quarta-feira, 30 de abril de 2008

Censo realizado pelo governo federal mostra que Brasil tem atualmente 32 mil moradores de rua.


A Pesquisa Nacional sobre a População em Situação de Rua divulgada ontem pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) trouxe notícias nada animadoras para Curitiba. A capital paranaense aparece em terceiro lugar, dentre as 71 cidades pesquisadas, com o maior número de pessoas em situação de rua: o ranking foi calculado levando-se em conta a população total do município e a proporção dos que vivem na rua. Em primeiro e segundo lugares aparecem, respectivamente, São José dos Campos (SP) e Santos (SP). Se for considerado um levantamento anterior feito na cidade de São Paulo, Curitiba passa para o quarto lugar nacional.

Segundo a diretora do departamento de proteção social do MDS, Valéria Gonelli, foram consideradas moradoras de rua todas as pessoas encontradas dormindo na rua, em albergues e algumas que estavam hospitalizadas, mas não tinham endereço fixo. Não foi contabilizada a população que mora em imóveis invadidos. Também não entraram na pesquisa quatro capitais, porque já tinham pesquisas semelhantes e atuais. São elas: São Paulo, Belo Horizonte, Recife e Porto Alegre.

RADIOGRAFIA
Um dado que surpreendeu na pesquisa: a grande maioria dos 31.922 moradores de rua entrevistados é alfabetizada. Saiba mais sobre eles:

82% são homens.

74% sabem ler e escrever.

45,8% sempre viveram no município em que moram atualmente.

51,9% possuem algum parente residente na cidade onde se encontram, porém, só 38,9% mantêm contato.

88,5% não recebem qualquer benefício dos órgãos governamentais.

24,8% não possuem qualquer documento de identificação.

61,6% não exerce o direito de cidadania elementar que é o voto, uma vez que não possui título de eleitor.

dados fonte:
http://portal.rpc.com.br/gazetadopovo

Oque nos choca e saber como pode um ser humano viver nessas condições sub-humanas, as autoridades tem de rever a forma de como ajudar essas pessoas.Isto não é condição de vida e sobrevivência para ninguem.

Nenhum comentário:

Projeto Parado Falta de Apoio e Patrocinio

Esse projeto social infelizmente esta parado por falta de apoio financeiro, patrocínio, investimento. Temos uma idéia de aplicação porem nad...