crianças contando às viagens de Simbad, o
Marujo. Uma lendária história de origem persa sobre um marinheiro que
se aventura nos mares orientais. A arte-educadora utiliza técnicas
gestuais e vocais para atrair a atenção dos pequenos.
15/02 (domingo), às 13h - Saraiva do Shopping Ibirapuera: Av.
Ibirapuera, 3.103, tel: 5561-7290.

O Domador de Monstros
Para as crianças enfrentarem os seus medos, a Tia Lili coloca todo
mundo na roda para contar a história do pequeno Sérgio que espanta os
monstros que habitam o seu quarto e sobem pelas paredes. Uma fábula da
escritora Ana Maria Machado.
15/02 (domingo), às 17h - Saraiva do Shopping Eldorado: Av. Rebouças,
3.970, tel: 3819-5999.

O Caçador de Animais
A Cia Von Feffer vai ensinar para as crianças o espírito do trabalho
em equipe por meio de uma divertida história com os animais da
floresta que armam para prendar o caçador malvado. Toda a apresentação
é feita com bonecos de fantoches. O narrador é o carismático cachorro
Pulgão.
14/02 (sábado), às 16h - Saraiva do Shopping Ibirapuera: Av.
Ibirapuera, 3.103, tel: 5561-7290.
21/02 (sábado), 16h - Saraiva do Shopping Anália Franco: Av. Regente
Feijó, 1.739, tel: 6672-5050.
22/02 (domingo), às 15h - Saraiva do Shopping Eldorado: Av. Rebouças,
3.970, tel: 3819-5999.
28/02 (sábado), às 16h - Saraiva do MorumbiShopping: Av. Roque Petroni
Jr., 1089, Tel: 5181-7574.

Esquetes de teatro: Cadê a Maravilhandia?
A Cia Teatral a Mariquita apresenta para os pequenos as aventuras de
Olívia Giramundo, uma menina corajosa que viaja o mundo com seus
patins. As atrizes Caru Ramos e Nana Lacerda invade o mundo do
faz-de-conta nessa divertida história.
15/02 (domingo), às 18h - Saraiva do Shopping Anália Franco: Av.
Regente Feijó, 1.739, tel: 6672-5050.
20/02 (sexta-feira), 18h - Saraiva do Shopping Ibirapuera: Av.
Ibirapuera, 3.103, tel: 5561-7290.

sexta-feira, 6 de fevereiro de 2009

Embalagens: consciência ambiental versus conveniência do consumidor

Até que ponto os consumidores brasileiros estariam dispostos a abrir mão de conveniência no uso das embalagens utilizadas pela indústria e pelo varejo para beneficiar ao meio ambiente?

Esta é uma dúvida que inquieta a empresários e executivos brasileiros.
Para que modelos de empresas verdes sejam efetivamente colocados em prática, é necessário que as mudanças de processo e as melhorias implementadas nos negócios sejam acompanhadas por mudanças da cultura de consumo e das expectativas do consumidor final.

Caso contrário, uma mudança de processo, como é o caso da substituição de embalagens para a preservação do meio ambiente, pode ter um efeito negativo sobre as vendas e sobre o nível de satisfação dos consumidores.

A Nielsen desenvolveu um estudo mundial no princípio do ano de 2008 que nos dá algumas pistas de como o consumidor brasileiro poderia reagir sobre este assunto. Aproximadamente 7.000 consumidores foram pesquisados em 47 mercados pelo mundo e responderam a esta pesquisa.

“Como a evolução e a consciência global sobre o meio ambiente continua a crescer, os consumidores pelo mundo estão demandando mais ações dos lojistas e dos fabricantes de produtos de consumo embalados para proteger o meio ambiente. Apesar das embalagens ecologicamente amigáveis não serem uma prioridade para os compradores hoje em dia, certamente é uma prioridade crescente que principalmente a indústria de alimentos não pode ignorar”, diz Shuchi Sethi, vice-presidente da Nielsen Customized Research.

Os resultados que podem ser vistos no gráfico acima, indicam que quase metade da população pesquisada estaria disposta a abrir mão de alguns aspectos ligados à conveniência das embalagens para beneficiar ao meio ambiente.

Mas é importante se observar que a resistência cresce com relação aos aspectos da embalagem ligados à higiene e conservação dos produtos.

Cabe destacar também que apenas 10% da população pesquisada se recusa a aceitar qualquer tipo de alteração das embalagens existentes. Portanto, é evidente que existe um espaço para que se façam avanços neste sentido.

Cabe a cada empresa descobrir os pontos mais sensíveis de rejeição apresentados por seus consumidores e a introduzir através de melhorias contínuas estas alterações que deverão sempre ser acompanhadas sempre de muita informação visando a conscientização e a mudança da cultura de consumo.

Postado por Alexandre Langer às 06:51 Domingo, 15 de Junho de 2008

Fonte: http://estrategiaverde.blogspot.com/2008/06/embalagens-conscincia-ambiental-x.html

http://www.unomarketing.com.br/interna_noticias11.php

http://produtos-ecologicos.blogspot.com

Edital do Programa de RPPNs recebe inscrições até dia 16 de fevereiro

Edital do Programa de RPPNs recebe inscrições até dia 16 de fevereiro

O Programa de Incentivo às Reservas Particulares do Patrimônio Natural (RPPN) da Mata Atlântica, coordenado pelas ONGs Conservação Internacional, Fundação SOS Mata Atlântica e The Nature Conservancy (TNC), está com inscrições abertas para seu VII Edital de projetos. Pela primeira vez o edital beneficia projetos que serão realizados em qualquer área da Mata Atlântica. Os recursos disponibilizados são compostos por colaborações do Bradesco Cartões, da TNC e da parceria inédita com o Fundo Brasileiro para a Biodiversidade (Funbio) e o banco alemão KfW. Serão financiadas as propostas para criação individual, em conjunto ou para projetos de elaboração e implementação de Planos de Manejo. Os projetos devem ser encaminhados por correio até o dia 16 de fevereiro. Desde o primeiro edital, o programa já beneficiou 172 projetos, num total de 260 RPPNs em processo de criação que protegem mais de 16 mil hectares em áreas de remanescente chave para a conservação da Mata Atlântica. Para mais informações e para ver o edital acesse o Portal da SOS Mata Atlântica

terça-feira, 3 de fevereiro de 2009

Profissão Design


Desenvolvo projetos personalizados e exclusivos, para Joalherias, empresas na área de moda.

Se você tem jóias e quer dar um novo visual nas mesmas, uma nova roupagem, um toque diferenciado, entre em contato comigo, desenvolvo projetos de acordo com o perfil do cliente.

Tenha uma jóia totalmente remodelada e atual.

As jóias devem acompanhar o andamento da Moda Atual.

Contatos via e-mail: drixxedesigner@yahoo.com.br

http://dz-designerdejoias.blogspot.com/

loja AJUDA PETS é o link https://ajudapets.loja2.com.br/

essa loja foi desenvolvida pela empresa Vendendo com Arte para poder arrecadar fundos para algumas ongs e protetores de animais, sendo que p...