quarta-feira, 15 de outubro de 2008

EVENTO GRATUITO SOBRE DOENÇAS REUMÁTICAS

A Associação Paranaense dos Portadores de Doenças Reumáticas - ADORE - realizará, no dia 18 de outubro, Dia do Médico,
um encontro gratuito com palestras educativas a respeito das diversas doenças reumáticas e assuntos correlatos, como "Direito à Saúde e Direito Previdenciário".

Entre os palestrantes estão Sebastião Radominsk, professor chefe de reumatologia da Universidade Federal do Paraná e ex-presidente da Sociedade Brasileira de Reumatologia; Emir de Sá Riechi, urologista; e Fernando Chiuchetta, professor da Universidade Federal do Paraná.
Esses profissionais abordarão temas diversos como: "Terapia Manual em Artrite Reumatóide"; "Mais Saúde para os Homens"; "Reumáticos e os Cuidados com a Visão"; "Doenças Reumáticas e suas Conseqüências"; e "RPG em Reumatologia".

A iniciativa, aberta à população, faz parte das comemorações pelo Dia Nacional de Combate ao Reumatismo -30 de outubro - e tem como objetivo
chamar a atenção para o assunto e esclarecer dúvidas. Afinal, sabe-se que há mais de cem tipos de doenças reumáticas, sendo as mais comuns a osteoporose, a artrite reumatóide, a artrose, o lupus, a fibromialgia e as doenças da coluna, que respondem pela segunda maior causa de afastamento do trabalho.

Na ocasião, a indústria farmacêutica Eli Lilly colocará à disposição
das mulheres acima de 50 anos, que compõem o maior grupo de risco, exames de ultrassom de calcâneo, que servirão para fazer uma triagem inicial de osteoporose. Independente do resultado, as pessoas serão orientadas a levar o exame para um médico avaliar, fazer o diagnóstico e, se necessário, prescrever o tratamento adequado
.

Simples e rápido, o exame é indicado para mulheres acima de 55 anos que na pós-menopausa tenham duas ou mais das seguintes características: fumante; cor branca ou amarela; vida sedentária; histórico familiar de osteoporose com mãe, avó ou irmã; realização de terapia com corticóides por mais de três meses; antecedência de
fraturas de baixo impacto ocorridas na idade adulta em coluna vertebral, fêmur ou punho. Homens e mulheres com mais de 40 anos de idade e que apresentem características semelhantes também poderão fazer o ultrassom.

O evento não requer inscrição prévia e será no dia 18 de outubro, no Hotel Vitória Villa (Av. Sete de Setembro, 2448 - 2º andar), das 8h às 17h30.

Sobre a osteoporose
A osteoporose torna os ossos frágeis e sujeitos a fraturas. Doença silenciosa e debilitante, que atinge uma em cada três mulheres e um em cada oito homens, é um sério problema de saúde pública que pode causar dor, perda da liberdade e autonomia dos movimentos, elevando o risco de morte. É conseqüência da perda de tecido ósseo que ocorre mais intensamente após a menopausa. Os custos de tratamento são altos e o
impacto sócio-econômico é grande. Assim sendo, é fundamental que a osteoporose seja detectada precocemente e tratada para que se diminua o risco de fraturas.

No Brasil, aproximadamente sete milhões de mulheres, ou seja, 30% das brasileiras que já passaram pela menopausa, convivem com esta doença.

Nenhum comentário:

loja AJUDA PETS é o link https://ajudapets.loja2.com.br/

essa loja foi desenvolvida pela empresa Vendendo com Arte para poder arrecadar fundos para algumas ongs e protetores de animais, sendo que p...