Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2009

EVENTO DO GREENPEACE FORUM SOCIAL

Organização quer chamar a atenção para o avanço das atividades agropecuárias sobre áreas de floresta O Greenpeace preparou uma programação intensa para o Fórum Social
Mundial 2009, que começa (27/01), em Belém (PA). Para a marcha
de abertura do Fórum, que sairá da Estação das Docas, às 15 horas,
rumo às principais ruas da cidade, a organização levará uma vaca inflável de quatro metros para alertar sobre a expansão do setor agropecuário em áreas de florestas.

Antes da marcha, às 10 horas, o navio Arctic Sunrise abrigará uma discussão sobre o mapeamento participativo comunitário, a partir de um trabalho desenvolvido com comunidades tradicionais de Santarém e Belterra, no oeste do Pará, que apresenta os impactos da produção de soja na região.

Entre as demais atividades do Greenpeace para o Fórum estão a exibição do documentário "Eles mataram Irmã Dorothy", seguido de debate sobre a violência na região amazônica e palestras sobre os diversos temas relacionados à luta contra o aqueci…

LIBERDADE E RESPONSABILIDADE É TEMA DE PALESTRA GRATUITA EM SÃO PAULO

FranklinCovey Brasil promove evento que ensina a aumentar o nível de
pró-atividade dos colaboradores no ambiente de trabalho. Por que tão poucos parecem ter iniciativa e espírito empreendedor?

Como fazer com que os colaboradores sintam-se co-responsáveis pelos resultados da empresa? O que é uma relação equilibrada entre a liberdade e a responsabilidade no trabalho? Essas e outras questões serão discutidas pelo consultor Luciano Alves Meira, no próximo dia 03 de fevereiro em São Paulo.

Oferecida gratuitamente pela FranklinCovey Brasil, a palestra voltada para profissionais de RH e executivos tratará sobre o papel dos colaboradores nas empresas e como seus líderes podem estimular ações empreendedoras e otimizar resultados. Os temas Liberdade e Responsabilidade são pilares da proatividade, princípio que inicia o primeiro hábito - Seja Proativo - do best-seller "Os 7 Hábitos das pessoas altamente eficazes", de Stephen R. Covey.

O evento será conduzido pelo especialista Luciano Alves…

Oito jeitos do RH mudar o mundo

Oito jeitos do RH mudar o mundo
Willyans Coelho

Willyans Coelho
Tem graduação em Psicologia e MBA em Gestão Empresarial pela FGV. É o idealizador e diretor do site RH.com.br. Já atuou como professor universitário e consultor de RH. Tem interesse pela área de comportamento organizacional, especialmente por educação corporativa, trabalho em equipe e comunicação interpessoal.
+ textos de Willyans Coelho

Em 2000, a ONU - Organização das Nações Unidas, ao analisar os maiores problemas mundiais, estabeleceu 8 Objetivos do Milênio. No Brasil, eles são chamados de 8 Jeitos de Mudar o Mundo.

Juntos nós podemos mudar a nossa rua, a nossa comunidade, a nossa cidade, o nosso país. E tudo isso também pode ser feito a partir das nossas empresas. É muito importante que o profissional de RH esteja engajado em ações de responsabilidade social corporativa.
Portanto, estimular ações em sua empresa que visam contribuir para um mundo melhor deve ser uma iniciativa da área de recursos humanos. Que tal contempla…

Chegou o momento de organizar a gaveta para fazer a diferença em 2009

Dalmir Sant Anna
Palestrante mágico, pós-graduado em Gestão de Pessoas e bacharel em Comunicação Social. Autor do livro "Menos pode ser Mais" e de vários artigos publicados em revistas, sites e jornais. Considerado uma das grandes revelações da nova geração de palestrantes é um apaixonado pelo ilusionismo, que com carisma e entusiasmo, desperta mudanças comportamentais. Mágico profissional que desenvolve pesquisas científicas sobre Gestão com Pessoas para realizar um trabalho envolvente, com conteúdo cuidadosamente preparado, combinando a dose certa de descontração, informação e interatividade.
+ textos de Dalmir Sant Anna

Você percebeu que ao abrir uma gaveta encontra papéis, canetas, recortes de jornais, revistas, cartões de visitas, chaves e objetos que acredita que um dia será utilizado. Constatou que o tempo passa e estes materiais não são utilizados. Interessante observar que quando você necessitou de algum destes objetos, acabou esquecendo que estava no interior daquele …

PARCERIA ENTRE ONGS E EMPRESA

Quando a atuação das ONGs passa a ser mais efetiva no Brasil, a partir da década de 90, suprindo necessidades sociais que o Estado não era (e ainda não é, em muitos aspectos) capaz de atender, inicia-se um movimento de saída de recursos internacionais do país, tanto porque as instituições de cooperação internacional mudam seu foco para regiões menos privilegiadas, como a África, quanto porque estas instituições passam a perceber que o mercado privado e o Estado têm capacidade de assumir essa função de financiadoras.

Começa, então, a participação mais efetiva da iniciativa social privada no país, fortalecendo-se e ampliando-se cada vez mais. As empresas passam a adotar os investimentos em projetos sociais como diferencial competitivo, uma vez que, em paralelo a essas iniciativas começa-se a discutir os princípios e preceitos da responsabilidade social empresarial. Surgindo, através disso, as conhecidas parcerias entre empresas e ONGs.

Essas parcerias são estabelecidas mediante contratos …

Vamos Saber mais Sobre SARAU?

Um sarau (do latim seranus, através do galego serao) é um evento cultural ou musical realizado geralmente em casa particular onde as pessoas se encontram para se expressarem ou se manifestarem artisticamente. Um sarau pode envolver dança, poesia, leitura de livros, música acústica e também outras formas de arte como pintura e teatro.Evento bastante comum no século XIX que vem sendo redescoberto por seu caráter de inovação, descontração e satisfação. Consiste em uma reunião festiva que ocorre à tarde ou no início da noite, apresentando concertos musicais, serestas, cantos e apresentações solo, demonstrações, interpretações ou performances artísticas e literárias. Vem ganhando vulto por meio das promoções dos grêmios estudantis e escolas
http://pt.wikipedia.org/wiki/Sarau

Vale a Pena Refletir

Não importa onde você parou...
(Carlos Drummond Andrade)

Em que momento da vida você cansou...
o que importa é que sempre é possível e necessário "Recomeçar".

Recomeçar é dar uma nova chance a si mesmo...
é renovar as esperanças na vida e o mais importante...
acreditar em você de novo.

Sofreu muito nesse período? foi aprendizado...

Chorou muito? foi limpeza da alma...

Ficou com raiva das pessoas? foi para perdoá-las um dia...

Sentiu-se só por diversas vezes? é por que fechaste a porta até para os anjos...

Acreditou que tudo estava perdido? era o início da tua melhora...

Pois é...agora é hora de reiniciar...de pensar na luz...
de encontrar prazer nas coisas simples de novo.

Que tal um novo emprego?
Uma nova profissão?
Um corte de cabelo arrojado...diferente?
Um novo curso...ou aquele velho desejo de aprender a
pintar...desenhar...dominar o computador..…

Cartilha do Ministério do Trabalho esclarece sobre nova Lei do Estágio (*) A Cartilha foi emitida em 14.01.2009,

Cartilha do Ministério do Trabalho esclarece sobre nova Lei do Estágio (*) A Cartilha foi emitida em 14.01.2009, em Edição Especial do Clipping GGA.
(Edição Especial - 14/01/2009)

As dúvidas em relação à aplicação da nova Lei do Estágio - a Lei nº 11.788, de 2008 -, que impôs uma série de regras para a concessão de estágios por parte das empresas, começam a ser dirimidas.

O Ministério do Trabalho e do Emprego (MTE) elaborou uma "cartilha esclarecedora" sobre a Lei do Estágio, que responde às 37 dúvidas mais freqüentes manifestadas pelas empresas e instituições de ensino desde que a lei entrou em vigor.

O principal ponto esclarecido pelo governo trata das obrigações das empresas que concedem estágios - dispersas na lei, o que provoca diferentes interpretações. No entanto, os dois tópicos que mais causaram polêmica na nova legislação - o limite de dois anos para a duração do estágio e de 30 horas semanais para a jornada de trabalho - permanecem sem interpretações que garantam…

Cartilha do Ministério do Trabalho esclarece sobre nova Lei do Estágio (*) A Cartilha foi emitida em 14.01.2009,

Cartilha do Ministério do Trabalho esclarece sobre nova Lei do Estágio (*) A Cartilha foi emitida em 14.01.2009, em Edição Especial do Clipping GGA.
(Edição Especial - 14/01/2009)

As dúvidas em relação à aplicação da nova Lei do Estágio - a Lei nº 11.788, de 2008 -, que impôs uma série de regras para a concessão de estágios por parte das empresas, começam a ser dirimidas.

O Ministério do Trabalho e do Emprego (MTE) elaborou uma "cartilha esclarecedora" sobre a Lei do Estágio, que responde às 37 dúvidas mais freqüentes manifestadas pelas empresas e instituições de ensino desde que a lei entrou em vigor.

O principal ponto esclarecido pelo governo trata das obrigações das empresas que concedem estágios - dispersas na lei, o que provoca diferentes interpretações. No entanto, os dois tópicos que mais causaram polêmica na nova legislação - o limite de dois anos para a duração do estágio e de 30 horas semanais para a jornada de trabalho - permanecem sem interpretações que garantam…

Roda Viva" entrevista com criador da Wikipédia

15/01/09

Na semana do Campus Party Brasil 2009, em São Paulo, o Roda Viva entrevista o criador da Wikipédia: o americano Jimmy Wales, que em 2001 deixou a profissão de corretor de valores para se tornar empresário na Internet.

Sua "enciclopédia livre", como foi chamada, não foi levada muito a sério na época, devido ao pequeno conteúdo inicial. Mas em poucos anos a Wikipédia se expandiu pela rede mundial de computadores a ponto de atingir o quinto lugar no ranking dos sites mais visitados de todo o mundo atualmente.

Com mais de sete milhões de artigos em 257 idiomas, incluindo o português, a Wikipédia se tornou um fenômeno de popularidade pelo fato de que qualquer pessoa com acesso à Internet pode escrever ou modificar os artigos que compõem seus conteúdos.

O que também lhe custa críticas de falta de confiabilidade nas informações publicadas. A Wikimédia Foundation, que administra a enciclopédia livre on-line se defende, informando que um conselho de colaboradores, liderados pelo…

A MÚLTIPLA Comunicação acompanha e apóia essa tendência de apoio ao Terceiro Setor

Estágio avançado do exercício da cidadania corporativa, a responsabilidade social é a vanguarda do pensamento empresarial e uma forma das empresas retribuírem à sociedade os ganhos obtidos com o próprio desempenho. Pode ser encarada como um princípio, assim como a ética, que deve pautar todas as ações da empresa. Portanto, independente do porte, do segmento ou faturamento do negócio, é possível ser socialmente responsável.

A MÚLTIPLA Comunicação acompanha e apóia essa tendência, através de profissionais não só capazes de identificar oportunidades e sugerir ações de cidadania a seus clientes, mas também responsáveis, eles mesmos, por projetos desenvolvidos pela MÚLTIPLA.

Conheça um pouco da parceria da MÚLTIPLA com a Instiuição que Apoia

http://www.multiplacomunica.com.br/mrsite/home/default.asp?titulo=empresa&staticpage=yes&sub=409#409

Relatórios de Sustentabilidade e suas surpresas

Orlando Lima (*)

No momento em que iniciamos o ano de 2009, nos preparamos para uma nova onda de Relatórios de Sustentabilidade das grandes empresas que vão relatar os avanços e recuos em sua performance nos temas críticos de sustentabilidade de suas atividades.

Muito se tem discutido sobre o nível de transparência dos Relatórios de Sustentabilidade divulgados pelas empresas em relação aos temas que foram (ou não foram) cobertos, à profundidade das informações e disponibilidade de indicadores quantitativos disponíveis, que permitam comparações entre empresas do mesmo ramo de atividades. É comum também a crítica do viés de marketing institucional desses relatórios, retratado em apresentação visual sofisticada, fotos pouco realistas e declarações elogiosas à empresa. De toda forma é absolutamente louvável o movimento crescente de divulgação de relatórios de sustentabilidade no mundo, demonstrando compromissos de grande quantidade de empresas com temas críticos para o futuro. No entanto, l…

Ecologia, Cidadania e Meio Ambiente razões para você conhecer mais sobre o assunto

1 - Vantagens do papel reciclado
A produção de papel reciclado consome menos energia, usa só a metade da energia gasta na produção do papel feito destruindo as nossas árvores.
2 - O que é Coleta Seletiva?
A Coleta Seletiva é muito importante, pois, através dela, podemos separar os materiais recicláveis dos não-recicláveis. Preserve a natureza!
3 - Consciência ecológica
Com a reciclagem sentimos a valorização da limpeza pública e da consciência coletiva ecológica, além de ajudar a vida e a saúde! O planeta agradece!
4 - Decomposição do vidro
Aprenda essa! O vidro, após ser colocado no lixo, demora cerca de 1 milhão de anos para se decompor totalmente. Reciclado, volta para a sociedade!
5 - É fácil a Coleta Seletiva
Entre no jogo! Coleta Seletiva é algo fácil, além de vantajoso, depende apenas da consciência e do desejo de todos os envolvidos. Forme seu time!
6 - Empregos e lucro
O lixo reciclado é uma solução econômica e social, gerando milhares de empregos, além de limpeza e saúde, melhora a vid…

UNICEF-Brasil lança site infantil

Está no ar o primeiro site infantil em língua portuguesa desenvolvido pelo escritório do Fundo das Nações Unidas para a Infância [UNICEF] no Brasil. O site traz informações sobre os direitos das crianças e adolescentes de forma lúdica e de fácil navegação. Entre outros assuntos o site aborda temas delicados como HIV/Aids, violência e políticas públicas. Dentro dessa temática estão disponíveis jogos, desenhos para colorir, testes, vídeos, enquetes, fóruns, curiosidades e histórias.

O objetivo do site é contribuir para a garantia da Convenção sobre os Direitos da Criança em relação ao direito de informação e à liberdade de expressão. Nesse sentido, o site também dá espaço para que as crianças e adolescentes manifestem suas opiniões sobre os problemas que enfrentam no dia-a-dia.

Acesse: www.unicefkids.org.br

Guia Prático da Nova Ortografia - Saiba o que mudou na ortografia brasileira

Guia Prático da Nova Ortografia
Segunda - Feira, 5 de Janeiro

Saiba o que mudou na ortografia brasileirapor Douglas Tufano
(Professor e autor de livros didáticos de língua portuguesa)

O objetivo deste guia é expor ao leitor, de maneira objetiva, as alterações introduzidas na ortografia da língua portuguesa pelo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa, assinado em Lisboa, em 16 de dezembro de 1990, por Portugal, Brasil, Angola, São Tomé e Príncipe, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique e, posteriormente, por Timor Leste. No Brasil, o Acordo foi aprovado pelo Decreto Legislativo no 54, de 18 de abril de 1995.

Esse Acordo é meramente ortográfico; portanto, restringe-se à língua escrita, não afetando nenhum aspecto da língua falada. Ele não elimina todas as diferenças ortográficas observadas nos países que têm a língua portuguesa como idioma oficial, mas é um passo em direção à pretendida unificação ortográfica desses países.

Como o documento oficial do Acordo não é claro em vários aspectos, …

Empresa responsável - Apoia terceiro Setor

Terceiro setor Pesquisa mostra que a maioria das empresas promove algum tipo de benfeitoria à socieadade

RAISSA SCHEFFER
Gazeta de Ribeirão
raissa.lopes@gazetaderibeirao.com.br

O uso voluntário e planejado de recursos privados em projetos de interesse público vai além do conceito de responsabilidade social e alcança um importante espaço nas empresas como investimento. De acordo com o levantamento do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), 70% das empresas brasileiras, cerca de 600 mil, realiza trabalhos sociais. O número é grande, mas o que preocupa é a maneira como essas ações são realizadas.

"Dessas 600 mil empresas, 90% fazem trabalhos com a comunidade de forma filantrópica e caritativa, sem se preocupar em co-relacionar as ações com sua marca. Doação por doação não pode ser feita por empresas, é preciso que haja investimento social com retorno", disse o sociólogo Gilson Santos Bertozzo, diretor técnico da Terceira Tese, assessoria especializada em investimentos socia…

PLANO NACIONAL PELA PRIMEIRA INFÂNCIA ESTÁ ABERTO À CONSULTA PÚBLICA

O documento define objetivos e metas para políticas públicas que atendam as crianças de zero a seis anos. A consulta pública está aberta e pode ser feita pela internet até o dia 15/02.

No Brasil existem 19.989.000 crianças até os 6 anos de idade, conforme a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) 2007, do IBGE. Em que pese a existência de uma legislação específica para garantir os direitos de crianças e adolescentes desde 1990, o Estatuto da Criança e do Adolescente, ainda é inédito no Brasil a existência de um Plano de ação, com metas e estratégias, que defina políticas públicas prioritariamente voltadas às crianças de zero a seis anos, fase crucial no desenvolvimento mental, emocional e de socialização do indivíduo.

É até os 6 anos de idade que as estruturas físicas e intelectuais de crescimento e aprendizagem emergem e começam a estabelecer suas fundações para o resto da vida da pessoa. Os primeiros três anos devida são fundamentais para que a criança tenha uma vida saudáv…