BRINDES OUTUBRO ROSA E NOVEMBRO AZUL

16:38 Postado por Coordenação PROJETO VIVER VIDA

Novembro Azul é uma campanha de conscientização realizada por diversas entidades no mês de novembro dirigida à sociedade e, em especial, aos homens, para conscientização a respeito de doenças masculinas, com ênfase na prevenção e no diagnóstico precoce do câncer de próstata[1]. Apesar do apoio de várias entidades não governamentais, o movimento, em especial no seu aspecto relacionado ao câncer de próstata, é repudiado pelo Ministério da Saúde brasileiro[2] e pelo Instituto Nional do Câncer (INCa)[3], devido à ausência de indicações científicas para a realização do rastreio. Outras entidades que se colocam contra esta atividade são a Sociedade Brasileira de Medicina de Família e Comunidade (SBMFC)[4], o United States Preventive Services Task Force, o Canadian Task Force on Preventive Health Care e o United Kingdom National Screening Comittee. O movimento surgiu na Austrália, em 2003,[5] aproveitando as comemorações do Dia Mundial de Combate ao Câncer de Próstata, realizado a 17 de novembro.[6] No Brasil, o Novembro Azul foi criado pelo Instituto Lado a Lado pela Vida, com o objetivo de quebrar o preconceito masculino de ir ao médico e, quando necessário, fazer o exame de toque, e obteve ampla divulgação. Em 2014, o Instituto realizou 2.200 ações em todo o Brasil, com a iluminação de pontos turísticos (como Cristo Redentor, Congresso Nacional, Teatro Amazonas, Monumento às Bandeiras), adesão de celebridades (Zico, Emerson Fittipaldi, Rubens Barrichello), ativações em estádios de futebol, corridas de rua e autódromos, além de palestras informativas, intervenções em eventos populares e pedágios nas estradas. Em vários países, o Movember é mais do que uma simples campanha de conscientização. Há reuniões entre os homens com o cultivo de bigodes (ao estilo Mario Bros), símbolo da campanha, onde são debatidos, além do câncer de próstata, outras doenças como o câncer nos bagos, depressão masculina, cultivo da saúde do homem, entre outros.[7] Na verdade, novembro azul é mais tradicionalmente dedicado ao diabetes mellitus. Em 14 de Novembro, data do nascimento do Dr. Banting, descobridor da insulina, comemora-se o dia mundial do diabetes (a data foi instituída pela Federação Internacional de Diabetes - IDF e pela Organização Mundial da Saúde (OMS) desde 1991, e que em dezembro de 2006 assinou a carta Resolução reconhecendo o diabetes como uma doença crônica e de alto custo mundial, e no mundo inteiro, ações são desenvolvidas para que o diabetes seja mais divulgado, seus modos de prevenção, diagnostico precoce e manejos. Em muitos locais do mundo, instituições são iluminadas de azul, caminhadas são propostas, ações em ruas movimentadas, etc. Há também o agosto azul, mês dedicado à prevenção das causas gerais de mortes masculinas, incluindo a violência urbana com mortes por armas de fogo e armas brancas, mortes no trânsito, câncer de próstata, etc, mas sem menção ao diabetes. Portanto, classicamente, novembro azul é o movimento mundial para o diabetes. a IDF- Federação Internacional de Diabetes estima que haverá 410 milhões de diabéticos em 2025, hoje há mais de 230 milhões de diabéticos, uma doença que traz inúmeras complicações, mortes cardiovasculares, incapacitações e amputações, cegueira, etc
Dia Internacional do Homem Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre. Dia do Homem Nome oficial Men's Day Tipo Internacional Seguido por Trinidad e Tobago, Jamaica, Austrália, Índia, Itália, Estados Unidos, Nova Zelândia, Brasil, Moldávia, Haiti, São Cristóvão e Nevis, Portugal, Singapura, Malta, África do Sul, Gana, Botswana, Angola, Zimbabwe, Croácia, Uganda, Chile, Hungria, Irlanda, Peru, Canadá, China, Vietnã, Paquistão, Dinamarca, Suécia, Noruega, Guiana, Holanda, Bélgica, Geórgia, Argentina, México, Alemanha, Áustria, Finlândia, Espanha, França e Reino Unido. Data 19 de novembro Observações Dia para a conscientização da saúde masculina O Dia do Homem é um evento celebrado em 19 de novembro de cada ano. As comemorações foram iniciadas em 1999 pelo Dr. Jerome Teelucksingh em Trinidad e Tobago, apoiadas pela Organização das Nações Unidas (ONU)[1], e vários grupos de defesa dos direitos masculinos da América do Norte, Europa, África e Ásia. No Brasil, desde 1992, o Dia do Homem, embora seja uma data pouco divulgada e sem comemorações ou feriados, é comemorado no dia 15 de julho, por iniciativa da Ordem Nacional dos Escritores. Um dos co-fundadores, Edson Marques, pretende que se altere o nome para Dia + Noite do Homem Livre. Comparado ao Dia Internacional da Mulher, tem uma menor repercussão na sua data. A diretora da Secretaria de Mulheres e Cultura de Paz da UNESCO, Ingeborg Breines, disse que a criação da data é "uma excelente ideia para equilibrar os gêneros".[1] Os objetivos principais do Dia do Homem é melhorar a saúde dos homens (especialmente dos mais jovens), melhorar a relação entre gêneros, promover a igualdade entre gêneros e destacar papéis positivos de homens. É uma ocasião em que homens se reúnem para celebrar suas conquistas e contribuições na comunidade, na famílias e no casamento, e na criação dos filhos. A data é celebrada em mais de 70 países, incluindo Trinidad e Tobago, Jamaica, Austrália, Índia, Itália, Estados Unidos, Nova Zelândia, Brasil, Moldávia, Haiti, São Cristóvão e Nevis, Portugal, Singapura, Malta, África do Sul, Gana, Botswana, Angola, Zimbabwe, Croácia, Uganda, Chile, Hungria, Irlanda, Peru, Canadá, China, Vietnã, Paquistão, Dinamarca, Suécia, Noruega, Guiana, Holanda, Bélgica, Geórgia, Argentina, México, Alemanha, Áustria, Finlândia, Espanha, França e Reino Unido.[2] SE PRECISAR DE BRINDES PARA O TEMA ACESSE O LINK ABAIXO E TENHA OTIMAS OPÇÕES WWW.VENDENDOCOMARTE.COM.BR https://www.facebook.com/Vendendocomarte.sacolasecologicas/

17 DE MAIO DIA MUNDIAL DA RECICLAGEM

18:51 Postado por Coordenação PROJETO VIVER VIDA

Fazendo um aquecimento para o Dia Mundial da Reciclagem, 17 de maio, a Scientific decidiu fazer sua própria Semana da Reciclagem. Ao longo desta semana, alimentaremos este post diariamente com dicas de reciclagem. Muitas dessas dicas não afetam significativamente a rotina, mas fazem uma enorme diferença na demanda por materiais produzidos de maneira sustentável e ajudam a diminuir a quantidade de lixo produzida de maneira geral. Embora haja muitos processos de reciclagem e maneiras de lidar com materiais diferentes, algumas medidas simples podem ser tomadas no dia a dia. Segue nossa listinha, com os itens de hoje destacados. Aceitamos mais sugestões! - Fechar o ciclo: comprar produtos já reciclados! - Reutilizar embalagens de margarina e doces para guardar restos de comida, tupperware grátis! - Reciclar a correspondência. Páginas com um lado em branco podem ser usadas como rascunho, e envelopes podem ser reaproveitados apenas cobrindo-se o endereço original. - Em casa, usar guardanapos de pano em vez de papel. - No trabalho, certificar-se de ter versões eletrônicas de documentos e diretrizes importantes, evitar imprimi-los. - Em vez de jogar fora, reutilizar camisetas e cortinas velhas (que não estejam em condições de doação) como panos de limpeza. - Guardar a água das chuvas para regar plantas e lavar calçadas. - Armazenar e descartar corretamente óleo de cozinha usado. Além de poder ser usado na produção de ração animal, detergentes biodegradáveis e lubrificação de máquinas agrícolas, descartar o óleo corretamente (em vez de jogar no ralo) impede contaminação da água e entupimento de esgotos. - Doar objetos sem uso para instituições de caridade, ao invés de jogá-los fora. - Usar a criatividade; latas e vidros de conserva, garrafas e até a parte externa de eletrônicos podem virar luminárias, vasos de plantas e revisteiros. - No restaurante, preferir sucos naturais feitos na hora, servidos no copo (não em uma embalagem industrializada). - Não utilizar canudinho para beber. - No restaurante, utilizar o mesmo prato para servir-se uma segunda vez. - Não embrulhar presentes. - No lixo do banheiro, utilizar um saco de papel em vez de um saco de plástico. - Carregar na bolsa, no bolso ou na mochila uma eco-bag. - Informar-se sobre coleta seletiva na sua cidade. - Descartar lixo eletrônico (pilhas, baterias, celulares, computadores, câmeras) corretamente. Recapitulando, reciclagem é o processamento de materiais usados na criação de novos produtos para prevenção do desperdício de materiais potencialmente reutilizáveis, redução do consumo de matéria-prima e redução da poluição do ar (causada pela incineração) e da água (causada pelo aterramento), o que consequentemente reduz a necessidade de “eliminação” convencional e a emissão de gases causadores do efeito estufa, se comparada com a produção que utiliza matéria-prima virgem. Entre os materiais que podem ser reciclados estão muitos tipos de vidro, papel, metal, plástico, tecidos e eletrônicos. E então, quantas dessas dicas é possível incorporar à vida cotidiana? A gente aceita o desafio! FONTE DE PESQUISA E COPIA: http://www.scientific.com.br/2012/05/09/17-de-maio-dia-mundial-da-reciclagem/

A ABEAC PRECISA MUITO DA SUA AJUDA

19:00 Postado por Coordenação PROJETO VIVER VIDA

Queridos amigos, Já temos 266 pessoas que confirmaram participar da corrente do bem pelo periódo de 6 meses e algumas serão contribuições fixas. Precisamos com urgência de mais 167 pessoas para fechar a campanha e conseguirmos a ajuda necessária para honrar nossos compromissos. A ABEAC PRECISA MUITO DA SUA AJUDA Temos um custo mensal aproximado de R$ 50.000,00 com 8.400 kgs de ração ( 600 cães Abeac e 230 cães de parelheiros ), salários de 6 caseiros, veterinários e hospedagem. São despesas fixas que não podemos falhar, porém com a obra de parelheiros ( terminamos em fev/12, mais ainda temos divida de material de construção ) e com a obra da Ala Grafite na Abeac, construção das caminhas e despesas com os novos resgates, estamos com uma despesa extra mensal de R$ 14.000,00 Não temos contribuição suficiente para as despesas fixas, mas estávamos conseguindo equilibar a situação. Porém com essas novas despesas, a situação fugiu do nosso controle, esse mes estamos com várias contas em aberto (boletos de ração e pagamento de hospedagem ), priorizando apenas os cheques emitidos para não prejudicar o nome da Abeac. Estamos em estado de emergência, e a solução que encontramos para equilibrar nossas contas, sem sobrecarregar nossos fiéis colaboradores( que sempre nos socorrem , as vezes ajudando muito mais do que podem ou tem condições), é conseguir contribuições extras por um período de 6 meses, prazo suficiente para acabar com todas essas despesas eventuais. MINHA LISTA É MUITO GRANDE TEM MAIS DE 3500 CONTATOS. Mas infelizmente pouco mais de 10% desse numero, colabora regularmente com a Abeac . Seria maravilhoso se todos pudessem colaborar com um pouquinho que seja, a Abeac equilibraria as contas, sairia do vermelho e não precisaria ficar passando pedidos de ajuda com frequência que é muito desgatante para quem recebe esses pedidos e para nós também, gera desconforto e insegurança. PARTICIPE DESSA CORRENTE DO BEM Para colaborar com essa campanha segue os dados para depósito: Banco Itau(341) ag 0772 c/c 52385-8 Abeac Associação Bem Estar Animal Amigos da Célia CNPJ: 06.164.870/0001-82 PARA QUEM NÃO TEM CONTA NO ITAU TEMOS A OPÇÃO DO BOLETO BANCÁRIO COMO PARTICIPAR DA CORRENTE DO BEM Envie um e-mail para mascaramella@terra.com.br com o título “ Quero participar da corrente do Bem” informando o valor da contribuição e a melhor data para depósito. Se optar por boleto bancário , precisamos das seguintes informações: Nome completo endereço completo CPF Valor Data de vencimento POR FAVOR NÃO IGNORE ESSE E-MAIL, O TRABALHO DA ABEAC DEPENDE DE TODOS NÓS. É muito importante que consigamos atingir o maior numero de pessoas. Por favor, não ignore esse e-mail, ajude como puder, mesmo que divulgando, que também é uma forma de ajudar. Abraços Marli Scaramella www.abeac.org.br http://abeacsp.blogspot.com www.facebook.com/abeac.org

SEMANA DO MEIO AMBIENTE CHEGANDO

18:33 Postado por Coordenação PROJETO VIVER VIDA

Eco4Planet, o buscador ecológico

18:24 Postado por Coordenação PROJETO VIVER VIDA

Você usa o Google como busca padrão? Então, por que não trocar seu bookmark para o Eco4Planet? Este é um site que lança mão do mesmo mecanismo de buscas do Google, só que, a cada 50 mil pesquisas realizadas, uma árvore é plantada no Brasil.
É como se fosse o próprio Google, só que com um outro visual e com a vantagem do plantio das árvores. O site é todo preto, e isso gera uma economia de até 20% de energia se comparado a uma tela branca. Só para você ter idéia: se o mundo inteiro utilizasse esse buscador com a tela preta, seriam economizados cerca de 7 milhões de kilowats-hora em um ano, ou o mesmo que 58 milhões de computadores desligados por 1 hora.
Você pode, ainda, baixar wallpapers ecológicos e ler o blog do projeto, que traz, todos os dias, vários posts referentes ao meio-ambiente. Se você gostou da dica, defina já o Eco4Planet como página inicial de suas buscas e ajude o meio ambiente. Você pode, também, colocar banners do Eco4Planet em seu próprio site, ajudando a espalhar, ainda mais, a notícia por aí. O planeta agradece!

fonte:
http://olhardigital.uol.com.br/central_de_videos/video_wide.php?id_conteudo=9322&/ECO4PLANET+O+BUSCADOR+ECOLOGICO
conheça: www.olhadigital.com.br

Lixo Eletronico - saiba sobre assunto

12:01 Postado por Coordenação PROJETO VIVER VIDA

Video sobre a campanha - Saco é um SAco

11:52 Postado por Coordenação PROJETO VIVER VIDA

Lixo Eletronico - site sobre o assunto

11:21 Postado por Coordenação PROJETO VIVER VIDA


conheça o blog sobre o tema LIXO ELETRONICO

Este blog tem por objetivo agregar referências e informações sobre a questão do Lixo Eletrônico no Brasil e no mundo. Partimos de um estudo sobre o assunto (disponível aqui) e queremos incentivar conversações relacionadas. Se quiser colaborar, entre em contato. Mais informações sobre este

WWW.LIXOELETRONICO.ORG.BR

Projetos que recebem doações de computadores
Rede MetaReciclagem
Centro de Recolhimento de Computadores - Maristas Rio Grande do Sul
Centro de Recolhimento de Computadores Gama - Distrito Federal
Associação Brasileira de Redistribuição de Excedentes]
Casas André Luiz
Comitê pela Democratização da Informática
Comlurb Rio de Janeiro
Dell
Motorola
Lista do Ministério do Meio Ambiente para descarte de pilhas e baterias
Lista do Ministério do Meio Ambiente para descarte de baterias de carros

fonte de informação:
http://lixoeletronico.org/pagina/agentes

Campanha : SACO É UM SACO

11:05 Postado por Coordenação PROJETO VIVER VIDA




Com esse lema, o Ministério do Meio Ambiente lança campanha para consumo consciente de sacolas plásticas, que já atingem a marca alarmante de 12 bilhões por ano no país
- A A +Manoella Oliveira
Planeta Sustentável - 22/06/2009

Todo mundo sabe que as sacolinhas de supermercados são um grande problema ambiental. Depois que o consumidor chega em casa e organiza suas compras nos devidos lugares, elas viram um amontoado de material desnecessário e de destino incerto. Por isso, o MMA - Ministério do Meio Ambiente - lança, amanhã, 23 de junho, a campanha “Saco é um saco: Pra cidade, pro planeta, pro futuro e pra você”.

A iniciativa será veiculada na televisão e cinema (com dois filmes de curta duração - de junho a dezembro -, que também ficarão disponíveis também no You Tube), internet, rádio, jornal e revistas, além de fazer uso de marketing viral e prever a distribuição de folhetos. A campanha foi dividida em quatro fases e inclui avaliação final.


O plástico leva cerca de 400 anos para se decompor nos aterros sanitários ou nos lixões e o uso de material descartável em excesso resulta no acúmulo de lixo que vai parar nos bueiros, nos rios e nos mares, matando animais, demandando altos investimentos do governo para limpar essa bagunça e piorando a qualidade de vida das pessoas.

São distribuídas, no mundo, entre 500 bilhões e um trilhão de sacolas plásticas por ano. Um produto que têm custo zero para o cliente, mas requer injeções de recursos para solucionar as complicações que elas causam a longo prazo.

Por que as pessoas insistem, afinal de contas, em fazer uso das sacolinhas? Uma das causas, de acordo com o Ministério é uma característica da sociedade brasileira: o reuso para o acondicionamento de lixo, que acontece em todas as classes sociais. Introduzidas na década de 1980, elas causaram uma revolução na coleta de lixo, principalmente para as populações de classe baixa, que não compravam – e ainda não tem o costume de comprar - sacos de lixo por causa do preço.

Esse é um dos aspectos que a campanha abarca para pregar que, enquanto menos de 10% dos municípios brasileiros contam com sistemas de coleta seletiva, ainda não é possível falar em abolir as sacolas plásticas. A iniciativa situa o problema no âmbito do consumo consciente e vai investir em parcerias com estabelecimentos e material de divulgação.

O consumo sustentável é a abordagem principal do Processo de Marrakech, um programa do PNUMA - Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente - que incentiva os países participantes a realizar ações de mudanças na produção e no consumo. O Brasil aderiu ao Processo em 2003 e se comprometeu a fazer dele uma diretriz do MMA.

ALTERNATIVAS
Em 2007, o Ministério fez um levantamento sobre o tema e descobriu que o melhor a ser feito é reduzir o consumo, desenvolver alternativas tecnológicas e reforçar as campanhas de conscientização. Por isso, em 2008, criou a campanha “Consumo Consciente de Embalagens: A escolha é sua. O planeta é nosso”, lançada em 2008, que versa sobre embalagens em geral e divulga boas práticas.

Muitas pessoas ainda acreditam que a solução está na reciclagem, mas como as sacolas são descartadas incorretamente, geralmente misturadas a outros resíduos, elas ficam contaminados e inviabilizam o processo. Além disso, o problema do excesso persiste. São 800 sacolas por ano para cada brasileiro enquanto existem várias alternativas como as bolsas de feira, as sacolas retornáveis e os carrinhos. A ideia é recusar, sempre que possível, as sacolinhas que já se tornaram vilãs internacionais e já são encontradas até mesmo em locais considerados paraísos ecológicos.

Outras opções vêm sendo estudadas pelo MMA, como os oxi-biodegradáveis e dos chamados bioplásticos. Os primeiros, segundo o Ministério, não resolvem por si só os problemas ambientais causados pelas sacolas plásticas descartadas como lixo ou como recipiente para o lixo. Além disso, o fato de ser biodegradável pode levar à sociedade a pensar que o material irá se decompor naturalmente, o que incentivaria o descarte irresponsável.

O plástico oxi-biodegradável é que, sob certas condições de luz e calor, se fragmenta e torna o manejo desses resíduos mais complexo porque ainda não foi determinado o seu impacto.

Quanto à tecnologia dos bioplásticos, que podem ser biodegradáveis e compostáveis, o MMA entende que deve ser incentivada no Brasil, como já acontece em outros países. No entanto, no que diz respeito ao uso do bioplástico para a confecção de sacolas, existe uma ressalva importante: sem a implementação de uma política de coleta seletiva, de sistemas de compostagem e biodigestores, a aplicação deste material agravaria a situação dos depósitos de lixo no que diz respeito ao acúmulo de resíduos orgânicos, liberando mais gases de efeito estufa como CO2 e CH4

http://planetasustentavel.abril.com.br/noticia/lixo/conteudo_479075.shtml

SACOLAS ECOLÓGICAS:
www.sacolas-ecologicas.blogspot.com