quarta-feira, 20 de maio de 2009

solidariedade a Abeac - solidariedade para esses animais!


Esses filhotes estão abandonados em um terreno em São Miguel Paulista - zona leste de SP, e foram agredidos violentamente por drogados que frequentam o local.
Uma das filhotinhas está muito mal, foi violentamente espancada na cabeça por esses marginais, está com vários hematomas e galos na cabeça, não consegue se levantar, não abre os olhos e grita de dor.
A filhotinha que foi espancada está internada na clinica do Dr. Wilson Grassi na Zona Leste, mas os outros filhotes continuam no terreno correndo risco de serem agreditos novamente.
Na segunda feira no final da tarde um rapaz de nome Felipe após buscar ajuda com algumas ONGs da região sem sucesso, conseguiu meu tel não sei onde, e me ligou pedindo ajuda.
Com ajuda de outro amigo, resgatou a filhotinha espancada e levou para sua casa, mas está desempregado, não tem carro e não tinha como levar a filhote em um veterinário.
Os outros filhotes, continuam no terreno mas o Felipe e esse amigo improvisaram um local coberto e estão tentando protegê-los desses marginais.
Estou muito longe de São Miguel Paulista, mas fiquei horrorizada com essa situacão e estou tentando ajudar de alguma forma.
Graças a ajuda de duas queridas amigas Vivi e Gi, que moram na Zona Leste conseguimos buscar a filhotinha em São Miguel Paulista e levar para Clinica do Dr. Wilson Grassi que também não tenho palavras para agradecer, prontamente se colocou a disposição para ajudar e a filhotinha está internada desde ontem a noite.
Essa coitadinha ficou quase dois dias sem socorro, seu estado é muito ruim, e hoje cedo quando liguei na clinica para saber noticias, deu para escutar de longe os gritos dela.
A Abeac mesmo sem ter condições financeiras e de espaço para resgatar mais uma pulga sequer, não pôde ficar indiferente a essa situação e vamos assumir as despesas dessa filhote e tentar resgatar os outros filhotes que continuam em perigo.
O grande problema é a distância e a clinica do Dr. Wilson Grassi por ser muito pequena, não tem espaço para internação de animais e até amanhã preciso retirar a filhotinha de lá e leva-la para uma das clinicas que trabalhamos aqui na zona sul.
A equipe do Dr. Wilson está fazendo de tudo para salvar essa filhotinha, vamos acreditar que ela vai sair dessa...
Até amanhã tenho que dar um jeito ( não sei como ) de pegar os quatro filhotes do terreno e retirar essa pequena da clinica.

Já ví muita crueldade nessa vida, mas ontem falando com a Vivi por tel sobre o estado da cachorrinha e hoje ouvindo seus gritos pelo telefone, fico tentando entender o que se passa na cabeça de um monstro como esse que foi capaz de agredir violentamente seres tão indefesos.
Meu Deus, eles são tão frágeis, tão inocentes...

Desculpem o desabafo , mas essa vida de protetora é muito triste e cheia de tormentos.
Uma vez eu assisti uma reportagem onde um rapaz que acabara de perder a esposa e a filha em um assalto, foi questionado pelo reporter o que ele sentia e ele respondeu: "Eu acho que a violência é a ausência de Cristo no coração das pessoas"
Nunca mais esqueci essa frase e acho que resume bem os tempos que estamos vivendo, falta amor no coração das pessoas.

Vamos rezar e pedir a Deus que esse serzinho tão pequeno e indefeso, pare de sofrer e que o melhor seja feito por ela.

Abraços

Marli Scaramella
www.abeac.org.br
marli@abeac.org.br

Projeto Parado Falta de Apoio e Patrocinio

Esse projeto social infelizmente esta parado por falta de apoio financeiro, patrocínio, investimento. Temos uma idéia de aplicação porem nad...